Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29659
metadata.artigo.dc.title: Ações empreendedoras na gestão pública: análise do Programa Crédito Solidário (PCS) em um município do sul de Minas Gerais
metadata.artigo.dc.title.alternative: Entrepreneurial actions in public management: analysis of the programme “Crédito Solidário” (PCS) in a Southern town of Minas Gerais State
metadata.artigo.dc.creator: Silva, Camila Assis
Valadares, Josiel Lopes
Andrade, Daniela Meirelles
metadata.artigo.dc.subject: Empreendedorismo público
Economia solidária
Emancipação econômica
Public entrepreneurship
Solidarity economy
Economic emancipation
metadata.artigo.dc.publisher: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas Sociais
metadata.artigo.dc.date.issued: Jan-2016
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SILVA, C. A.; VALADARES, J. L.; ANDRADE, D. M. Ações empreendedoras na gestão pública: análise do Programa Crédito Solidário (PCS) em um município do sul de Minas Gerais. Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, Curitiba, v. 15, n. 1, p. 55-68, jan./abr. 2016.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Uma das atuais tendências no Campo de Públicas é a inclusão do tema empreendedorismo no debate sobre o processo de formulação e implementação de políticas públicas. Esse tipo de pensamento partiu do entendimento de que com o processo de globalização foi necessário que o setor público se adaptasse às transformações através de uma administração mais flexível para conseguir responder às demandas da sociedade. Esta pesquisa qualitativa tem por objetivo analisar, sob o ponto de vista dos beneficiários do Programa Crédito Solidário (PCS) em um município do sul de Minas Gerais, os níveis de emancipação econômica, social e política dos beneficiários dessa política pública. Evidenciou-se que este tipo de ação representa um processo de implementação e formulação de projetos públicos sob uma condição paradoxal, pois, ao mesmo tempo que promove novas alternativas de desenvolvimento de pequenos negócios da Economia Solidária, torna-se frágil no contexto da emancipação econômica, social e política dos beneficiários.
metadata.artigo.dc.description.abstract: One of the current trends in the Campo de Públicas is the inclusion of entrepreneurship subject in the discussion on the public policy formulation and implementation. This kind of thinking came from the understanding that with the globalization process it was necessary for the public sector to adapt to changes through a more flexible management that could respond to society’s demands. This research aims to analyze, from the beneficiaries’s point of view of the Programme “Programa Crédito Solidário” (PCS) in a town in the southern of Minas Gerais State, in levels of economic, social and political emancipation of those who benefit from this public policy. It becomes clear how this type of action represents a process of implementation and formulation of public projects in a paradoxical condition, because at the same time it promotes new alternatives for the development of small business from the Economia Solidária (Solidarity Economy), it alters to be rather weak in a context of economical, social and political emancipation of beneficiaries.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29659
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons