Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29293
Título: Efeitos fisiopatológicos da ingestão de Noz da Índia (Aleurites moluccana) em ratos Wistar obesos e não obesos
Título(s) alternativo(s): Pathophysiological effects of ingestion of Nuts of Índia (Aleurites Moluccana) on obese and non-obese Wistar rats
Autor : Rosa, Matheus Camargos Britto
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0199631964192048
Primeiro orientador: Pereira, Luciano José
Primeiro coorientador: Seixas, Josilene Nascimento
Primeiro membro da banca: Castro, Isabela Coelho de
Segundo membro da banca: Seixas, Josilene Nascimento
Terceiro membro da banca: Andrade, Eric Francelino
Palavras-chave: Metabolismo lipídico
Plantas medicinais
Dieta de cafeteria
Obesidade - Tratamento
Noz da Índia - Efeitos
Lipid metabolism
Medicinal plants
Cafeteria diet
Obesity - Treatment
India nuts - Effects
Data da publicação: 21-Mai-2018
Referência: ROSA, M. C. B. Efeitos fisiopatológicos da ingestão de Noz da Índia (Aleurites moluccana) em ratos Wistar obesos e não obesos. 2018. 82 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
Resumo: AAleurites moluccana é uma planta medicinal utilizada popularmente para o tratamento de gastrite, febre, dores, diarreia, asma e inflamações, podendo ainda apresentar efeitos antibacterianos e antivirais. No Brasil, a planta também é conhecida por “Nogueira de Iguapé” ou “Nogueira da Índia”. Sua semente, denominada Noz da Índia (NI), vem sendo utilizada,com finalidades estéticas ede emagrecimento rápido, devido às suas supostas propriedades laxativas e diuréticas. Assim, objetivou-se com este estudo avaliar os efeitos fisiopatológicos do consumo da Noz da Índia por ratos Wistar. Esta dissertação está dividida em dois capítulos. No primeiro,realizou-se uma revisão sistemática em que se investigou os efeitos medicinais gerais da Aleurites moluccana. Foram selecionados 13 artigos por meio de uma pesquisa eletrônica nas bases de dados Pubmed, Scopus, Science Direct e Bireme, utilizando as palavras-chaveAleuritesmoluccana, function e effects. Verificou-se quea planta apresenta efeitos analgésicos, anti-inflamatórios, cicatrizantes e lipolíticos. A maior parte dos resultados foram provenientes de modelos experimentais com animais, sendo ainda a evidência científica insuficiente para indicação terapêutica específica para cada condição patológica. No segundo capítulo, são apresentados os resultados de ensaio experimental com 30 ratos machos Wistarque foram divididos em esquema fatorial 2x3[(obeso ou não obeso e três tratamentos: sem NI, utilização da NI em esquema terapêuticopopular (8 dias administração oral de 0,2 mg/kg seguidos de 20 dias com doses orais de 0,4 mg/kg), e utilização do dobro da dose do esquema terapêutico popular da NI (8 dias administração oral de 0,4 mg/kg seguidos de 20 dias com doses orais de 0,8 mg/kg - 2NI)]. O período experimental foi de 28 dias, sendo que a indução da obesidade foi realizada por meio de dieta de cafeteriadurante 30 dias antes do início da terapia. Os animaisque ingeriram Noz da Índia apresentaram quantidades menores de gordura visceral quando comparados aos controles. O percentual de gordura na carcaça também diminuiu à medida que se aumentou as concentrações de NI. Os níveis séricos de colesterol total, LDL-c, HDL-c, VLDL-ce triacilgliceróistiveram seus valores reduzidosnos grupos que receberam NI e 2NI (p<0,05), bem como redução da glicemia(p<0,05).As concentrações plasmáticas de aspartato aminotransferase (AST) e gama glutamiltransferase (GGT) reduziram com a ingestão de NI e se elevaram no tratamento 2NI (p<0,05). Já os níveis plasmáticos da alanina aminotransferase (ALT)e os parâmetros relativos ao índice aterogênico não apresentaram diferença significativa entre os tratamentos (p>0,05).Concluiu-se que a Noz da Índia foi capaz de reduzir parâmetros relacionados à gordura corporal e lipídeos plasmáticosem ambas as doses empregadas, além de diminuir o grau de vaculolização hepática em animais obesos. Porém, a utilização da dose 2NI causou aparecimento de infiltrado monocuclear no tecido hepático e aumentou os valores deAST e GGT, sugerindo sobrecarga hepática.
Abstract: Aleurites moluccana is a medicinal plant popularly used for the treatment of gastritis, fever, pain, diarrhea, asthma and inflammations, and it may have antibacterial and antiviral effects. In Brazil, the plant is also known as “Nogueira de Iguapé”; or “Nogueira da India”. Its seed, called Nuts of India, has been used for aesthetic and rapid weight loss purpose due to its supposed laxative and diuretic properties. Thus, the objective of this study was to evaluate the pathophysiological effects of Nut of India consumption on Wistar rats. This dissertation is divided into two chapters. In the first, a systematic review was carried out investigating the general medicinal effects of Aleurites moluccana. Thirteen articles were selected by means of an electronic search in the databases Pubmed, Scopus, Science Direct and Bireme, using the keywords Aleurites moluccana, function and effects. It has been found that the plant has analgesic, anti-inflammatory, healing and lipolytic effects. Most of the results came from experimental models with animals, and the scientific evidence is insufficient for specific therapeutic indications for each pathological condition. In the second chapter, we present the results of the experiment test with 30 male Wistar rats that were divided into a 2x3 factorial scheme [(obese or non-obese and three treatments: without NI, use of NI according to popular therapeutic scheme (8 days of oral administration of 0,2 mg/kg followed by 20 days with oral dosage of 0,4 mg/kg), and use of NI folded dosage of the popular therapeutic scheme (8 days of oral administration of 0,4 mg/kg followed by 20 days of oral dosage of 0,8 mg/kg – 2NI). The experimental period was 28 days and obesity was induced through a cafeteria diet for 30 days prior to initiation of therapy. Animals that ingested Nut of India had less visceral fat when compared to the control groups. The percentage of fat in the carcass also decreased as the concentrations of Nut of India increased. The serum levels of total cholesterol, LDL-c, HDL-c, VLDL-c and triacylglycerols were reduced in the groups that received NI and 2NI (p<0.05), as well as glycemia (p<0.05). Plasma concentration of aspartate aminotransferase (AST) and gamma glutamyltransferase (GGT) decreased with NI intake and increased in 2NI treatment (p<0.05). Plasma levels of alanine aminotransferase (ALT) and the parameters related to the atherogenic index did not present significant difference among treatments (p>0,05). It has been concluded that the Nut of India was able to reduce parameters related to body fat and plasma lipids in both dosages used, in addition to decreasing the degree of hepatocyte vacuolation in obese animals. However, the use of 2NI dosage caused the appearance of mononuclear cell infiltration in the hepatic tissue and increased plasma levels of AST and GGT, suggesting hepatic overload.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do autor, até maio 2019.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29293
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.