Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3112

Title: Micropropagação calogênese e irradiação da figueira "Roxo de valinhos"
Other Titles: Micropropagation, callogenesis and irradiation of fig plants ´Roxo de Valinhos´
???metadata.dc.creator???: Ferreira, Ester Alice
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Pasqual, Moacir
???metadata.dc.contributor.referee1???: Luz, José Magno Queiroz
Ramos, José Darlan
Chalfun, Nilton Nagib Jorge
Alvarenga, Ângelo Alberico
???metadata.dc.description.concentration???: Fitotecnia
Keywords: Reguladores de crescimento
Calogênese
Mutação
Radiação gama
Growth regulator
Callogenesis
Mutation
Gamma radiation
???metadata.dc.date.submitted???: 23-Feb-2006
Issue Date: 21-Aug-2014
Citation: FERREIRA, E. A. Micropropagação calogênese e irradiação da figueira "Roxo de valinhos". 2006. 93 p. Tese (Doutorado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
???metadata.dc.description.resumo???: Foram conduzidos três ensaios in vitro com a figueira ´Roxo de Valinhos´. O primeiro teve como objetivo verificar a sensibilidade de explantes à irradiação gama em que plântulas foram separadas por tamanho (2,5 a 4,5; 5 a 7 e 8 a 10 cm) e levadas ao Centro de Energia Nuclear (CENA USP), irradiadas nas doses 10, 20, 30, 40 e 50 Gy, inoculadas em meio WPM, separando-se as gemas apical, mediana e basal e avaliadas após 90 dias quanto à mortalidade, ao número de folhas e à altura. No segundo, avaliaram-se o uso de segmentos nodais e foliares, o cultivo no claro e no escuro e a melhor combinação 2,4D e cinetina, nas concentrações 0; 0,5; 1,0; 2,0 e 4,0 mgL-1 na calogênese in vitro. As variáveis avaliadas foram: intensidade de crescimento e peso da massa fresca de calo. O terceiro ensaio buscou a otimização de protocolo de micropropagação, testando: 1) alterações na concentração do meio WPM - 0%, 50%, 100%, 150% e 200% e de sacarose - 0, 10, 20 e 40g e 2) inoculação de segmentos nodais com 1, 2, 3 e 4 gemas, em combinação com diferentes doses de cinetina à 0; 0,5;1,0; 2,0 e 4,0 mgL-1. Avaliações foram efetuadas após 90 dias de inoculação pelo número de brotações, comprimento e peso da matéria seca de parte aérea e de raiz. Os resultados obtidos nos ensaios mostraram que doses de até 50 Gy não provocam morte de plântulas; doses superiores a 30Gy impedem a formação de raízes, plântulas com 2,5 a 5 cm de tamanho irradiadas a 10 Gy apresentam maior comprimento de parte aérea e maior número de gemas e o aumento nas doses de irradiação provoca redução no peso das plântulas para qualquer tamanho de plântula irradiada. A calogênese em figueira ´Roxo de Valinhos´ pode ser obtida cultivando-se segmentos foliares, na presença de luminosidade e utilizando 2,4D e cinetina ambos na concentração 4 mgL-1. Na multiplicação de brotações de figueira ´Roxo de Valinhos´, pode-se usar 100% do meio WPM com adição de 10gL-1 de sacarose. Quando se deseja produzir brotos alongados, a utilização do meio de cultura sem adição de cinetina e segmentos com 1 ou 2 gemas proporciona melhores resultados. A adição de cinetina 0,5 mgL-1 e a utilização de segmentos com 3 gemas promove maior número de brotações.
It was carried out three in vitro works with ´Roxo de Valinhos´ fig plants. The first one aimed to verify the sensibility of explants to gamma radiation and the plantlets were separated by size (2,5 to 4,5; 5 to 7 and 8 to 10 cm) and were taken to the Nuclear Energy Center, irradiated on the doses 10, 20,30,40 e 50 Gy and cutted separating the bud portion: apical, medium and base. It was evaluated 90 days after inoculation by mortality, anomalies, number of leaves and length of aerial part. On the second work, it was evaluated the efficiency of nodal and leaves explants, the effects of light and dark and the best combination of 2,4D and kinetin at 0; 0,5; 1,0; 2,0 e 4,0 mgL-1 in the in vitro callogenesis. The characteristics evaluated were: growing intensity and weight of fresh mass of calluses. The third work aimed to optimize the micropropagation protocol testing: 1) alteration on WPM concentration - 0, 50,100,150 e 200% and the sucrose - 0,10,20 e 40g; 2) inoculation of nodal explants with 1,2,3 and 4 buds in combination with different doses of kinetin at 0; 0,5;1,0; 2,0 e 4,0 mgL-1.The evaluation were carried out 90 days after the inoculation by: root and aerial part high; weight of root and aerial part. The results revealed that doses until 50 Gy do not cause death of plantlets; doses over 30Gy block root formation, plantlets size 2,5 to 5 cm irradiated at 10 Gy present higher lengths of aerial part and number of buds and the increase of irradiated doses caused reduction on the weight of plantlets in any size of plantlets. The callogenesis on fig plants ´Roxo de Valinhos´ can be obtained by leaves explants, absence of light and presence of 2,4D and kinetin at 4 mgL-1. On the sprouts multiplication can be taken 100% of WPM medium added with 10gL-1 of sucrose. When it is wished elongated sprout the use of medium without kinetin and explants with 1 or 2 buds promote best results. Adding 0,5 mgL-1 of kinetin and taking explants with 3 buds promote larger sprouts number.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3112
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Micropropagação calogênese e irradiação da figueira 'Roxo de valinhos'.pdf881.95 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback