Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29459
metadata.artigo.dc.title: Resposta de genótipos de batata de uso doméstico e indústria a doses de fertilizante formulado
metadata.artigo.dc.title.alternative: Response potato genotypes of domestic use and industry to doses of fertilizer formulated
metadata.artigo.dc.creator: Ribeiro, Guilherme Henrique Martins Rodrigues
Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Guedes, Marcio Lisboa
Figueiredo, Izabel Cristina Rodrigues
Moreira, Carolina Mariane
Filho, Cláudio Carlos Fernandes
metadata.artigo.dc.subject: Batata - Fertilizantes
Responsividade
Batata - Adubação
Solanum tuberosum L.
Potatoes - Fertilizers
Responsiveness
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal Rural da Amazônia
metadata.artigo.dc.date.issued: Nov-2016
metadata.artigo.dc.identifier.citation: RIBEIRO, G. H. M. R. et al. Resposta de genótipos de batata de uso doméstico e indústria a doses de fertilizante formulado. Revista de Ciências Agrárias, [S.l.], v. 59, n. 2, p. 181-189, nov. 2016.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Este trabalho teve como objetivo avaliar o comportamento de diferentes genótipos, com relação a produtividade, teor de matéria seca e tamanho de tubérculos, em diferentes doses de fertilizante formulado 04-14-08. Para o estudo foram utilizados sete genótipos de batata, sendo quatro clones avançados, e três cultivares, e três doses de fertilizante formulado 04-14-08, 0, 2 e 4 t ha–1. Realizaram-se quatro experimentos em diferentes localidades do Sul de Minas Gerais, sendo dois na safra da seca, um na de inverno e outro na das águas. O delineamento experimental utilizado foi em blocos completos casualizados com três repetições e foram avaliados produtividade total e comercial, com tubérculos maiores que 45 mm, além do peso específico . Observou-se que a produtividade na dose controle (0 t ha–1) foi influenciada pela fertilidade do solo. Para a maioria dos genótipos avaliados não houve beneficio no aumento da dose de fertilizante de 2 para 4 t ha–1 tanto para os caracteres de produção quanto para os de qualidade dos tubérculos. Na dose de 2 t ha–1 os genótipos apresentaram maior eficiência de uso do fertilizante. Alguns genótipos apresentaram responsividade ao aumento da dose de fertilizante, para produtividade de tubérculos. Concluiu-se que cada genótipo responde de maneira diferenciada, mas a dose de 2 t ha–1 apresenta melhor relação custo beneficio.
metadata.artigo.dc.description.abstract: This work was conducted in the southern region of Minas Gerais, an important potato producing region in Brazil, to evaluate the response of genotypes to doses of formulated fertilizer. For this study, seven potato genotypes and three doses of 04-14-08 fertilizer formulated were used. Four experiments were carried out in different locations and seasons covering the main planting seasons. The tests were conducted in a randomized complete block design with three replications and evaluated for yield and tuber quality. It was observed that for most genotypes there was no benefit in increasing the dose of fertilizer from 2 to 4 t ha–1 for both the characters and for the production of tuber quality. At the rate of 2 t ha–1 genotypes showed higher efficiency of fertilizer use. Some individuals showed responsiveness to increasing the dose of fertilizer for tuber yield. It was concluded that each genotype responds differently, but the rate of 2 t ha–1 shows better cost benefit ratio.Resposta de genótipos de batata de uso doméstico e indústria a doses de fertilizante formuladoResponse potato genotypes of domestic use and industry to doses of fertilizer formulated Guilherme Henrique Martins Rodrigues Ribeiro1*César Augusto Brasil Pereira Pinto2Marcio Lisboa Guedes2Izabel Cristina Rodrigues de Figueiredo3Carolina Mariane Moreira4Cláudio Carlos Fernandes Filho2
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29459
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons