Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31751
metadata.teses.dc.title: Afloramento de calcário como condicionante florístico estrutural de floresta estacional decidual
metadata.teses.dc.title.alternative: Calcary afloration as a floristic-structural conditioner of decidual seasonal forest
metadata.teses.dc.creator: Silva, Wilder Bento da
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/3625040903116440
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Santos, Rubens Manoel dos
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Santos, Rubens Manoel dos
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Morel, Jean Daniel
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Lira, Jean Marcel Sousa
metadata.teses.dc.subject: Afloramento de calcário
Heterogeneidade ambiental
Composição florística
Afloramento rochoso
Limestone outcrop
Environmental heterogeneity
Floristic composition
Rocky outcrop
metadata.teses.dc.date.issued: 9-Nov-2018
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
metadata.teses.dc.identifier.citation: SILVA, W. B. da. Afloramento de calcário como condicionante florístico estrutural de floresta estacional decidual. 2018. 58 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
metadata.teses.dc.description.resumo: Objetivo deste estudo foi caracterizar a estrutura e a composição florística em diferentes ambientes de uma floresta estacional decidual associado ao afloramento de calcário no município de Juvenília. Amostramos cinco parcelas em cada ambiente totalizando 25 parcelas, onde foram registrados e mensurados todos os indivíduos com diâmetros a 1,30 m maior ou igual a 10 cm de circunferência. Para avaliar as diferenças florísticas entre os ambientes amostrados, foi através das análises de escalonamento multimensional não métrico (NMDS), diversidade beta, curvas de rarefação de espécies, e pelo índice de diversidade de Shannon e equabilidade de Pielou. A estrutura foi através dos parâmetros fitossociológicos, padrões de dominância (VI acumulado), análise de correspondência canônica (CCA) e da analise de espécies indicadoras. Através da análise de ordenação (NMDs), verificamos que realmente os ambientes são significativamente diferentes entre si, evidenciando uma composição florística distinta, com alta substituição de espécies entre os ambientes que refletiu diretamente nos padrões de riqueza e diversidade de espécies. Em relação ao aspecto estrutural, observamos que a presença do afloramento rochoso de calcário também condicionou diferenças estruturais entre os ambientes, alterando o conjunto de espécies mais importantes (VI) e o padrão de dominância. Já a análise de correspondência canônica (CCA), mostrou que mesmo estando sobre solos de maior fertilidade percebemos que as parcelas dos ambientes APR e AFSIA apresentaram correlação positiva com solos com baixa concentração de acidez de alumínio. Além disso, a análise de espécies indicadoras mostrou que cada ambiente possui um conjunto de espécies própria, corroborando com a dissimilaridade entre os ambientes e a alta heterogeneidade condicionada pela presença do afloramento rochoso de calcário.
metadata.teses.dc.description.abstract: The aim of this study was to describe the structure and floristic composition ofdifferent environments in a deciduous forest on a limestone outcrop in the municipality of Juvenília. We sampled five plots in each environment, totalling 25 plots, in which we recorded and measured all individuals with circumference at 1.30 m equalling or exceeding 10 cm. To assess floristic differences among the sampled environments, we applied non-metric multidimensional scaling (NMDS), beta diversity measures, rarefaction species curves, Shannon diversity index and Pielou’s evenness. We examined community structure through phytosociological parameters, dominance patterns (accumulated importance value, or IV), canonical correspondence analysis (CCA) and indicator species analysis. Through the NMDS, an ordination analysis, we verified that the environments differ significantly from each other, revealing distinct floristic compositions and high species substitution, which reflected directly on species richness and diversity patterns. Concerning community structure, we observed that the limestone outcrop also conditioned structural differences, altering the set of most important species (based on IV) and dominance patterns among the environments. On the other hand, the CCA showed that plots from the APR and AFSIA environments, despite having high fertility soils, were positively correlated with low aluminum acidity. Furthermore, the indicator species analysis showed that each environment has its particular set of species, corroborating the dissimilarities and high heterogeneity driven by the limestone outcrop.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do autor, até novembro de 2019.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31751
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.