Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3178

Título: Manejo da floração visando o escalonamento da produção do abacaxizeiro no Cerrado Mato-Grossense
Título Alternativo: Management of flowering aimed at scheduling the production of pineapple in the Cerrado of Mato-grossense
Autor(es): Kist, Hélio Gaspar Kuoss
Orientador: Ramos, José Darlan
Coorientador(es): Silva, Carlos Ramirez de Rezende e
Membro da banca: Alvarenga, Ângelo Alberico
Rufini, José Carlos Moraes
Ferreira, Ester Alice
Pio, Rafael
Área de concentração: Produção Vegetal
Assunto: Abacaxi
Sazonalidade
Florescimento
Colheita
Pineapple
Seasonality
Flowering
Harvest
Data de Defesa: 8-Dez-2010
Data de publicação: 22-Ago-2014
Referência: KIST, H. G. K. Manejo da floração visando o escalonamento da produção do abacaxizeiro no Cerrado Mato-Grossense. 2010. 75 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: A colheita desuniforme e a sazonalidade da produção são os principais desafios da abacaxicultura brasileira. A busca de soluções para estes entraves passa necessariamente por pesquisas que abordem estudos sobre o ciclo, a diferenciação floral, indução do florescimento, escalonamento de plantio e sazonalidade de produção, assim como técnicas de controle da floração natural. O objetivo deste trabalho foi inicialmente determinar o comportamento fenológico do abacaxizeiro em função da época de plantio das mudas e idade da planta na indução floral e, em consonância com estes resultados, avaliar o diquat e a uréia como fitorreguladores no controle da floração natural. No primeiro experimento, os resultados indicaram que a indução floral realizada nos meses de maio e julho, período do ano de baixas temperaturas e precipitação, propiciaram o alongamento do ciclo da planta, além de menor massa dos frutos e comprimento da folha "D". As induções realizadas em setembro e novembro determinaram a colheita em épocas favoráveis de preços, independente do mês de plantio. No segundo experimento, os resultados mostraram que o diquat, na concentração de 30 mg L-1 retarda satisfatoriamente a floração, mas produz frutos com menor massa. A uréia potencializou a ação do diquat no retardamento do florescimento.
The harvest desuniforme and seasonality of production are the main challenges of Brazilian abacaxicultura The search of solutions to these barriers necessarily studies that address studies on the cycle, the floral differentiation, induction of the flowering, scheduling of planting and seasonality of production, as well as techniques of control of the natural flowering. THE objective of this work was initially determine the behavior phenological of pineapple in the light of the time of planting of seedlings and plant age on induction floral and, in line with these results, to evaluate the diquat and urea as growth regulators in controlling flowering natural. In the first experiment, the results indicated that induction floral carried out in the months of May and July, period of the year of low temperature and precipitation, prompted the lengthening the plant cycle, in addition to lower weight of fruit and length of the sheet "D". The induções held in September and November have led to the harvest seasons favorable prices, independent of the month of planting. In the second experiment, the results showed that the diquat, in the concentration of 30 mg L-1 delays satisfactorily flowering, but produces fruits with smaller mass. THE urea potentiated the action of diquat in stalling of flowering.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3178
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Manejo da floração visando o escalonamento da produção do abacaxizeiro no Cerrado Mato-Grossense.pdf650,92 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback