Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3029

Título: Potencial competitivo de circuito turístico: uma análise da rota dos tropeiros no Centro-Oeste de Minas Gerais
Título Alternativo: Competitiveness potential of tourist circuit: an analysis from "Rota dos Tropeiros" in the Minas Gerais center-west
Autor(es): Oliveira, Jussara Maria da Silva Rodrigues
Orientador: Santos, Antônio Carlos dos
Membro da banca: Antonialli, Luiz Marcelo
Mendonça, Maria Cristina Angélico
Pozo, Osmar Vicente Chévez
Fonseca, Maria Imaculada da
Área de concentração: Organizações, Mudanças e Gestão Estratégica
Assunto: Turismo
Competitividade
Tourism
Competitiveness
Data de Defesa: 12-Dez-2007
Data de publicação: 20-Ago-2014
Referência: OLIVEIRA, J. M. S. R. Potencial competitivo de circuito turístico: uma análise da Rota dos Tropeiros no centro-oeste de Minas Gerais. 2007. 130 p. Tese (Doutorado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: Competitive characteristics as the great territorial extension, the natural environment, the cultures and habits of each region, amongst others. To stimulate the development of the tourist sector, the Minas Gerais State government created 46 tourist circuits, distinguishing the "Rota dos Tropeiros", constituted by Arcos, Formiga, Itapecerica, Lagoa da Prata and Santo Antônio do Monte, all cities in the center-west region. By the way, the objective of this work was to evaluate the tourist potential of this route, checking if the economic organization forms can be reverted in benefit for the tourist activity. Specifically, one searched to describe the profile of the tourist, to identify tourist atractive and to measure competitiveness index of the price, environmental quality, technological advances, deve4lopment and human resources of the tourist route cities and to point the organization ways of the tourist activity different sectors. The methodology consisted, basically, in the structuralized questionnaires employed to 400 tourist, being 80 for each city. The competitiveness index neasure was made using a derivation from World Travel and Tourist Council method, as described by Gooroochurn & Sugiyarto (2005). The results appointed that the profile tourists majority was a bachelor men, undergraduates, with age oscillating between 26 to 30 years old, they was born in Minas Gerais and having a month wage oscillating between 4 and 6 minimun. It was observed existence of a great amount of tourist points as Lago de Furnas, the waterfalls and grottos, the night establishments, the exposition parks, among other attractive as the religious and folklores parties as the carnival and Folia de Reis and congado parties. Others tourist points identified was PUC and Unifor undergraduate institutues, the colonial civil architecture as Sobrado Dom Dico and churches, between many ones. In relation to competitiveness mechanisms measurement, the Formiga city was most circuit competitive, followed, respectively by Arcos, Lagoa da Prata, Itapecerica and Santo Antônio do Monte. Finally, this study showed that economic activities organization way in Arcos and Santo Antônio do Monte are structuralized around calcareous rock and pyrotechnical industrial cluster; in Formiga, the existing arrangement is textile industrial incomplete cluster; in Itapecerica and Lagoa da Prata do not exist economic organization arrangements as clusters (incomplete or complete), without cooperation nets between ones. As general conclusion, it believe that region potentialities stimulation allied to employ by directed economic policies can develop the circuit competitiveness, bringing touris, resident and public organizations beneficial.
O Brasil ocupa uma posição discreta em relação aos indicadores turísticos mundiais, apesar de apresentar características competitivas como a grande extensão territorial, o ambiente natural, as culturas e hábitos de cada região, dentre outras. Para estimular o desenvolvimento do setor turístico, o governo do Estado de Minas Gerais criou 46 circuitos turísticos, dentre os quais destaca-se o circuito "Rota dos Tropeiros", compreendendo a cidade de Arcos, Formiga, Itapecerica, Lagoa da Prata e Santo Antônio do Monte no centro-oeste mineiro. Dessa forma, o objetivo central deste trabalho foi analisar o potencial turístico dessa rota, verificando se as formas de organização econômica podem ser revertidas em benefício para a atividade turística. Especificamente, buscou-se descrever o perfil do turista, identificar os atrativos turísticos, mensurar os índices de competitividade do preço qualidade ambiental, avanços tecnológicos e desenvolvimento dos recursos humanos das cidades componentes do referido circuito, apontar as formas de organização dos diferentes setores que compõem atividade econômica do circuito, verificando se são as mais adequadas a estes setores. A metodologia consistiu, basicamente, na aplicação de questionários estruturados a 400 turistas, sendo 80 para cada cidade. A mensuração dos indicadores de competitividade foi feita empregando-se uma derivação do método originalmente proposto pela World Travel and Tourism Council, conforme descrito por Gooroochurn & Sugiyarto (2005). Os resultados revelaram que a maioria dos turistas compõem um perfil do sexo masculino, com idade oscilando entre 26 e 30 anos, solteiro, natural de Minas Gerais, possuidor de uma renda salarial entre 4 e 6 salários mínimos e graduado em nível superior. Observou-se a existência de uma grande quantidade de pontos turísticos destacando-se o Lago de Furnas, as cachoeiras e as grutas, os estabelecimentos noturnos, os parques de exposição, além de outros atrativos como as festas religiosas e folclóricas, o carnaval, a Folia de Reis, o congado, as instituições de nível superior como a PUC e a arquitetura civil colonial, a exemplo do Sobrado Dom Dico, das igrejas, entre muitas outras. O estudo revelou que as formas de organização das atividades econômicas nos municípios de Arcos e Santo Antônio do Monte estruturam-se em torno de um cluster industrial do calcário e de fogos de artifício, respectivamente; em Formiga, o arranjo existente é um cluster industrial têxtil incompleto e; nas cidades de Itapecerica e Lagoa da Prata não existem arranjos organizacionais como os clusters (incompleto ou completo) e nem as redes de cooperação. Por fim, a mensuração dos mecanismos que regem a competitividade das diferentes cidades integrantes do circuito "Rota dos Tropeiros", a cidade de Formiga foi a mais competitiva do circuito, seguida, respectivamente por Arcos, Lagoa da Prata, Itapecerica e Santo Antônio do Monte. Como conclusão geral, acredita-se que a observação das potencialidades da região aliada ao emprego de políticas públicas direcionadas podem incrementar a competitividade do circuito, trazendo benefícios aos turistas, aos nativos e às organizações públicas e privadas.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3029
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Doutorado (Teses)
DAE - Administração - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Potencial competitivo de circuito turístico.pdf2,17 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback