Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEG - Departamento de Engenharia >
DEG - Programa de Pós-graduação >
DEG - Engenharia Agrícola - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3082

Title: Manejo da irrigação na cultura da canola (Brassica napus)
Other Titles: Irrigation management in canola culture (Brassica napus)
???metadata.dc.creator???: Bilibio, Carolina
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Carvalho, Jacinto de Assunção
???metadata.dc.contributor.referee1???: Rezende, Fátima Conceição
Rezende, Joelma Durão Pereira
Santana, Márcio José
Fraga, Antônio Carlos
???metadata.dc.description.concentration???: Engenharia de Água e Solo
Keywords: Irrigação
Canola
Produtividade
Tensão de água no solo
Lâmina de reposição de água no solo
Irrigation
Yield
Water tension on soil
???metadata.dc.date.submitted???: 6-Apr-2010
Issue Date: 21-Aug-2014
Citation: BILIBIO, C. Manejo da irrigação na cultura da canola (Brassica napus). 2010. 138 p. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: A preocupação com as condições ambientais, principalmente com o aquecimento global, faz o mundo voltar-se para as questões energéticas devido à contribuição dos combustíveis fósseis para a emissão dos gases poluentes que provocam o efeito estufa. Neste sentido, o Brasil tem recebido destaque, devido à série histórica de políticas públicas voltadas para o incentivo a produção e uso de fontes alternativas de energia. Sabendo-se que a canola é uma cultura com grande potencial de utilização tanto para produção de energia quanto para o consumo humano, e que existem poucos trabalhos experimentais com a cultura irrigada no Brasil, objetivou-se com este estudo avaliar os critérios para o manejo da irrigação que possam ser utilizados por produtores rurais e assim, contribuir com a decisão de quando irrigar e quanto de água aplicar para se obter o máximo potencial produtivo da cultura. Para isso, foram realizados dois experimentos no Brasil e um experimento na Alemanha. Nos dois experimentos realizados no Brasil, avaliou-se o efeito de diferentes tensões de água no solo, 20 kPa, 40 kPa, 80 kPa, 120 kPa, e lâminas de irrigação, 50%, 75%, 100%, 125% e 150% da lâmina de reposição recomendada, sob os parâmetros vegetativos da cultura, produtividade e qualidade física dos grãos, incluindo a massa específica e o peso de 1000 grãos. No experimento realizado na Alemanha, verificou-se o efeito de diferentes níveis de déficit hídrico, equivalentes a 0%, 30%, 60% da evapotranspiração da cultura, sob os parâmetros vegetativos, produtividade e qualidade dos grãos, incluindo o teor de proteína e óleo dos grãos. De acordo com a análise de variância, as diferentes tensões de água no solo exerceram influência nos parâmetros vegetativos e produtividade, porém os tratamentos não influenciaram significativamente a qualidade física dos grãos, pelo teste F a 5% de probabilidade. A maior produtividade foi obtida com irrigação realizada sob a tensão de 20 kPa. Não foram verificadas diferenças significativas entre os tratamentos quando foram aplicadas diferentes lâminas de reposição de água, devido às precipitações naturais que ocorreram durante a aplicação dos tratamentos. Com relação ao efeito de diferentes níveis de déficit hídrico, os resultados mostraram diferenças significativas entre os tratamentos para os parâmetros vegetativos, exceto a altura das plantas, produtividade e teor de óleo dos grãos. O teor de proteína dos grãos não sofreu influência significativa dos tratamentos. O fator de resposta ky, indicador da sensibilidade da cultura ao déficit hídrico, foi menor que um para todos os parâmetros vegetativos e produtivos analisados.
Environmental concerns, especially with regard to global warming, make the world turn the focus toward questions about fossil fuel energy due to its emission of pollutant gas that contribute to the greenhouse effect. In this area, Brazil has achieved a position of prominence due to a series of historical public policies encouraging production and use of alternative sources of energy. Knowing that Canola is a crop with great potential for use either in energy production or for human consumption, and that there are few experimental works with the crop that contribute to its expansion in Brazil, the object of this study was to evaluate the criteria for irrigation management that can be used by farmers, especially in the south region of Minas Gerais, for the purpose of increasing crop production and quality of grains in irrigated areas while efficiently using water and energy resources. For this purpose, two experiments were carried out in Brazil and one in Germany. In the Brazilian experiments, the effect of different water tensions was evaluated in the ground (20 kPa, 40 kPa, 80 kPa, 120 kPa) and depths of water (50%, 75%, 100%, 125% and 150% of the recommended depths) under the vegetative, productive and qualitative parameters of the culture and grains, including the specific mass and the weight of 1000 grains. In Germany, an experiment in protected environment was performed under productive, qualitative and vegetative parameters of canola, including content of protein and grain oil, under the different levels of water deficit 0%, 30%, and 60% of crop evaporation. According to the analysis of variables, the different water tensions in the ground influenced the number of pods, number of branches, dry matter of the vegetative part, dry matter of pods, total dry matter and productivity. Nevertheless, the treatments had no influence on the physical quality of grains. The highest productivity was achieved with irrigation carried out under the tension of 20 kPa. Significant differences between the treatments were not verified when different depths of irrigation were applied, due to natural precipitation which occurred during the treatments. In regard to the effect of different levels of hydric stress, the results showed significant differences between the treatments for the following analysed variables: flower length, stalk diameter, number of branches, number of leaves, number of pods, green matter of leaves, green matter of the vegetative part, green matter of pods, total green matter, dry matter of the vegetative part, dry matter of pods, total dry matter, grain yield and grain oil content. The effect of treatments was not verified in the height of plants or in the protein content of grains. The response factor Ky was less than one for all analysed variables.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3082
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DEG - Engenharia Agrícola - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Manejo da irrigação na cultura da canola (Brassica napus).pdf1.17 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback