Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2926
Título: Influência do silício na indução de resistência a Myzus persicae (Sulzer) (Hemiptera: Aphididade) e na proteção de plantas de batata inglesa cultivadas em sistema orgânico
Título(s) alternativo(s): Influence of silicon in the induction of resistance to Myzus persicae (Sulzer) (Hemiptera: Aphididae) and in the protection of the potato plant cultivated in organic system
Autor : Gomes, Flávia Batista
Primeiro orientador: Moraes, Jair Campos
Primeiro membro da banca: Auad, Alexander Machado
Santos, Custódio Donizete dos
Silva, Rogério Antonio
Moino Junior, Alcides
Área de concentração: Entomologia Agrícola
Palavras-chave: Silício
Resistência induzida
Pulgão
Cultivo orgânico
Silicon
Induced resistance
Aphid
Organic crop
Data da publicação: 18-Ago-2014
Referência: GOMES, F. B. Influência do silício na indução de resistência a Myzus persicae (Sulzer) (Hemiptera: Aphididae) e na proteção de plantas de batata inglesa cultivadas em sistema orgânico. 2007. 74 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: The aphid Myzus persicae (Sulzer, 1776) (Hemiptera: Aphididae) is considered a key pest in the potato culture, hence it harms directly the plants by extraction of sap, is also a vector for phytovirus. This work was carried out to evaluate the influence of silicon in the induction of resistance to M. persicae; evaluate the effect of silicon and of insecticide imidacloprid in the colonization of the potato plants by M. persicae and in the vegetative development of this crop; e evaluate its effect in incidence of pest insects and in the productivity of potato in organic system. Three experiments were carried out, in the first one four treatments were tested : 1- control, 2- fertilization with silicon applied via soil, 3- fertilization with silicon applied via foliar and 4- fertilization with silicon applied via soil and foliar. It was verified in this experiment that the silicon, whatever was the form of application, did not influence the preference of the aphids, however influenced the aphids biology, probably due to the action of tannins and lignin in the potato leaves. In the second experiment five treatments were tested: 1- control, 2- silicon, 3- imidacloprid insecticide in the recommended dose, 4- silicon + imidacloprid at half the recommended dose and 5- imidaclopride at half the recommended dose. Through the results of this experiment it was possible to conclude that the silicon can reduce the colonization of the plants by the aphid M. persicae due to its direct effect above the mortality of the nymphs and/or above the fecundity of the aphids, furthermore, half the recommended dose of imidaclopride practically prevented the colonization of the potato plants. The third experiment was held in the field, in which two sources of silicon (acid silicic and rock powder) and two forms of application were tested (via soil and foliar). The silicon applicated via soil or foliar, contributed for the reduction of the injures caused by the pests insects Diabrotica speciosa (Germar, 1824) (Coleoptera: Crysolmelidae) e Liriomyza spp. (Diptera: Agromyzidae), but did not affect the productivity of the culture.
O pulgão Myzus persicae (Sulzer, 1776) (Hemiptera: Aphididae) é considerado praga chave da bataticultura, pois além de danificar diretamente as plantas através da extração contínua de seiva, é vetor de fitovírus. Este trabalho foi realizado para avaliar a influência do silício na indução de resistência a M. persicae; avaliar o efeito do silício e do inseticida imidaclopride na colonização da batateira por M. persicae e no desenvolvimento vegetativo desta cultura; e avaliar seu efeito na incidência de insetos-praga e na produtividade da cultura da batata inglesa em sistema orgânico. Foram realizados três experimentos, sendo que, no primeiro, foram testados quatro tratamentos: 1- testemunha, 2- adubação com silício via solo, 3- adubação com silício via foliar e 4- adubação com silício via solo + foliar. Verificou-se, neste experimento, que o silício, independentemente da forma de aplicação, não influenciou a preferência dos pulgões, porém diminuiu a taxa de crescimento populacional e a fecundidade das fêmeas, provavelmente devido à ação dos taninos e da lignina presente nas folhas da batateira. No segundo experimento foram testados cinco tratamentos: 1- testemunha, 2- silício, 3- inseticida imidaclopride na dosagem recomendada, 4- silício + imidaclopride na metade da dosagem recomendada e 5- imidaclopride na metade da dosagem recomendada. Pelos resultados deste experimento foi possível concluir que o silício pode diminuir a colonização das plantas pelo pulgão M. persicae devido ao seu efeito direto sobre a mortalidade das ninfas e/ou sobre a fecundidade dos pulgões; além disso, a metade da dosagem recomendada de imidaclopride praticamente impediu a colonização da batateira. O terceiro experimento foi realizado a campo, no qual foram testadas duas fontes de silício (ácido silícico e pó de rocha) e duas formas de aplicação (via solo e via foliar). O silício contribuiu significativamente para a redução das injúrias ocasionadas pelos insetos-praga Diabrotica speciosa (Germar, 1824) (Coleoptera: Crysomelidae) e Liriomyza spp. (Diptera: Agromyzidae), mas não influenciou a produtividade da cultura.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2926
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEN - Entomologia - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.