Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3118

Title: Apropriação da inovação em agrotecnologias: estudo multicasos em universidades brasileiras
Other Titles: Appropriation of agrotechnology innovation: multicases study in brazilian univerties
???metadata.dc.creator???: De Benedicto, Samuel Carvalho
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Zambalde, André Luiz
???metadata.dc.contributor.referee1???: Antonialli, Luiz Marcelo
Villela, Paulo Roberto de Castro
Gonçalves, Wilson Magela
Castro, Cleber Carvalho de
Baêta, Adelaide Maria Coelho
???metadata.dc.description.concentration???: Gestão Estratégica e Inovação
Keywords: Universidade pública
Inovação
Agrotecnologia
Apropriação direta e indireta
Benefícios tangíveis e intangíveis
Public university
Innovation
Agrotechnology
Appropriation direct and indirect
Tangible and intangible benefits
???metadata.dc.date.submitted???: 25-Jan-2011
Issue Date: 21-Aug-2014
Citation: DE BENEDICTO, S. C. Apropriação da inovação em agrotecnologias: estudo multicasos em universidades brasileiras. 2011. 310 p. Tese (Doutorado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
???metadata.dc.description.resumo???: Atualmente existe um direcionamento global ao conceito de universidades como protagonistas de produção do conhecimento e geração de inovação tecnológica. Para atender a essa nova realidade, as universidades estão sendo desafiadas a mudar estruturas tradicionais e a buscar estratégias que lhes permitam gerar tecnologias úteis às comunidades e organizações. Quando incorporadas à sociedade, essas tecnologias assumem o status de "inovação" passando a viabilizar a apropriabilidade (ou apropriação), ou seja, a captura de valores tangíveis e intangíveis. O objetivo desta pesquisa foi investigar e descrever os mecanismos de apropriação das inovações em universidades públicas. Para tanto, foi realizado um estudo multicaso de natureza qualitativa em três universidades públicas tradicionalmente voltadas para a "Inovação em Ciências Agrárias ou Agrotecnologias": Universidade de São Paulo (USP) - Campus de Piracicaba, Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Universidade Federal de Lavras (UFLA). O estudo conclui que as universidades pesquisadas realizaram um conjunto de mudanças (políticas, administrativas, culturais, estratégicas, normativas) a fim de estabelecer mecanismos de apropriação direta (ativos legais) e indireta (ativos complementares) e colher benefícios tangíveis e intangíveis de inovações. Uma constatação importante é que os benefícios intangíveis (patentes, marcas registradas, licenciamentos, arranjos organizacionais etc.) são os geradores dos benefícios tangíveis (recursos materiais, físicos, financeiros, humanos etc.) e, num segundo momento, os benefícios tangíveis poderão gerar outros benefícios intangíveis (domínio de novas tecnologias, novos arranjos operacionais, melhoria de desempenho, nova agenda de pesquisa, novas estratégias de mercado) criando um ciclo virtuoso. Entretanto, os mecanismos de apropriação e os benefícios dela decorrentes somente podem ocorrer num contexto dinâmico que envolve o ambiente externo (políticas, leis, financiamento público e privado de pesquisas, necessidades tecnológicas do mercado, competidores e usuários de tecnologias, expectativas da sociedade) e interno (planejamento estratégico, modelo administrativo, visão tecnológica e mercadológica, normalização, cultura, recursos humanos, estrutura de P&D). O estudo evidenciou que os benefícios decorrentes da apropriação nas universidades extrapolam o ambiente institucional e alcançam a sociedade (governo, empresas, comunidades e pessoas). Tais benefícios econômicos e sociais (geração de empregos, aumento e distribuição de renda, impostos, promoção de novos arranjos produtivos, subsídio tecnológico local ou regional, subsídio tecnológico ao Sistema Nacional de Inovação, novas políticas públicas de fomento à P&D e C&T) podem também ser consideradas "formas de apropriação social". Ao final, tem-se a proposição de um modelo ou framework evidenciando todos os elementos e formulações relacionadas à apropriação e discutindo algumas possibilidades de sua generalização com a aplicação do mesmo em outras universidades que também produzem agrotecnologias. Tal generalização visa contribuir como um parâmetro analítico para universidades que produzem tecnologias diferentes das agrotecnologias, ainda que seja necessária alguma adaptação. Por ser este um estudo inédito no Brasil, as universidades geradoras de "tecnologias diversas" passam a ter um parâmetro que pode auxiliá-las no processo de gestão da apropriabilidade das inovações.
At present, there is a global driving towards the concept of universities as protagonists of production of knowledge and generation of technological innovation for the society. To meet that new reality, universities have been challenged to change traditional structures and to seek new strategies which allow them to generate technologies useful to the government, productive sector and communities. When incorporated to the society, those technologies take over the status of "innovation", passing to generate appropriability (or appropriation) and a set of benefits both tangible and intangible. The objective of this research work is investigating the mechanisms of appropriation of the innovations in public. For such a purpose, a multicases study of qualitative nature was performed in three public universities traditionally turned to the "Innovation in Agrarian Sciences or Agrotechnologies": University of São Paulo (USP) - Piracicaba Campus, Federal University of Viçosa (UFV) and Federal University of Lavras (UFLA). The study concluded that the universities investigated performed a set of changes (policy, administrative, cultural, strategic, normative) in order to establish mechanisms of direct (legal assets) and indirect (complementary assets) appropriation and collect tangible and intangible benefits. An important finding is that the intangible benefits (patents, trade marks, licensings, organizational arrangements) are the generators of tangible benefits (material, physical, financial, human resources) and, at a second moment, the tangible benefits will be able to generate other intangible benefits (domain of new technologies, new operational arrangements, improvement of performance, new schedule of research, new market strategies) creating a vicious circle. However, the appropriation mechanisms and the benefits owing to it can only occur in a dynamic context which involves the setting external to the university (policies, laws, public and private financing of research, technological needs of market, competitors and users of technologies, expectative of the society, among others) and internal (managerial/technological/marketing view, standardization, culture, human resources, R&D structure, diverse resources). The study stressed that the benefits owing to the appropriation in the universities extrapolate the institutional setting and reach the society (government, enterprises, communities and persons). Such economic and social benefits (creation of jobs, increase and distribution of income, taxes, promotion of new productive arrangements, local or regional technological subside, technological subside to the National Innovation System, new public policies of development to P&D and C&T) can also be regarded as "forms of social appropriation". The study concludes with the proposition of a framework showing all the elements and formulations related to ownership and discussing the possibilities of a generalization of the synthesis picture with the application of it into other universities which also produce agrotechnologies. Such a generalization will also be able to contribute an analytical parameter to the universities which produce technologies different from agrotechnologies, although some adaptation is necessary. For this being a novel study in Brazil, the universities generating "diverse technologies" start to have a parameter which can help them in the process of management of the appropriability of the innovations.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3118
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Administração - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Apropriação da inovação em agrotecnologias.pdf1.57 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback