Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEN - Departamento de Entomologia >
DEN - Programa de Pós-graduação >
DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3049

Título: Biologia de Aphis gossypii Glover, 1877 (Hemiptera: Aphididae) em cultivares de Cucurbita spp. e sua interação com o predador Ceraeochryza cubana (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae)
Título Alternativo: Biology of Aphis gossypii Glöver, 1877 (Hemiptera: Aphididae) on Cucurbita spp. cultivars and its interaction with the predator Ceraeochrysa cubana (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae)
Autor(es): Leite, Melissa Vieira
Orientador: Souza, Brígida
Membro da banca: Santa-Cecília, Lenira Viana Costa
Pessoa, Luis Gustavo Amorim
Santos, Terezinha Monteiro dos
Área de concentração: Entomologia Agrícola
Assunto: Biologia
Pulgão do algodoeiro
Abobrinha
Temperatura
Crisopídeo
Controle biológico
Biology
Cotton aphid
Squash
Temperature
Green lacewing
Biological control
Data de Defesa: 23-Fev-2006
Data de publicação: 20-Ago-2014
Referência: LEITE, M. V. Biologia de Aphis gossypii Glover, 1877 (Hemiptera: Aphididae) em cultivares de Cucurbita spp. e sua interação com o predador Ceraeochrysa cubana (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae). 2006. 64 p. Dissertação (Mestrado Agonomia/Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: As cucurbitáceas apresentam grande demanda no mercado mundial e uma das principais pragas que atacam essas culturas é o pulgão A. gossypii. Para o controle biológico desse inseto podem-se utilizar os predadores da família Chrysopidae que possuem vários atributos como agentes de controle de pragas. Assim, objetivou-se estudar aspectos da biologia de A. gossypii nas cultivares de abobrinha Caserta (Cucurbita pepo L.), Menina Brasileira e Goianinha (Cucurbita moschata Duchesne), avaliar o desenvolvimento desse afídeo em função da temperatura e estudar sua interação com o predador C. cubana na cultivar de abobrinha mais propícia ao desenvolvimento do afídeo. Na avaliação dos aspectos biológicos de A. gossypii utilizaram-se discos foliares (2,5cm de diâmetro) das cultivares de abobrinha, acondicionados, com a face abaxial para cima, em placas de Petri (5cm de diâmetro) contendo uma lâmina de agar-água, que foram vedadas com filme de PVC laminado e mantidas a 25±1ºC. Para a biologia de A. gossypii em diferentes temperaturas usaram-se os mesmos procedimentos, mantendo-se as ninfas a 18, 21, 24, 27 e 30±1ºC. As larvas de C. cubana foram mantidas em tubos de vidro de 8,5cm de altura por 2,5cm de diâmetro, vedados com tecido voil, a 25ºC, e alimentadas ad libitum com ninfas de A. gossypii. Todos os ensaios foram conduzidos a 70±10% UR e fotofase de 12 horas, em delineamento inteiramente casualizado, avaliando-se 60 repetições. Verificou-se efeito das cultivares sobre a duração e viabilidade das ninfas, longevidade e capacidade reprodutiva de A. gossypii, sendo a cultivar Caserta a mais favorável ao desenvolvimento do pulgão. As temperaturas afetaram o desenvolvimento de A. gossypii criado na cultivar Caserta, tendo as mais adequadas sido 24ºC e 27ºC, que proporcionaram menor duração do período ninfal e maior produção diária de ninfas. A temperatura de 30ºC provocou efeito deletério causando 68% de mortalidade na fase ninfal. O período de larva a adulto de C. cubana, alimentada com ninfas de A. gossypii criadas em abobrinha Caserta, apresentou uma viabilidade de 67%. O pulgão A. gossypii foi uma presa adequada para o desenvolvimento das fases imaturas de C. cubana, não exercendo efeito deletério sobre esse predador.
Cucurbitaceae are always on demand in world market and one of the main pests attacking this crop is the aphid Aphis gossypii. Predators of the family Chrysopidae have many attributes as biological pest control agents. Thus, this work was conducted to study biological aspects of A. gossypii on the "Caserta" (Cucurbita pepo L.), "Menina Brasileira" and "Goianinha" (Cucurbita moschata Duchesne) cultivars; evaluate the development of this aphid related to temperature and the interaction with the predator C. cubana on the most adequate squash cultivar to the development of the aphid. For the evaluation of biological aspects of A. gossypii leaf disks (2.5 cm diameter) of squash cultivars were used with their abaxial side up in Petri dishes (5 cm diameter) containing a thin layer of agar-water, sealed with laminated PVC film and kept at 25±1ºC. The same technique was used for the biology of A. gossypii in different temperatures, with nymphs kept at 18, 21, 24, 27 e 30±1ºC. Larvae of C. cubana were maintained in 8.5 cm high x 2.5 cm of diameter glass vials sealed with voil tissue and fed ad libitum with nymphs of A. gossypii. All essays were conducted at 70±10% RH and photophase of 12 hours in a complete randomized experimental design with 60 replicates. The study of the influence of the cultivars on longevity and survival of nymphs revealed that the "Caserta" cultivar was the most favorable to the development of the aphid. Temperature influenced the development of A. gossypii reared on the "Caserta" cultivar showing that the most adequate were 24 and 27 ºC which resulted in shorter nymphal period and higher daily nymphal production. The temperature of 30 ºC was deleterius inducing a 68% mortality at the nymphal stage. The larval-adult period of C. cubana fed on nymphs of A. gossypii reared on "Caserta" squash showed a 67% survival. The aphid A. gossypii was an adequate prey for the development of the immature phases of C. cubana with no harmful effect detected on this species.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3049
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Biologia de Aphis gossypii Glover 1877.pdf633,72 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback