Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31496
metadata.teses.dc.title: Representações discentes sobre a inserção e permanência de homens no curso de Pedagogia da UFLA: entre desafios, resistências e rotas alternativas
metadata.teses.dc.title.alternative: Disciple representations on the insertion and permanence of men in the UFLA pedagogy course: between challenges, resistences and alternative routes
metadata.teses.dc.creator: Resende, Tatiane Patrícia
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/4520080343660649
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Reis, Fábio Pinto Gonçalves dos
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Ribeiro, Cláudia Maria
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Devide, Fabiano Pries
metadata.teses.dc.subject: Representações hegemônicas
Feminilização do magistério
Feminization of the magisterium
Hegemonic representations
metadata.teses.dc.date.issued: 26-Oct-2018
metadata.teses.dc.identifier.citation: RESENDE, T. P. Representações discentes sobre a inserção e permanência de homens no curso de Pedagogia da UFLA: entre desafios, resistências e rotas alternativas. 2018. 129 p. Dissertação (Mestrado em Educação)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
metadata.teses.dc.description.resumo: A presente pesquisa visa identificar as representações de alunos e alunas do curso de Pedagogia, modalidade presencial da Universidade Federal de Lavras (UFLA), situada em Minas Gerais, sobre a inserção e permanência dos homens na graduação, levando em consideração que a Pedagogia é um espaço de reserva feminina e o processo de feminilização do magistério. Considera-se a compreensão dos motivos que levam à representação social, no curso de Pedagogia, construída histórica e culturalmente, de que a mulher é educadora por natureza, o que acaba por negar as possibilidades e potencialidades dos pedagogos homens. Portanto tem-se como questão-problema de pesquisa quais são as representações de alunos/as da Pedagogia sobre a inserção e permanência dos homens no curso. Esta pesquisa decorre do entendimento do espaço universitário como ambiente em que se perpetuam relações desiguais de gênero, mas, ao mesmo tempo, propício à sua problematização e às suas desconstruções. Sob uma abordagem qualitativa, são analisadas as informações obtidas por meio de 14 (quatorze) entrevistas narrativas com roteiro semiestruturado com alunos/as do curso de Pedagogia da Ufla. A interpretação desse material empírico foi feita, com base na perspectiva foucaultiana de problematização e na Análise do Discurso, ancorando-se em estudos de gênero, estudos feministas e estudos pós-estruturalistas para uma reflexão mais ampla e fundamentada. Para tanto, traz considerações teóricas sobre os conceitos de identidade e de gênero, estabelecendo o entretecer desses com os processos de constituição das identidades docentes, no contexto da docência em construção. Espera-se que esta pesquisa tenha contribuído para a desconstrução de estereótipos e de representações hegemônicas sobre a docência, bem como ressaltar os esforços daqueles/as que simbolizam as resistências nesse espaço/tempo formativo e, no intuito de contribuir socialmente e dar um feedback ao curso, elencam-se algumas medidas à gestão do curso de Pedagogia, para que o problema da inserção de homens seja problematizado na formação e na matriz curricular, possibilitando a reflexão sobre a construção histórica, social e cultural das diferenças e desigualdades de gênero, na atuação de pedagogos/as e meios que facilitem a inclusão de todos/as nas diversas atividades formativas.
metadata.teses.dc.description.abstract: The present research aims to identify the representations of students of the course of Pedagogy, face-to-face, of the Federal University of Lavras (UFLA) located in Minas Gerais, about the insertion and permanence of men in undergraduate courses, taking into consideration that Pedagogy is a women's reserve space and the process of feminization of the teaching profession. It starts from the understanding of the reasons that lead to social representation in the course of Pedagogy, built historically and culturally, that the woman is educator by nature, which ends up denying the possibilities and potentialities of the male pedagogue. Therefore, one has as a question-research problem what are the representations of students of the Pedagogy on the insertion and permanence of men in the course. This research stems from the understanding of the university space as an environment where unequal gender relations are perpetuated, but at the same time, conducive to problematization and deconstruction. Under a qualitative approach the information obtained through narrative interviews with a semi-structured script with students of the Pedagogy course is analyzed. The interpretation of this empirical material was based on Foucauld's perspective of problematization and Discourse Analysis, anchoring myself in gender studies, feminist studies, and poststructuralist studies for a broader and more reasoned reflection. For that, it brings theoretical considerations about the concepts of identity and gender, establishing the interweaving of these with the processes of constitution of the teaching identities, in the context of teaching under construction. It is hoped that this research contributed to the deconstruction of stereotypes and hegemonic representations about teaching, as well as to highlight the efforts of those who symbolize the resistance in this space / formative time and, in order to contribute socially and give feedback to the course , we set some measures for the management of the Pedagogy course so that the problem of the insertion of men is problematized in the formation and in the curricular matrix, making possible the reflection on the historical, social and cultural construction of gender differences and inequalities in the performance of pedagogues and means that facilitate the inclusion of all in the various training activities.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31496
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DED - Educação - Mestrado Profissional (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.