Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29260
metadata.teses.dc.title: Ant assemblage and its ecological functions in coffee crop systems
metadata.teses.dc.title.alternative: Assembleia de formigas e suas funções ecológicas em sistemas de cultivo de café
metadata.teses.dc.creator: Angotti, Marina Acero
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/2563012255547191
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Ribas, Carla Rodrigues
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Magnago, Luiz Fernando Silva
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Zanetti, Ronald
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Nascimento, Renata Pacheco do
metadata.teses.dc.contributor.referee4: Beiroz, Wallace
metadata.teses.dc.subject: Café - Cultivo
Formicidae
Bioma
Bioindicadores
Ecologia florestal
Ecossistema
Coffee - Growing
Biome
Bioindicators
Forest ecology
Ecosystem
metadata.teses.dc.date.issued: 15-May-2018
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: ANGOTTI, M. A. Ant assemblage and its ecological functions in coffee crop systems. 2018. 115 p. Tese (Doutorado em Entomologia)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
metadata.teses.dc.description.resumo: A expansão de áreas agrícolas tornou-se uma das principais causas de perda da biodiversidade e a forma como o manejo das áreas é efetuado pode agravar ainda mais essa perda. Diante disso objetivou-se com essa tese avaliar a influência dos sistemas de café sobre a assembleia e funções ecológicas realizadas por formigas, bem como verificar a influência de variáveis de paisagem e locais sobre elas. Realizou-se o trabalho em áreas de monocultivo de café e fragmentos florestais adjacentes nos municípios de Machado e Poço Fundo, Minas Gerais, Brasil. No primeiro capítulo utilizou-se armadilhas do tipo pitfall para capturar a assembleia de formigas em áreas com manejo convencional e orgânico e avaliou-se a influência do manejo bem como de variáveis ambientais locais sobre a assembleia de formigas. Verificou-se que a utilização de agrotóxico no manejo convencional deve ter sido um dos fatores responsáveis pela mudança na composição das formigas e que a abertura de dossel explicou a variação nesta composição. No segundo capítulo avaliou-se a remoção de sementes artificias e a predação de insetos por formigas em áreas florestais e dois sistemas de café (orgânico e convencional). Destacou-se que o sistema agrícola independente do manejo é responsável pela mudança na composição de espécies predadoras e que a abertura de dossel novamente relacionou-se à mudança na composição das espécies predadoras. No terceiro capítulo comparou-se variáveis em diferentes escalas espaciais, a nível de paisagem e local e avaliou-se a influência dessas variáveis sobre a assembleia de formigas em fragmentos de floresta e em café. Verificou-se que as formigas respondem tanto a variáveis de paisagem como local e que a composição de formigas na floresta foi relacionada à porcentagem de cobertura de café, sendo esta a mais importante para explicar essa mudança, seguida da abertura de dossel. No monocultivo de café a composição foi relacionada apenas à abertura de dossel. Dessa maneira, conclui-se que o sistema agrícola é responsável pela mudança na assembleia de formigas e que se deve pensar em estratégias de manejo que levem em consideração práticas mais naturais e similares ao manejo orgânico, bem como a implantação de árvores nos cultivos a fim de fornecer um ambiente mais favorável a assembleia de formigas. Além disso, as formigas são bons organismos para serem utilizadas como modelos em avaliações de impactos ambientais relacionados tanto a assembleia como a função ecológicas, além de responderem tanto a variáveis em escala de paisagem como variáveis locais.
metadata.teses.dc.description.abstract: The agricultural land expansion has become one of the main causes for biodiversity loss, and this loss can be even greater depending on the type of crop management. Thus, the aim of this thesis was to assess the influence of different coffee crop managements on the assemblage and ecological functions of ants, as well as to evaluate the influence of landscape and local variables on these animals. The sampling was taken in coffee monocultures and surrounding forest fragments at the counties of Machado and Poço Fundo, Minas Gerais, Brazil. In the first chapter, I used pitfall traps to collect the ant assemblage at different coffee crops under conventional and organic managements. Then, I evaluated the influence of the management on the ant assemblage, as well as the local environmental variables. I found that the use of pesticide in the conventional crops might be one of the factors responsible for the changes on the ant assemblage, and that canopy openness explained the variation on the ant assemblage composition. In the second chapter, I evaluated the removal of artificial seeds and insect predation by ants in forest áreas and two coffee management (conventional and organic). I found that the coffee crop, independently of its management, was responsible for the composition of predator species, and that canopy openness was related with the changing of predator species composition. At last, in the third chapter I compared the influence of variables at landscape and local scales on the ant assemblage in forest fragments and coffee crops. I found that the ants responded to both landscape and local variables, and that the ant assemblage composition in the forest was related to the percentage of coffee crop. Percentage of coffee crop was the most important variable to explain ant composition in the forest, followed by canopy openness. In the coffee monocultures, the ant composition was related only to the canopy openness. Therefore, the agricultural system is responsible for the change on the ant assemblage and we should consider management more natural practices strategies, such as organic managements, and inclusion of trees in the crops to decrease the canopy openness, which proportionate a favorable environment to the ant assemblage. Moreover, ants are good organisms to be used as models for assessments of environmental impacts that are related to the assemblage and ecological functions. Besides, ants can respond to variables at both landscape and local scales.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29260
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: eng
Appears in Collections:DEN - Entomologia - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_Ant assemblage and its ecological functions in coffee.pdf1,41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.