Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31810
metadata.artigo.dc.title: Abordagens teóricas de tecnologia social no Brasil
metadata.artigo.dc.title.alternative: Theoretical approaches of social technology in Brazil
metadata.artigo.dc.creator: Duque, Thais Oliveira
Valadão, José de Arimatéia Dias
metadata.artigo.dc.subject: Tecnologia social
Adequação sociotécnica
Desenvolvimento sustentável
Bibliometria
Social technology
Sociotechnical adequacy
Sustainable development
Bibliometry
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal Fluminense
metadata.artigo.dc.date.issued: 2017
metadata.artigo.dc.identifier.citation: DUQUE, T. O.; VALADÃO, J. de A. D. Abordagens teóricas de tecnologia social no Brasil. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, Rio de Janeiro, v. 11, n. 5, p. 1-19, out./dez. 2017.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Cada vez mais as Tecnologias Sociais (TS) têm sido consideradas estratégicas para o desenvolvimento social no Brasil. Diante do esforço que tem sido feito atualmente na busca por um marco conceitual e analítico das TS, esse trabalho buscou mapear as concepções teóricas hoje existentes no contexto brasileiro. Para isso, foi utilizado a bibliometria como procedimento metodológico em três diferentes fases de análise. Na primeira análise foi possível concluir que existem duas visões sobre TS atualmente. As duas outras análises corroboraram as conclusões da primeira e mostrou que muito do que é discutido atualmente relaciona-se a uma ou outra visão. A primeira visão trata das TS como práticas que proporcionam transformações sociais em uma comunidade a partir da ação da própria comunidade, já a segunda trata as TS como artefatos geradores de mudanças sociais. Essas duas visões permearam as conceituações existentes nos trabalhos analisados, sendo que uma TS pode ser compreendida como TS quando gera transformações sociais condizentes com as aspirações da própria comunidade beneficiada.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Increasingly, Social Technologies (TS) have been considered strategic for social development in Brazil. Faced with the effort that has been made in the search for a conceptual and analytical framework of TS, this work sought to map the theoretical conceptions that exist in the Brazilian context. For this, bibliometrics was used as a methodological procedure in three different phases of analysis. In the first analysis, it was possible to conclude that there are two views on TS today. The two other analyses corroborated the conclusions of the first and showed that much of what is currently discussed relates to one or another view. The first view treats the TS as practices that provide social transformations in a community from the action of the community itself, and the second treats TS as artefacts that generate social change. These two visions permeated the concepts existing in the analysed works, and a TS can be understood as TS when it generates social transformations that are in keeping with the aspirations of the beneficiary community itself.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://periodicos.uff.br/pca/article/view/11310
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/31810
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.