Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3195
Título: Tratamento químico e armazenamento de sementes de algodão
Título(s) alternativo(s): Chemical treatment and storage of cotton seeds
Autor : Silva, Adriano Alves da
Primeiro orientador: Oliveira, João Almir
Primeiro membro da banca: Silva, Edvaldo Aparecido Amaral da
Vieira, Antônio Rodrigues
Guimarães, Renato Mendes
Área de concentração: Fitotecnia
Palavras-chave: Gossypium hirsutum
Germinação
Vigor
Antracnose
Ramulose
Tratamento Químico
Germination
Vigor
Anthracnose
Ramulosis
Chemical Treatment
Data da publicação: 25-Ago-2014
Referência: SILVA, A. A. da. Tratamento químico e armazenamento de sementes de algodão. 2009. 111 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: A semente de alta qualidade é um dos insumos mais importantes, contribuindo para o aumento do rendimento da cultura do algodão. Portanto o armazenamento e o tratamento químico são etapas relevantes para manter a qualidade das sementes. O objetivo neste trabalho foi avaliar ao longo do armazenamento o desempenho fisiológico das sementes tratadas quimicamente e sua eficácia no controle de Colletotrichum gossypii e Colletotrichum gossypii var. cephalosporioides. Sementes das cultivares BRS Araçá e FMT 701 foram tratadas com a mistura de diferentes produtos fungicidas e inseticidas e armazenadas por nove meses em condições de armazém. Foram retiradas amostras de sementes no ínicio do armazenamento e a cada três meses e submetidas às seguintes determinações: teor de água, germinação, teste de frio, envelhecimento acelerado, emergência e sanidade. Foi verificado que as sementes tratadas quimicamente com misturas de fungicidas e inseticidas, usadas neste trabalho apresentam germinação e vigor superiores àquelas sem tratamento, durante o armazenamento. Os tratamentos utilizados foram eficientes para o controle de fungos de armazenamento. Em outra parte do trabalho, sementes da cultivar Delta Opal, foram inoculadas com C. gossypii e com C. gossypii cephalosporioides por meio da técnica do condicionamento osmótico em meio BDA com manitol (-1,0 MPa). Posteriormente, as sementes foram tratadas com os fungicidas Carbendazin + Tiram, Azoxistrobina + Fludioxonil + Metalaxil-M, Tolifluanida + Pencicuron, Fludioxonil, Carboxina + Tiram e Captana. Parte das sementes não foi tratada com fungicidas. A qualidade fisiológica e sanitária das sementes foi avaliada pelo teste de germinação, teste de frio, emergência em bandeja e teste de sanidade. Verificam-se maior controle de C. gossypii e C. gossypii var. cephalosporioides e melhor desempenho fisiológico nas sementes tratadas com Carbendazin + Tiram; Carboxina + Tiram e Azoxistrobina + Fludioxonil + Metalaxil-M. Não houve efeito fitotóxico dos tratamentos fungicida aplicados sobre as sementes de algodão.
High quality seed is one of the most important inputs that contribute to increase the profit of the cotton crop. Storage and chemical treatment are important procedures to maintain the quality of the seeds. The objective of this work was to evaluate the physiological performance of the seeds chemically treated along the storage and the control of pathogens. Seeds from Araçá BRS and FMT 701 cultivars were treated by the mixture of different fungicides and insecticides and stored in warehouse conditions. Samples were withdrawn in the beginning of the storage and every three months, when the following determinations took place: water content, germination, cooling, aging, emergence and sanity. Seeds treated chemically with mixtures of fungicides and insecticides during the storage presented superior germination and vigor than untreated. The treatments were efficient to control storage fungi. In another part of the work, seeds from Delta Opal cultivar were inoculated with C. gossypii and with C. gossypii var. cephalosporioides by the technique of the osmotic conditioning with PDA and manitol (-1,0 MPa). Subsequently, the seeds were treated by the fungicides Carbendazin +Tiram, Azoxistrobin + Fludioxonil + Metalaxil-M, Tolifluanid + Pencicuron, Fludioxonil, Carboxina + Tiram and Captana. Part of the seeds were not treated with fungicides. The physiologic and sanitary quality of the seeds were evaluated by the germination, cooling, emergence at tray and sanity tests. The best control of C. gossypii and C. gossypii var. cephalosporioides and better physiological performance were in the seeds treated with Carbendazin + Tiram; Carboxina + Tiram and Azoxistrobina + Fludioxonil + Metalaxil-M. There was no phytotoxic effect of the treatments applied on the cotton seeds.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3195
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Tratamento Químico e Armazenamento de Sementes de Algodão.pdf491,8 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.