Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEG - Departamento de Engenharia >
DEG - Programa de Pós-graduação >
DEG - Engenharia Agrícola - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3020

Title: Manejo da irrigação na lavoura cafeeira (Coffea arabica L.) recepada
Other Titles: Of pruned coffee trees under different irrigation management strategies
???metadata.dc.creator???: Custódio, Anselmo Augusto de Paiva
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Faria, Manoel Alves de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Rezende, Fátima Conceição
Guimarães, Rubens José
Scalco, Myriane Stela
???metadata.dc.description.concentration???: Engenharia de Água e Solo
Keywords: Manejo da irrigação
Florescimento
Produção
Cafeeiro recepado
Irrigação localizada
???metadata.dc.date.submitted???: 19-Jan-2009
Issue Date: 20-Aug-2014
Citation: CUSTÓDIO, A. A. de P. Manejo da irrigação na lavoura cafeeira (Coffea arabica L.) recepada. 2009. 85 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: O experimento conduzido em Lavras, MG, foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes manejos de irrigação na indução floral, florescimento, pegamento dos frutos e nas características produtivas do cafeeiro recepado, buscando-se incremento de produtividade com economia de água e energia na irrigação. O estudo foi realizado na área experimental do Departamento de Engenharia da Universidade Federal de Lavras, em cafeeiro da cultivar Acaiá MG-1474, plantada no espaçamento 3,00 m x 0,60 m, recepada em 2004 e irrigada desde o plantio. O sistema de irrigação utilizado foi o gotejamento. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com quatro repetições e cinco manejos de irrigação (tratamentos): A= sem irrigação; B= irrigação o ano todo sempre que o teor da água disponível no solo (AD) atingiu 25% da disponibilidade total de água (DTA); C= irrigação o ano todo sempre que AD<75% DTA; D= irrigação o ano todo, se, em janeiro, fevereiro, março, julho, outubro, novembro e dezembro AD<75% DTA e em abril, maio, junho, agosto e setembro, se AD<25% DTA e E= irrigação em abril, maio, junho, agosto e setembro, se AD<75% DTA. No período de julho de 2005 a junho de 2007, a lâmina de água aplicada foi definida em função da evaporação do Tanque Classe A (ECA). No período julho de 2007 a julho de 2008, foram instalados sensores de umidade do tipo Watermark®, para a determinação das irrigações em cada parcela experimental. Cada parcela foi composta por 10 plantas, considerando-se cinco plantas úteis para a avaliação das variáveis respostas. Após a obtenção dos dados, estes foram submetidos à análise estatística no programa Sisvar. Para complementar as análises individuais, realizou-se a análise conjunta dos dados, a fim de verificar uma possível interação dos fatores manejos de irrigação e safra. O manejo de irrigação E na lavoura cafeeira recepada (irrigação nos meses de abril, maio, junho, agosto e setembro, sempre que o teor da água disponível no solo atingiu 75% da disponibilidade total de água na camada de 0-40 cm) foi o mais indicado, por razões técnicas e econômicas.
The experiment was carried out in Lavras-MG with objective to evaluate different irrigation management strategies and their effect upon flowering induction, flower boom and grain production on pruned coffee, and their effect to increase productivity, save water and energy on irrigation. The study was conducted at the experimental area of Engineering Department at Universidade Federal de Lavras, on Acaiá MG-1474 coffee cultivar, planted 3 meters between rows and 0.6 meters between plants. The plants were pruned in 2004. A drip irrigation system was used to irrigate the plants, one drip tubing per row. The statistical design was randomized blocks with four replicates and five irrigation treatment levels: A= non irrigated; B= irrigated throughout the whole year every time the water available was at most 25% of total available water (TAW); C= irrigated during whole year every time water available was at most 75% of TAW; D= treatment C during January, February, March, July, October, November and December and treatment B during April, May, June, August and September; E= treatment C during April, May, June, August and September. From July 2005 through June 2007 the water depth applied to replenish the water amount measured on a Class A evaporation Pan. From July 2007 through July 2008, matrix sensors (Watermark®) were installed to evaluate soil potential between irrigation events. Each statistical plot was composed of 10 plants, being 5 taken for measurements. After data collection, a statistical analysis was carried by using the statistical Sisvar software. Possible interaction between irrigation management and coffee production was investigated. The irrigation management E for pruned coffee trees (treatment level with irrigation on April, May, June, August and September, replenishing water when 75% of the total available water at 0-40 cm layer was reached) was the most recommended due to technical and economical reasons.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3020
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DEG - Engenharia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_ Manejo da irrigação na lavoura cafeeira (Coffea arabica L.) recepada.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback