Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3038

Title: Seleção assistida por marcadores de DNA e fenotípica para tempo de cocção do feijão comum
???metadata.dc.creator???: Nhanengue, Chadreque Luís
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Santos, João Bosco dos
???metadata.dc.contributor.referee1???: Abreu, Ângela de Fátima Barbosa
Pinto, César Augusto Brasil Pereira
???metadata.dc.description.concentration???: Genética e Melhoramento de Plantas
Keywords: Phaseolus vulgaris
Seleção assistida por marcadore molecular de DNA
Propriedade culinária
Plant breeding
DNA marker assisted selection
Cooking properties
???metadata.dc.date.submitted???: 26-Feb-2014
Issue Date: 2014
???metadata.dc.description.sponsorship???: Banco Mundial
Ministério da Ciência e Tecnologia de Moçambique (MCT)
Citation: NHANENGUE, C. L. Seleção assistida por marcadores de DNA e fenotípica para tempo de cocção do feijão comum. 2014. 77 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: O tempo de cocção de feijão é um atributo importante e determinante para a aceitação de uma nova cultivar pelo consumidor. A seleção fenotípica tem sido feita com sucesso. No entanto, ela é realizada no fim do ciclo da cultura e em gerações avançadas, além disso, o procedimento de avaliação é demorado e trabalhoso. Com o advento dos marcadores moleculares de DNA, surge a possibilidade de serem utilizados na seleção assistida, principalmente porque ela pode ser realizada já nas plantas F2. Este trabalho objetivou avaliar a eficiência da seleção assistida por marcadores de DNA (SAM) para o tempo de cozimento, em comparação com a seleção fenotípica, em progênies F2:4 oriundas do cruzamento entre a cultivar BRSMG-Madrepérola e a linhagem RP-2. A BRSMG-Madrepérola e a RP-2 possuem tipo de grão carioca, porém, apresentam tempo de cozimento curto e prolongado, respectivamente. Os experimentos foram instalados no Departamento de Biologia da Universidade Federal de Lavras. Foram tomadas aleatoriamente 192 plantas F2 e tiveram seu DNA extraído para a SAM. Adicionalmente foram tomadas aleatoriamente mais 97 plantas F2 para a seleção fenotípica, totalizando 289 plantas F2 e todas foram multiplicadas a campo para a obtenção de progênies F2:4. A avaliação da porcentagem de cozimento do grão foi realizada 60 dias após a colheita. Foi utilizado o delineamento látice triplo 17 x 17, com 289 progênies e dois tratamentos comuns, representados pelos genitores, totalizando 291 tratamentos. A parcela tinha 50 grãos inteiros e sadios de cada tratamento. Cada grupo de 17 progênies e dois tratamentos comuns (constituindo o bloco) foi colocado em conjunto na panela de pressão elétrica durante 30 minutos, após a estabilização da pressão. A porcentagem de grãos cozidos foi medida através do aparelho de Mattson. De um total de 12 marcadores de DNA testados para a SAM (um RAPD e 11 microssatélites), apenas dois microssatélites foram polimórficos nos genitores e em plantas F2. Os marcadores polimórficos explicaram 32,16% (PV 141) e 9,57% (X04001) da variação fenotípica, isoladamente; em simultâneo, os dois explicaram 41,73%, portanto, estão associados a QTLs de grande efeito. Foram comparados os melhores 10% de 192 progênies F2:4 selecionados com base na avaliação fenotípica e em um índice obtido com informações fenotípicas e dos marcadores. A SAM apresentou eficiência de 34,19%, portanto, foi inferior à seleção fenotípica. A eficiência da SAM também foi avaliada pela coincidência das progênies selecionadas por marcadores e pelo fenótipo. Das 192 progênies avaliadas, 76 progênies tiveram maior número de marcadores favoráveis e representaram eficiência de 62,28%, embora alta, foi inferior à fenotípica.
Common bean cooking time is an important and determining attribute for the acceptance of a new cultivar by consumer. Phenotypic selection has been done successfully. However, it is performed at the end of the crop cycle and in advanced generations. Furthermore, the assessment procedure is time consuming and laborious. With the advent of DNA markers, arises the possibility for its application in marker-assisted selection, especially since it can be performed in F2 plants. This study aimed at evaluating the efficiency of DNA marker-assisted selection (MAS) in cooking time compared to phenotypic selection in F2:4 progenies derived from the cross between the BRSMG-Madrepérola cultivar and the RP-2 line. The BRSMG-Madrepérola and RP-2 have carioca grain type, however, present short and elongated cooking time, respectively. The experiments were installed in the Biology Department at the Universidade Federal de Lavras. We randomly selected 192 F2 plants and extracted their DNA for MAS. Additionally, we randomly selected 97 F2 plants for phenotypic selection, totalizing 289 F2 plants, which were multiplied in the field to obtain F2:4 progenies. The evaluation of the bean cooking percentage was performed 60 days after harvest. We used the 17 x 17 triple lattice design, with 289 progenies and two common treatments, represented by the genitors in a total of 291 treatments. The plot had 50 whole and healthy grains from each treatment. Each group of 17 progenies and two common treatments (constituting the block) were placed together in electric pressure cooker for 30 minutes after pressure stabilization. The percentage of cooked grains was measured with the Mattson apparatus. Of a total of 12 DNA markers tested for MAS (one RAPD and 11 microsatellites), only two microsatellites were polymorphic on the genitors and F2 plants. The polymorphic markers individually explained 32.16% (PV 141) and 9.57% (X04001) of the phenotypic variation; simultaneously, both explained 41.73%, therefore, are associated with large effect QTLs. We compared the best 10% F2:4 progenies out of 192, selected based on phenotypic evaluation and an index obtained with marker phenotypic information. MAS showed an efficiency of 34,19% and, therefore, was lower than the phenotypic selection. The MAS efficiency was also evaluated through the coincidence between progenies selected by DNA markers and phenotype. Of 192 evaluated progenies, 76 presented higher number of favorable markers and represented an efficiency of 62,28%, although high, it was inferior to that of phenotypic selection.
Description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas, área de concentração em Genética e Melhoramento de Plantas, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3038
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Seleção assistida por marcadores de DNA e fenotípica para tempo de cocção do feijão comum.pdf404.76 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback