Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2983
Título: Honeybee Apis mellifera L., 1758 (Hymenoptera: Apidae) enzymes as possible biomarkers for the assessment of environmental contamination with pesticides
Título(s) alternativo(s): Enzimas da abelha Apis mellifera L., 1758 (Hymenoptera: Apidae) como possíveis biomarcadoras em avaliação da contaminação ambiental por pesticidas
Autor : Carvalho, Stephan Malfitano
Primeiro orientador: Carvalho, Geraldo Andrade
Primeiro membro da banca: Santos, Custódio Donizete dos
Monteiro, Lino Bittencourt
Rigitano, Renê Luís de Oliveira
Silva-Zacarin, Elaine Cristina Mathias
Belzunces, Luc Philippe
Área de concentração: Entomologia Agrícola
Palavras-chave: Honeybee
Enzyme
Biomaker
Ecotoxicology
Pesticide
Abelha
Enzima
Biomarcador
Ecotoxicologia
Pesticida
Data da publicação: 19-Ago-2014
Referência: CARVALHO, S. M. Honeybee Apis mellifera L., 1758 (Hymenoptera: Apidae) enzymes as possible biomarkers for the assessment of environmental contamination with pesticides. 2010. 105 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: As abelhas do gênero Apis, principalmente Apis mellifera L., 1758, têm grande destaque, mundialmente, tanto pelos seus produtos quanto pelo importante serviço de polinização. No ambito científico, diversas pesquisas são realizadas objetivando aprimorar conhecimentos sobre sua organização social, biologia e comportamento, além de proteção dessa espécie contra fatores exógenos, tais como os xenobióticos. Dentre as técnicas moleculares que podem ser empregadas, estudos bioquímicos podem ser utilizados para avaliar (a) o sistema de detoxificação por meio das enzimas carboxylesterases (CaE) e glutathione S-transferase (GST) que, dentre as inúmeras funções que possuem, são responsáveis pela resistência de insetos a pesticidas; (b) enzimas do estresse oxidativo, como catalase (CAT) e GST, as quais têm como funções eliminar peróxidos e radicais livres em espécies reativas ao oxigênio; (c) a alkaline phosphatase (ALP) que está ligada principalmente ao processo digestivo e transporte de metabólitos; (d) biomarker de exposição a xenobióticos, visando determinar a qualidade ambiental e (e) o efeito sobre a acetylcholinesterase (AChE), que tem como função mediar a transmissão do impulso nervoso em sinápses colinérgicas.
The honeybees of the genus Apis, mainly Apis mellifera L., 1758, stand out greatly in the worldwide context both for their products and the important pollinating activities. In the field of science, much research is carried out to improve knowledge on their social organization, biology, behavior in addition to the protection of this species from exogenous agents, such as xenobiotics. Out of the molecular techniques which can be used, biochemical studies can be utilized to evaluate (a) detoxification system by means of the enzymes carboxylesterases (CaE) and glutathione S-transferase (GST), which out of the several functions are responsible for insect resistance to insecticides; (b) oxidative stress enzymes, such as catalase (CAT) and GST, which has functions to eliminate peroxides and free radicals in oxygen-reactive species; (c) alkaline phosphatase (ALP), bound mainly to the digestive process and metabolite transport; (d) biomarker of exposition to xenobiotics, aiming to determine environmental quality and (e) the effect on acetylcholinesterase (AChE), which has a function to mediate nervous impulse transmition at cholinergic synapses.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2983
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: en
Aparece nas coleções:DEN - Entomologia - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.