Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3194

Título: Avaliação do potencial bioindicador e fitorremediador de Salvinia auriculata Aublet na presença de Cádmio e Chumbo
Título Alternativo: Evaluation of the bioindicator and phytoremediator potential of Salvinia auriculata Aublet in the presence of cadmium and lead
Autor(es): Almeida, Graziele Wolff de
Orientador: Castro, Evaristo Mauro de
Membro da banca: Coelho, Flávia de Freitas
Marques, João José Granate de Sá e Melo
Área de concentração: Ecologia Aplicada
Assunto: Planta aquática
Metal pesado
Morfoanatomia
Ultraestrutura
Aquatic plant
Heavy metal
Morphoanatomy
Ultrastructura
Data de Defesa: 13-Fev-2009
Data de publicação: 25-Ago-2014
Referência: ALMEIDA, G. W. de. Avaliação do potencial bioindicador e fitorremediador de Salvinia auriculata Aublet na presença de cádmio e chumbo. 2009. 73 p. Dissertação (Mestrado)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: A contaminação do ecossistema aquático por metais pesados tem sido motivo de preocupação de pesquisadores e órgãos governamentais envolvidos no controle de poluição. Entre os metais de maior toxicidade encontram-se o cádmio e o chumbo, presentes em vários tipos de efluentes industriais. Visando minimizar o impacto gerado pelo lançamento desses efluentes em corpos d´água, a fitorremediação tem sido um instrumento de controle de áreas contaminadas por metais pesados. Por meio desta técnica podem-se recuperar grandes áreas a um baixo custo. Plantas aquáticas têm sido utilizadas em pesquisas ecológicas tanto como bioindicadores da qualidade de água quanto como extratoras de metais pesados, pois são capazes de absorver várias substâncias inorgânicas do corpo d´água, sendo então consideradas fitorremediadoras. Porém, a resposta apresentada por essas plantas, quando submetidas a ambientes contaminados, é muito variável, tornando-se necessário testar o comportamento de cada espécie frente à contaminação. Neste trabalho, objetivou-se estudar o comportamento da planta aquática Salvinia auriculata, medindo o crescimento e as características morfoanatômicas das plantas submetidas a diferentes concentrações de Cd e Pb, bem como o teor destes metais acumulados em seus tecidos, a fim de estabelecer parâmetros para a sua utilização no biomonitoramento e na remediação de águas contaminadas. Os experimentos foram conduzidos em casa de vegetação na Universidade Federal de Lavras, onde as plantas foram cultivadas em solução nutritiva de Hogland-Arnon 20% e submetidas a diferentes concentrações dos metais, separadamente. Foram realizadas análises do acúmulo dos metais por meio de absorção atômica, análises anatômicas por microscopia eletrônica e de luz e avaliação do crescimento e da biomassa. Observou-se que S. auriculata apresentou danos morfoanatômicos e redução em sua biomassa e crescimento populacional quando exposta ao Cd, além de acumular concentrações consideráveis do metal em seus tecidos. Na presença do Pb, a planta também acumulou altas concentrações do metal, principalmente na parte submersa, porém, não apresentou danos visíveis, mostrando-se resistente a esse metal. Em relação ao Cd, essa espécie pode ser utilizada como indicador ecológico da presença desse metal, enquanto que exposta ao Pb possui potencial como espécie fitorremediadora.
Aquatic ecosystem´s contamination by heavy metals has been motive of concern of researchers and government agencies involved in pollution control. Among the metals of greatest toxicity are the cadmium and lead, found in various types of industrial effluents. Aiming to minimize the impact generated by the release of effluents into water bodies, the phytoremediation has been a tool for control of areas contaminated by heavy metals. By this technique you may recover large areas at a low cost. Aquatic plants have been used in ecological research as much as bioindicators of water quality and as extraction of heavy metals, they are able to absorb various inorganic substances from the water body, then being considered phytoremediator. However, the response shown by these plants, when subjected to contaminated environments, is very variable, making it necessary to test the behavior of each species against contamination. This work aimed to study the behavior of the aquatic plant Salvinia auriculata, measuring the growth and morphological and anatomical characteristics of plants subjected to different concentrations of Cd and Pb, as well as the content of these metals accumulated in their tissues in order to establish parameters for their use in biomonitoring and remediation of contaminated water. The experiments were conducted in a greenhouse at the Federal University of Lavras, where the plants were grown in nutrient solution of Hogland & Arnon, 20% and separately subjected to different concentrations of the metals. We performed analyses of the accumulation of metals by atomic absorption, analyses by anatomical light and electron microscopy and assessment of growth and biomass. It was observed that S. auriculata showed morphological and anatomical damage and reduction in their biomass and population growth when exposed to Cd, besides accumulating considerable concentrations of metal in their tissues. In the presence of Pb the plants also accumulated high concentrations of metal, mainly in the underground, however, showed no visible damage and it is resistant to this metal. Related to the Cd, this species can be used as ecological indicator of the presence of metal, while exposed to Pb has potential as a phytoremediator species.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3194
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Avaliação do potencial bioindicador e fitorremediador de Salvinia auriculata Aublet na presença de Cádmio e Chumbo.pdf1,75 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback