Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3167

Title: Efeito de fungicidas na produção de batata e na disseminação de vírus e detecção dos variantes geneticos PVYN-Wi e NE-11 no Brasil
Other Titles: Effect of fungicides on potato yield and virus spread and detection of the genetic variants PVYN-WI and NE-11 in Brazil
???metadata.dc.creator???: Galvino, Suellen Barbara Ferreira
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Figueira, Antonia dos Reis
???metadata.dc.contributor.referee1???: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Souza, Paulo Estevão de
???metadata.dc.description.concentration???: Fitopatologia
Keywords: Fungicidas
Piraclostrobina
PVY
Batata
Metiran
RT-PCR
???metadata.dc.date.submitted???: 30-Sep-2008
Issue Date: 22-Aug-2014
Citation: COSTA, S. B. F. G. Efeito de fungicidas na produção de batata e na disseminação de vírus e detecção dos variantes genéticos PVYN-Wi e NE-11 no Brasil. 2008. 42 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
???metadata.dc.description.resumo???: Neste trabalho inicialmente foi investigado o efeito do fungicida, cujo princípio ativo é piraclostrobina+Metiran (CabrioTop®), na produção de plantas de batata e na disseminação de vírus, em duas lavouras experimentais conduzidas no município de Maria da Fé e de São Gonçalo do Sapucaí-MG. Em Maria da Fé avaliou-se a influência de dois níveis de adubação (2.500 e 3.500kg/ha) e do tratamento com o fungicida na disseminação de vírus e na produção de plantas de batata da cultivar Cupido. Em São Gonçalo do Sapucaí avaliou-se também a disseminação viral e a produção de oito cultivares de batata, submetidas ao tratamento com CabrioTop®. Para isso, os tubérculos foram submetidos ao teste sorológico DAS-ELISA, antes do plantio e após a colheita, para avaliação da incidência viral. Além disso, após a colheita, todos os tubérculos foram pesados e classificados quanto ao seu tamanho. Em uma fase posterior, foram estudados nove isolados do Potato virus Y (PYV) escolhidos entre diversos isolados que foram coletados e estudados no DFP-UFLA, sendo quatro pertencentes à estirpe necrótica comum e cinco pertencentes ao variante PVYNTN. Eles foram submetidos a reação de RT-PCR, utilizando-se primers recentemente desenvolvidos para detectar variantes da estirpe necrótica denominados de Wilga (PVYN-Wi), e da PVYNTN , NA e NE-11. Nos testes com o CabrioTop®, observou-se que o tratamento com piraclostrobina não afetou as incidências inicial e final de vírus, em ambos os experimentos. No entanto, houve um incremento significativo na produção das plantas de batata tratadas da cultivar Cupido em relação às plantas controle, variando com o nível de adubação usado, sendo o maior ganho de 13,6%, quando as aplicações foram feitas apenas no sulco de plantio, adubado com 2.500kg/ha. Todas as parcelas tratadas com esse fungicida, nas oito cultivares testadas, apresentaram produção superior, em relação as parcelas não tratadas. Os testes de RT-PCR com os quatro isolados PVYN, empregando os primers específicos para o isolado Wilga, permitiram a amplificação de uma banda típica com 4.115pb, nos isolados LAV-CL e MFE-AG. Empregando-se o primer NA, foi possível amplificar uma banda de 648 pb nos isolados PVY-AST, PVY-AGA e PVY-MON. O primer NE, amplificou uma banda de 978 pb para os isolados PVY-AGA e PVY-MON. Provavelmente o isolado PVY-AST apresenta outro tipo de variabilidade que apenas poderá ser verificado com o seqüenciamento completo do seu genoma. É a primeira vez que esses isolados de PVY são descritos no Brasil, e essa constatação demonstra novamente que o país está permitindo a entrada de novos isolados de PVY que tem aparecido nos países exportadores de batata-semente.
Two experiments were carried out in Maria da Fé and São Gonçalo do Sapucaí-MG in order to investigate the effect of the fungicide composed by piraclostrobina+Metiran (CabrioTop®) on potato plant yield and virus spread. At Maria da Fé was evaluated the influence of the fertilization levels (2,500 and 3,500kg/ha) and of the treatment with the fungicide on plant yield of the cultivar Cupido. At São Gonçalo do Sapucaí, was evaluated the effect of CabrioTop® on eight potato cultivars. Therefore, the tubers were submitted to the serologic test DAS-ELISA, before planting and after harvest, to evaluate the viral incidence. Moreover, after harvest, all the tubers were weighed and classified according to their size. At a later stage, four Potato virus Y (PVY) classified as PVYN strain and five classified as PVYNTN were chosen among isolates from DFP-UFLA collection and characterized. They were tested with primers which have been developed recently to detect variants Wilga, NA and NE-11. In the tests with the CabrioTop ®, it was observed that treatment with pyraclostrobin did not affect the viral incidences in both experiments. However, there was a significant increase in potato plant yield of the cultivar Cupido in relation to the control plants, which changed with the used fertilization level, the highest gain being of 13.6%, when the applications were done only in planting furrow and the fertilization was of 2,500kg/ha. All the plots treated with that fungicide, in the eight tested cultivars, showed higher yield, compared to the not treated plots. The RT-PCR tests on the four isolates PVYN, employing the specific primers to the Wilga isolate, allowed the amplification of a typical band of 4,115pb, in the isolates LAV-CL and MFE-AG. By using the primer NA, it was possible to amplify a 648 pb band in the isolates PVY-AST, PVY-AGA and PVY-MON. The primer NE amplified a 978 band for the isolates of PVY-AGA and PVY-MON. Probably, the isolate PVY-AST presents another sort of variability which will only be able to be verified with the complete sequencing of its genome. It is the first time that those PVY isolates are reported in Brazil, and that finding shows again that Brazil is allowing the entrance of every new PVY isolate which has appeared in the potato-seed exporting countries.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3167
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Efeito de fungicidas na produção de batata e na disseminação de vírus e detecção dos variantes geneticos PVYN-Wi e NE-11 no Brasil.pdf373.08 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback