Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31649
Título : Utilização da técnica sunset laser para distinguir superfícies usinadas de madeira com qualidades similares
Título(s) alternativo(s): Distinction of mechanically processed wood surfaces with similar qualities using sunset laser technique
Autor: Andrade, Anna Carolina de Almeida
Silva, José Reinaldo Moreira da
Braga Junior, Roberto Alves
Moulin, Jordão Cabral
Palavras-chave: Laser de estado sólido
Usinagem
Madeira processada mecanicamente
Solid-state laser
Wood Machining
Mechanically processed wood
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Data da publicação: Abr-2016
Referência: ANDRADE, A. C. de A. et al. Utilização da técnica sunset laser para distinguir superfícies usinadas de madeira com qualidades similares. Cerne, Lavras, v. 22, n. 2, p. 159-162, Apr./June 2016.
Resumo : A norma ASTM D 1666-11 (AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS - ASTM, 2011) classifica a qualidade da superfície de peças de madeira, após o seu processamento mecânico, embora essa classificação seja difícil de ser realizada visualmente e o uso de algumas ferramentas, como o laser de estado sólido, pode facilitar tal classificação. Assim, o objetivo foi avaliar o uso da técnica sunset laser para qualificar superfícies processadas mecanicamente com qualidades visuais semelhantes. Utilizou-se a tora da base de uma árvore de Khaya ivorensis e outra de K. senegalensis, ambas com 11 anos. Foram confeccionados 22 corpos de prova de dimensões 600x140x30 mm (CxLxE) de cada espécie. Os corpos de prova foram aplainados com velocidades de 2400, 3600 e 4000 min-1 e as velocidades de avanço foram pré-determinadas em 6 e 15 m.min-1. Em seguida, os corpos de prova foram iluminados com a técnica sunset laser e fotografados na alta resolução, as imagens foram transferidas para o software Image J. Para avaliar a qualidade da superfície pela técnica sunset laser utilizou-se as áreas de defeitos na madeira que são classificadas como regular e ruim pela norma ASTM D 1666-11 (ASTM, 2011). Houve diferença de classificação dos defeitos da madeira entre os dois métodos utilizados, sendo que 31 corpos de prova classificados como regular pela análise visual, 8 deles foram classificados como ruim pelo método do laser. A utilização do laser de estado sólido na técnica sunset laser mostrou-se mais eficiente para avaliar pequenas diferenças de defeitos da madeira processada mecanicamente em comparação com a avaliação visual.
Abstract: The ASTM D 1666-11 (2011) norm classifies the quality of wood surface pieces after its mechanical processing. Although this classification is difficult to achieve visually, the use of some tools, such as solid state laser, can facilitate this classification. The aim of this work was to evaluate the use of sunset laser to qualify mechanically processed surfaces with similar visual qualities. We used a log from the base of a Khaya ivorensis tree and one from a K. senegalensis tree, both 11 years old. 22 specimens of dimensions 600x140x30 mm (CxLxE) were made of each species. The specimens were flattened with speeds of 2400, 3600 and 4000 min-1 and advanced speeds were predetermined in 6 and 15 m.min-1. Then the samples were illuminated with sunset laser and photographed at high resolution, the images were transferred to the software Image J. To evaluate the sunset laser, areas of defects in wood that are classified as regular and bad by ASTM D 1666-11 (2011) were used. There was a difference in classification of wood defects between the two methods used, from the 31 specimens classified as regularly by visual analysis, 8 of them were classified as bad by the laser method. The use of solid-state laser in the sunset laser technique was more efficient in evaluating small differences in mechanically processed wood defects compared to visual evaluation.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31649
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Artigos publicados em periódicos



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons