Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3203

Title: Influência de variáveis ambientais e espaciais na distribuição geográfica da família Cactaceae no leste do Brasil
Other Titles: Influence of environmental and spatial variables on the Cactaceae family distribution in eastern Brazil
???metadata.dc.creator???: Santos, Marianna Rodrigues
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Oliveira Filho, Ary Teixeira de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Salino, Alexandre
Castro, Gislene Carvalho de
???metadata.dc.description.concentration???: Ecologia e Conservação de Recursos Naturais de Paisagens Fragmentadas e Agrossitemas
Keywords: Fitogeografia
Cactaceae
Fitofisionomias
Phytogeography
Cactaceae
Vegetation physiognomies
???metadata.dc.date.submitted???: 13-Feb-2009
Issue Date: 25-Aug-2014
Citation: SANTOS, M. R. Influência de variáveis ambientais e espaciais na distribuição geográfica da família cactaceae no leste do Brasil. 2009. 64 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: Este estudo foi realizado com o intuito de investigar a influência de variáveis climático-ambientais, espaciais e de seis diferentes fitofisionomias sobre a distribuição da família Cactaceae no leste do Brasil. Dados de ocorrência das espécies e variáveis ambientais e espaciais das suas áreas de ocorrência foram reunidos através de consulta bibliográfica e a bancos de dados e, posteriormente, submetidos a análises de correspondência canônica (CCA) e retificada (DCA), de espécies indicadoras (ISA) e curva de espécies-área. Também foram realizadas análises relacionando a riqueza de espécies e riqueza de espécies em cada forma de crescimento do caule com as variáveis ambientais e espaciais. Em todas as CCAs, os testes de permutação de Monte Carlo indicaram correlações significativas entre a distribuição das espécies com as seguintes variáveis: precipitação no mês mais seco, regime climático, fluxo foliar, faixa altitudinal, status nutricional do solo, latitude e longitude. Apesar das correlações significativas entre as espécies e algumas variáveis, 83,26% da variação não foi correlacionada. Em relação à ISA, a caatinga e as formações savânicas e rupestres foram as que apresentaram maior número de espécies indicadoras, correspondendo a 16,64% e 30,72% do total, respectivamente. A análise da distribuição da riqueza de espécies mostrou que as cactáceas do leste do Brasil possuem um padrão geral de distribuição concentrado em nível intermediário em relação às classes utilizadas neste estudo para as variáveis ambientais e espaciais. As formas de crescimento das cactáceas mostraram ter sua distribuição influenciada pelas variáveis analisadas, o que torna interessante a realização de estudos para entender melhor a relação das cactáceas com seu ambiente.
This paper was realized with aim of investigate the influence of climatic-environmental and spatial variables and six different vegetation formations on the cacti flora in eastern Brazil. Species occurrence and variables were extracted from bibliography and data banks and after were submitted to Canonical Correspondence Analysis (CCA), Detrended Correspondence Analysis (DCA), indicator species (ISA) and species-area curve analysis connecting species and variables through multivariate analysis programs. Analyses connecting species richness and stem growth with climatic-environmental and spatial variables like latitude, altitude and ocean distance also were did. In all the CCAs, the Monte Carlo permutation test denoted highly significatives differences (p<0,05) and the variables precipitation of driest month, climatic regim, leaf flux, latitude and longitude indicated significatives correlations with two first ordination axis. In spite of the significatives correlations of species and some variables, 83,26% of the species variation was unexplained. Caatinga and savannas and outcrops fields showed the largest number of indicators species, 16,64% and 30,72%, respectively. The analysis of richness distribution showed that cacti flora of eastern Brazil, had a general pattern of intermediary distribution, in agreement with environmental and spatial variables categories analysed here. The cacti stem growth distribution showed be under the influence of the variables analysed, what become interesting the realization of researchs to understand better the relation of cacti flora with its environment.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3203
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Influência de variáveis ambientais e espaciais na distribuição geográfica da família Cactaceae no leste do Brasil.pdf443.8 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback