Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29428
metadata.artigo.dc.title: Quality of beef burger with addition of wet okara along the storage
metadata.artigo.dc.title.alternative: Qualidade de hambúrguer bovino com adição de okara úmida ao longo do armazenamento
metadata.artigo.dc.creator: Oliveira, Rafaela Bergmann Strada de
Lucia, Flávia Della
Ferreira, Eric Batista
Oliveira, Roseane Maria Evangelista de
Pimenta, Carlos José
Pimenta, Maria Emília de Sousa Gomes
metadata.artigo.dc.subject: Hambúrguer bovino - Qualidade
Hambúrgueres - Características tecnológicas
Residuo de soja
Carne bovina - Armazenamento
Bovine burger - Quality
Burgers - Technological features
Soybean residues
Beef - Storage
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.artigo.dc.date.issued: Nov-2016
metadata.artigo.dc.identifier.citation: OLIVEIRA, R. B. S. de et al. Quality of beef burger with addition of wet okara along the storage. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 40, n. 6, p. 706-717, Nov./Dec. 2016.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Aliar o consumo de resíduos agrícolas e satisfazer o consumidor é um desafio que pode resultar em aporte financeiro para as indústrias de alimentos cárneos congelados, além de originar produtos com valor nutricional diferenciado e qualidade tecnológica satisfatória. Sendo assim objetivou-se elaborar e avaliar as características físicas, químicas e microbiológicas de hambúrgueres congelados crus e fritos de carne bovina com adição de okara em sua forma úmida ao longo do seu armazenamento em congelamento por um período de 120 dias. Observou-se que a inclusão de okara foi proporcional a diminuição do teor proteínas, ao aumento dos teores de lipídeos e umidade das formulações cruas e fritas e que após os 120 dias de armazenamento as formulações atendiam o preconizado pelo Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Hambúrgueres. A inclusão de okara aumentou a luminosidade dos hambúrgueres e foi diminuindo com o passar dos dias de armazenamento, exceto nas formulações com 5 e 10% fritas. Para as formulações cruas no tempo zero observam-se menores valores de b*, a* quando comparados ao tempo zero dos hambúrgueres fritos, o que leva uma coloração marrom clara e indicando o clareamento na cor com o aumento da inclusão de okara. Os hambúrgueres fritos também possuem esta indicação, porém apresentaram-se marrom mais escuro. A cromaticidade foi maior conforme a inclusão de okara e o passar do tempo. Conclui-se que após 120 dias de armazenamento os hambúrgueres atendiam o preconizado pelo Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Hambúrgueres no que diz respeito aos teores de proteínas, lipídeos e umidade e que atendiam a legislação do ponto de vista microbiológico. A coloração marrom dos produtos modificou-se com a inclusão de okara sem, no entanto alterar a coloração característica de hambúrgueres.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Combining the consuming of agricultural residues with satisfying consumers is a challenge that may result in financial income for the frozen meat industries, besides generating products with different nutritional value and satisfactory technological quality. Thus, we aimed at elaborating and assessing the physical, chemical and microbiological characteristics of frozen raw and fried beef hamburgers with addition of okara in its wet form throughout their storage over a period of 120 days. The inclusion of okara was proportional to the reduction in the content of protein, and to the increase of the lipid and moisture amount in the fried and raw formulations. Okara increased the luminosity and dimmed along the storage period. In the raw formulations at zero time lower values for b*, a* were observed when compared to the zero time of the fried hamburgers. This leaded to a light brown color and highlighting the clearing of the color due to the inclusion of okara. The fried hamburgers also featured this clearing, but they were darker brown. Chromaticity was greater with the inclusion of okara and with the passage of time. It can be concluded after 120 days storage the levels of protein, lipid and moisture of the formulations were according to the recommended by the Technical Regulation for Identity and Quality of Hamburgers and comply with the requirements of the Brazilian Law for microbiological standards. The brown colour changed with the inclusion of okara but without alterations in the characteristic colour for beef burguers.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29428
metadata.artigo.dc.language: en_US
Appears in Collections:DCA - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_Quality of beef burger with addition of wet okara along the storage.pdf1,7 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons