Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/30379
metadata.teses.dc.title: Avaliação nutricional da chia (Salvia hispanica) para frangos de corte: desempenho, qualidade da carne, metabolizabilidade de nutrientes e valor energético
metadata.teses.dc.title.alternative: Nutrition evaluation of chia (Salvia hispanica) for broiler chicken: performance, meat quality, nutrient metabolizability, and energy value
metadata.teses.dc.creator: Nardelli, Nicole Batelli de Souza
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/3521000133459019
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Rodrigues, Paulo Borges
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Naves, Luciana de Paula
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Abreu, Márvio Lobão Teixeira de
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Faria, Peter Bitencourt
metadata.teses.dc.contributor.referee4: Alvarenga, Renata Ribeiro
metadata.teses.dc.subject: Metabolismo
Nutrição avícola
Ômega-3
Perfil lipídico
Metabolism
Poultry nutrition
Omega-3
Lipid profile
metadata.teses.dc.date.issued: 5-Sep-2018
metadata.teses.dc.identifier.citation: NARDELLI, N. B. de S. Avaliação nutricional da chia (Salvia hispanica) para frangos de corte: desempenho, qualidade da carne, metabolizabilidade de nutrientes e valor energético. 2018. 128 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
metadata.teses.dc.description.resumo: Dois experimentos foram conduzidos com o objetivo de avaliar o uso da chia (Salvia hispanica) em substituição à soja nas rações para frangos de corte. Objetivou-se com o experimento I determinar os valores energéticos dos óleos e grãos/sementes da soja e da chia realizando-se um ensaio de metabolismo com 120 frangos, dos 29 aos 42 dias de idade, os quais foram distribuídos a cinco dietas experimentais, sendo uma ração referência e 4 rações com os alimentos teste, fornecidos a oito repetições de três aves cada. Para avaliar o alimentos teste, utilizou-se um delineamento inteiramente casualizado (DIC), os tratamentos foram constituídos por rações contendo soja ou chia em duas formas de suplementação, grão/semente e óleo, em que os óleos e os grãos substituíram a ração referência, formulada para atender as exigências nutricionais das aves, em 10% e 25%, respectivamente. No experimento II avaliou-se o efeito da inclusão da chia em substituição à soja (óleos ou grão/semente) no desempenho, características da carcaça, parâmetros sanguíneos, qualidade de carne e atividade de enzimas envolvidas nas vias metabólicas de lipídeos em frango de corte, além da metabolizabilidade e aproveitamento energético das rações experimentais. Assim, o experimento II foi subdividido em dois ensaios, sendo um de desempenho e outro de metabolismo. No ensaio de desempenho foram utilizados 120 frangos, dos 29 aos 42 dias de idade, distribuídos em quatro tratamentos, com 5 repetições cada, sendo seis aves por repetição. No ensaio de metabolismo foram utilizadas 72 aves, distribuídas em 4 tratamentos, com seis repetições de três aves cada. Para ambos os ensaios foi utilizado o DIC, sendo os tratamentos constituídos por rações contendo soja e chia em duas formas de suplementação (grão/semente ou óleo). Foram determinados os valores de energia metabolizável aparente corrigida para o balanço de nitrogênio (EMAn) e os coeficientes de metabolizabilidade aparente (CMA) da energia bruta (CMAEB) e do extrato etéreo (CMAEE) no experimento I. Já no experimento II, no ensaio de desempenho, foi avaliado o consumo de ração (CR), o ganho de peso (GP) e a conversão alimentar das aves (CA) e, ao final do ensaio, um total de três aves por repetição foram abatidas para avaliação das características da carcaça, parâmetros sanguíneos, qualidade de carne e atividade das enzimas málica e glicose-6-fosfato desidrogenase. E no ensaio de metabolismo foram determinadas a EMAn e os CMA da matéria seca (CMAMS), proteína bruta (CMAPB), CMAEB e CMAEE. No experimento I, maiores valores de CMAEB e CMAEE foram obtidos com o uso dos óleos de soja e chia, enquanto menores valores foram encontrados com o uso da semente de chia. Já no experimento II, menores valores de CMAEE, CMAEB e EMAn foram observados com o uso da semente de chia na ração. Os valores energéticos (EMAn) determinados para os óleos de chia e de soja e para a soja integral tostada e a semente de chia foram 8955; 8920; 3786 e 2013 kcal/kg de matéria seca, respectivamente. As aves alimentadas com soja integral tostada e óleo de chia apresentaram melhor CA, enquanto aquelas que foram suplementadas com a semente de chia apresentaram pior CA. Para os parâmetros sanguíneos, características da carcaça e qualidade de carne, o óleo de chia mostrou-se melhor ou igualmente eficiente em substituição à soja (grão/óleo). O uso da chia, óleo ou semente, proporcionou o enriquecimento da carne dos frangos com ácidos graxos ômega-3, além de reduzir a relação ω-6:ω-3 da carne, e o óleo de chia quando comparado à soja (óleo ou grão) resulta em desempenho semelhante das aves.
metadata.teses.dc.description.abstract: We conducted two experiments with the objective of evaluating the use of chia (Salvia hispanica) in substitution to soybean in the feed for broiler chicken. With experiment I, we aimed at determining the energy values of the soybean and chia oils and grains/seeds through a metabolism essay using 120 chickens, from 29 to 42 days of age, which were distributed into receiving five experimental diets, one used as a reference,and another four as test feeds. The feeds were provided in eight replicates of three chickens each. We used a completely randomized design, with the treatments consisting of feeds containing soybean or chia in two forms of supplementation, grain/seed and oil, in substitution to the reference feed, formulated to meet the nutritional requirements of the birds, in 10% and 25%, respectively. In experiment II, we evaluated the effect of the inclusion of chia in substitution to soybean (oils and grains/seeds) on performance, carcass characteristics, blood parameters, meat quality, and the activity of the enzymes involved in the lipid metabolic pathways in broiler chicken. We also evaluated the metabolizability and energy use of the experimental feeds. To do this, experiment II was subdivided into two essays, one of performance and another of metabolism. In the performance essay, we used 120 chickens, with 29 to 42 days of age, distributed into four treatments with five replicates each and six birds per replicate. In the metabolism essay, we used 72 birds, distributed into four treatments with six replicates and three birds per replicate. We used a completely randomized design for both essays. The treatments consisted of feeds containing soybean and chia two forms of supplementation (grain/seed and oil). In experiment I, we determined the apparent metabolizable energy, corrected to the nitrogen balance (AMEn) and the coefficients of apparent metabolizability (CAM) of gross energy (CAMGE) and ethereal extract (CAMEE). In the performance essay of experiment II, we evaluated feed consumption (FC), weight gain (WG), and food conversion (FC) of the birds and, at the end of the essay, three birds were slaughtered per replicate to evaluate carcass characteristics, blood parameters, meat quality, and the activity of enzymes malic and glucose-6-phosphate dehydrogenase. In the metabolism essay, we determined the AMEn and the CAM of dry material (CAMDM), crude protein (CAMCP), CAMGE and CAMEE. In experiment I, we obtained higher values of CAMCE and CAMEE when using soybean and chia oil, while lower values were found when using chia seeds. In experiment II, lower values of CAMEE, CAMGE, and AMEn when using chia seeds. The energy values (AMEn) determined for chia and soybean oils and whole toasted soybean and chia seeds were of 8955, 8920, 3786, and 2013 kcal/kg of dry matter, respectively. The birds fed with whole toasted soybean and chia oil presented better FC, while those supplemented with chia seeds presented low FC. Regarding the blood parameters, carcass characteristics, and meat quality, the chia oil was better or equally efficient when substituting soybean (grain/oil). The use of chia, oil or seed, provided the enrichment o the chicken meat with omega-3 fatty acids, in addition to reducing the ω-6:ω-3 relation. When compared to soybean (oil or grain), the use of chia oil results in a similar performance.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do autor(a), até setembro de 2019.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/30379
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.