Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Trabalhos apresentados em eventos >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3003

Title: Os reflexos da morte do fundador sob os elementos culturais: uma análise em duas organizações familiares sob a perspectiva simbólica
???metadata.dc.creator???: Ferreira, Patrícia Aparecida
Lourenço, Cléria Donizete da Silva
Oliveira, Vânia Aparecida Rezende de
Keywords: Cultura organizacional
Simbolismo
Issue Date: 2014
Citation: FERREIRA, P.A.; LOURENÇO, C.D. da S.; OLIVEIRA, V.A.R. de. Os reflexos da morte do fundador sob os elementos culturais: uma análise em duas organizações familiares sob a perspectiva simbólica. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 11., 2008, São Paulo. Anais... São Paulo: FEA/USP, 2008. Disponível em: < http://www.ead.fea.usp.br/Semead/11semead/resultado/default.asp>.
???metadata.dc.description.resumo???: O presente trabalho tem por objetivo identificar, sob a perspectiva simbólica, a repercussão da morte do fundador sobre a cultura organizacional em duas organizações familiares. Para tanto foi feita uma pesquisa qualitativa em duas organizações de cunho familiar cujos fundadores tivessem falecido em menos de dois anos. A pesquisa possibilitou a elaboração de categorias que buscam explicar os reflexos da morte do fundador sob os elementos culturais nas organizações pesquisadas e foram definidas como: a ruptura com a velha ordem; a resistência como uma forma de manutenção do luto; as estórias dos heróis; o mito do fundador e seus símbolos. A base teórica utilizada concentrou na cultura organizacional sob a abordagem simbólica e as suas inter-relações com a morte do fundador. Os resultados demonstraram que as mortes dos fundadores exerceram uma forte influência sobre a cultura dessas organizações, sendo o mito do fundador concebido como uma referência para os membros organizacionais. Por outro lado, ressalta-se que as mortes desses fundadores ainda representam um conteúdo de curto prazo, necessitando, assim novas imersões empíricas que por meio de uma pesquisa longitudinal poderão retratar a permanência ou não do mito fundador.
Abstract: This study aims to identify, under the symbolic perspective, the impact of the death of founder on the organizational culture in two Family organizations. So, was accomplished a qualitative research in two organizations from family profile, whose founders had died in less than two years. The research enabled the development of categories that seek to explain the consequences of the death of founder under the cultural elements and the organizations were defined as: a break with the old order, the resistance as a way of maintaining the remembrance, the heroes; the myth of the founder and its symbols. The theoretical basis used in organizational culture focused on the symbolic approach and their inter-relationships with the death of the founder. The results showed that the deaths of the founders exerted a strong influence on the culture of these organizations, and the myth of the founder figured out as a reference for organizational members. Moreover, the deaths of those founders still represent a content of short-term needs, so that new empirical immersions through a longitudinal research may portray the permanence or otherwise of the founding myth.
???metadata.dc.description.uri???: http://www.ead.fea.usp.br/Semead/11semead/resultado/default.asp
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

This item is licensed under a Creative Commons License
Creative Commons

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback