Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29707
metadata.artigo.dc.title: Nickel allergy: blood and periodontal evaluation after orthodontic treatment
metadata.artigo.dc.title.alternative: Alergia ao níquel: avaliação periodontal e sanguínea após o tratamento ortodôntico
metadata.artigo.dc.creator: Pazzini, Camila A.
Pereira, Luciano J.
Peconick, Ana Paula
Marques, Leandro S.
Paiva, Saul M.
metadata.artigo.dc.subject: Allergy
Immunology
Blood
Hypersensitivity
Nickel
Orthodontics
Alergia
Imunologia
Sangue
Hipersensibilidade
Níquel
Ortodontia
metadata.artigo.dc.publisher: Sociedad Argentina de Investigación Odontológica
metadata.artigo.dc.date.issued: 2016
metadata.artigo.dc.identifier.citation: PAZZINI, C. A. Nickel allergy: blood and periodontal evaluation after orthodontic treatment. Acta Odontológica Latinoamericana, Buenos Aires, v. 29, n. 1, p. 42-48, 2016.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a condição periodontal e os parâmetros sanguíneos em pacientes alérgicos ao níquel, um mês após remoção dos aparelhos. Noventa e seis pacientes selecionados aleatoriamente foram inicialmente avaliadas. Alergia ao níquel foi diagnosticada usando um teste de contato. Após a determinação da prevalência de alergia ao níquel, formaram-se dois grupos: 16 pacientes alérgicos (experimental) e 16 não alérgicos (controle). Condição periodontal foi diagnosticada através do Índice de Löe (IG). Parâmetros sanguíneos foram determinados por meio de um exame de sangue completo, incluindo a quantificação de níquel e níveis de IgE. Avaliações do estado periodontal foram realizados por um único examinador de forma cega, devidamente calibrado e amostras de sangue foram tomadas depois de nove meses de tratamento e um mês após a remoção dos aparelhos ortodônticos. Análise estatística utilizada foi testes t pareado e não pareado, Mann-Whitney, Wilcoxon, McNemar e qui-quadrado de tendência linear (p≤0,05). Em comparação com os valores observados durante o tratamento, o número de eosinófilos (p=0,046), basófilos (p=0,001) e monócitos (p=0,002) aumentou significativamente depois da remoção dos aparelhos ortodônticos, ao passo que o número de bastões (p=0,000) diminuiu entre os períodos no grupo alérgico. O número de linfócitos (p=0,039) aumentou no grupo controle e o número de segmentados (p=0,030) diminuiu. A diminuição dos níveis de IgE (p=0,001) entre os períodos ocorreu no grupo de controle. Níveis de níquel no plasma aumentou após a remoção de aparelhos ortodônticos em ambos os grupos (p=0,010; p=0,039). O IG diminuiu em ambos os grupos. Parâmetros periodontais e sanguíneos de pacientes com alergia ao níquel foram semelhantes aos não alérgicos um mês após a remoção dos aparelhos.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The aim of this study was to assess periodontal status and blood parameters in orthodontic patients with nickel allergy one month after removal of brackets. Ninety-six randomly selected patients were initially evaluated. Allergy to nickel was diagnosed using a patch test. After determining the prevalence of subjects allergic to nickel, two groups were formed: 16 allergic (experimental) and 16 non-allergic (control) patients. Their periodontal status was determined regularly by a single, blinded, duly calibrated examiner using the Löe Index (GI) and their blood was tested (complete blood test, including nickel and IgE levels) after nine months of orthodontic treatment and again one month after removing the orthodontic appliances. Statistical analyses included paired and non-paired t-tests, Mann-Whitney, Wilcoxon, McNemar and linear trend chi-square tests (p≤0.05). Comparison of the values recorded during orthodontic treatment and one month after removing the appliances showed that in the allergic group there was significant increase in eosinophils (p=0.046), basophils (p=0.001) and monocytes (p=0.002), and decrease in number of bands (p=0.000), while in the control group, there was increase in lymphocytes (p=0.039) and decrease in segmented neutrophils (p=0.030) and IgE levels (p=0.001). In both groups, plasma nickel levels increased (p=0.010; p=0.039) and GI scores decreased. One month after removing the brackets, blood and periodontal parameters from patients with and without nickel allergy were similar.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29707
metadata.artigo.dc.language: en_US
Appears in Collections:DMV - Artigos publicados em periódicos
DSA - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_Nickel allergy blood and periodontal evaluation after orthodontic treatment.pdf195,8 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons