Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3100
Título: Propagação in vitro do curauá [Ananas erectifolius (I.B.Sm)- Bromeliaceae] a partir de brotos estiolados e caracteres anatômicos de folhas
Título(s) alternativo(s): In vitro propagation of curauá [Ananas erectifolius (L.B.Sm) - Bromeliaceae] from shoot elongation
Autor : Pereira, Flávia Dionisio
Primeiro orientador: Pinto, José Eduardo Brasil Pereira
Primeiro membro da banca: Luz, José Magno Queiroz
Guimarães, Renato Mendes
Castro, Daniel Melo de
Silva, Fabiano Guimarães
Área de concentração: Fitotecnia
Palavras-chave: Curauá
Ananás erectifolius
Propagação in vitro
Brotos estiolados
In vitro propagation
Shoot elongation
Data da publicação: 21-Ago-2014
Referência: PEREIRA, F. D. Propagação in vitro do curauá [Ananas erectifolius (I.B.Sm)- Bromeliaceae] a partir de brotos estiolados e caracteres anatômicos de folhas. 2006. 78 p. Tese (Doutorado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: O curauá [Ananas erectifolius (L.B.Sm) - Bromeliaceae] é uma espécie, que desponta como sucedânea na fabricação de cordas, sacos e utensílios domésticos. Recentes estudos garantem o grande potencial dessa planta na indústria automobilística, devido a sua resistência, maciez e peso reduzido. A crescente demanda de fibras da planta por grupos empresariais o torna uma espécie estratégica, criando perspectivas socioambientais do seu uso. O grande problema é que não há suprimento suficiente de matéria-prima para atender a indústria automobilística. O curauá é fiel às suas origens amazônicas e só se desenvolve em clima quente e úmido, criando um problema na aquisição de mudas. Neste trabalho foram aplicadas técnicas in vitro constatando adoção do método de estiolamento e sua atuação na célula. Não existem relatos, na literatura, sobre estudos de tais aspectos nesta espécie. Os resultados indicam que explantes de curauá cultivados em meio MS adicionado de ANA, GA3 e KIN regeneram brotos estiolados. Ápices, segmentos nodais e parte basal de brotos estiolados regeneram plântulas de curauá. Bases de brotos estiolados podem ser utilizadas mais de uma vez no processo de multiplicação. Não houve influência significativa no tamanho de explante utilizado para obterem-se os brotos estiolados e a cultura apresentou excelente adaptabilidade para o cultivo em meio líquido. Os resultados realizados em estudos anatômicos demonstram que os volumes do clorênquima e do parênquima aqüífero apresentam-se visualmente maiores em plântulas obtidas pelo método de estiolamento e que plântulas produzidas in vitro pelo método convencional produzem mais feixes de fibras e com diâmetro maior do que aquelas obtidas pelo método de estiolamento.
Curauá [Ananas erectifolius (L.B.Sm) - Bromeliaceae] it is species that is rising as a substitute for the making of ropes, bags and home utensils. Recent studies guarantee its great potential in the car industry, due to its strength, softness and reduced weight. The increasing needs for this plant fibers by business groups makes this a strategic specie creating social environment worries about its use. The great problem is there is not enough raw material to supply the car industry. Because curauá is very faithful to its amazonic origin and develops only under a warm and humid weather conditions, making these a problem for scions acquisition. In this study, in vitro thecniques were used adopting the elongation method and its action at the cell. The results indicate that curauá´s explants cultured in MS medium supplied with NAA, GA3 and KIN regenerate shoots elongation. Apical, nodal segments and basal parts from shoots elongation can be used more than once in multiplication process. There was no significative influence in the explant size to obtain the shoots elongation and the culture showed and excellent suitability growing in a liquid medium. The anatomical studies results demonstrate that chlorenchyma and parenchyma aquiferus volume are larger in explants from elongation method and that explants from in vitro conventional method give more fibers bundle with larger with large diameter than those from elongation method.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3100
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.