Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3186
Título: Universidade pública e adptação organizacional: conformidade e resistência às demandas intitucionais
Título(s) alternativo(s): Public university and organizational adaptation: conformity and resistance to institutional demands
Autor : Paço-Cunha, Elcemir
Primeiro orientador: Sette, Ricardo de Souza
Primeiro membro da banca: Lima Júnior, José Humberto Viana
Lima, Juvêncio Braga de
Área de concentração: Organizações, Estratégias e Mudanças
Palavras-chave: Universidade pública
Adaptação organizacional
Institucionalismo
Conformidade e resistência
Organizational adaptation
Institucionalism
Public university
Conformity and resistence
Data da publicação: 22-Ago-2014
Referência: PACO-CUNHA, Elcemir. Universidade pública e adaptação organizacional: conformidade e resistencia as demandas institucionais. 2004. 106 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2004.
Resumo: This dissertation discusses the problem of the organizational adaptation by the institutional perspective, incorporating aspects of the relationships of power that settle down in the binomial State-public university. The research intends to analyze the answers of conformity and resistance of a public university to the identified institutional demands for the managers of the organization. Through a theoretical-methodological approach stepped on in the constructionist, it is looked for to identify the meanings produced by the managers of the university for us to explain the reality of the organization and their answers to the environmental demands. To accomplish the analysis it was necessary to rescue the process of constitution of the public university in Brazil and to strong presence of the State in the life of those organizations. The results of the research evidence that as much the conformity as the resistance they are current answers of the manager´s interpretations due to the institutional conditions. They also evidence that the studied public university simulates a conformity, when actually it continues operating for the form socially construction in the organization.
Esta dissertação discute a problemática da adaptação organizacional por uma perspectiva institucionalista, incorporando aspectos das relações de poder que se estabelecem no binômio Estado-universidade pública. A pesquisa se propõe a analisar as respostas de conformidade e de resistência de uma universidade pública às demandas institucionais identificadas pelos gestores da organização. Por meio de uma abordagem teórico-metodológica calcada no construcionismo, busca-se identificar os sentidos produzidos pelos gestores da universidade para explicarem a realidade da organização e suas respostas às exigências ambientais. Para realizar a análise foi necessário resgatar o processo de constituição da universidade no Brasil e a forte presença do Estado na vida dessas organizações. Os resultados da pesquisa evidenciam que tanto a conformidade quanto a resistência são respostas decorrentes das interpretações dos gestores diante das condições institucionais. Evidenciam também que a universidade estudada simula uma conformidade, quando na verdade continua operando pela forma socialmente construída na organização.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3186
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Universidade pública e adaptação organizacional.pdf264,4 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.