Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32087
metadata.teses.dc.title: Blocos cimentícios produzidos com a incorporação de fibras de coco e resíduos de quartzito
metadata.teses.dc.title.alternative: Cement blocks produced with the incorporation of coconut fibers and quartzite residues
metadata.teses.dc.creator: Terra, Isabelle Cristine de Carvalho
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/0303024969008239
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Mendes, Lourival Marin
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Mendes, Rafael Farinassi
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Mendes, Lourival Marin
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Guimarães Júnior, José Benedito
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Rodrigues, Adriano
metadata.teses.dc.subject: Compósitos
Fibra lignocelulósica
Resíduos de mineração
Composites
Lignocellulosic fiber
Mining waste
metadata.teses.dc.date.issued: 4-Dec-2018
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
metadata.teses.dc.identifier.citation: TERRA, I. C. de C. Blocos cimentícios produzidos com a incorporação de fibras de coco e resíduos de quartzito. 2018. 56 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Biomateriais)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
metadata.teses.dc.description.resumo: A procura por novos materiais que visem a utilização de resíduos é um dos temas das pesquisas atuais. Assim, o aproveitamento de resíduos, minerais, industriais ou agroindustriais no setor da construção civil é uma opção ambientalmente correta . Este trabalho teve como objetivo avaliar a utilização do resíduo de quartzito como substituto à areia e a adição de fibras de coco como substituinte ao pó de pedra na produção de blocos de alvenaria. Foi avaliada a substituição de 0%, 25%, 50%, 75% e 100% da areia pelo resíduo de quartzito, com ou sem a inserção de 2,5% de fibra de coco em relação ao volume de pó de pedra. Os quartzitos foram avaliados quanto à sua granulometria, composição química e pozolanicidade. As fibras de coco foram avaliadas segundo a sua propriedade química e sua inibição à cura do cimento. Os blocos foram confeccionados em máquina vibroprensa e a formulação empregada inicial foi de 8,2% de cimento CPV-ARI, 45,9% de areia, 45,9% de pó de pedra e 8,8% de água. Após produção, os blocos foram mantidos em temperatura ambiente por 28 dias para realização da cura. Posteriormente os blocos foram submetidos à caracterização das propriedades físicas, mecânicas e térmicas. Após análises, o resíduo de quartzito foi caracterizado como um material rico em silício, e com predisposição em ser pozolânico, o que o torna favorável para ser usado com matrizes cimentícias. A fibra de coco, em relação às suas propriedades químicas e de inibição à cura do cimento, obteve baixa porcentagem de extrativos e baixo índice de inibição, eventualmente afetando de forma reduzida o endurecimento do cimento. Os resultados finais dos blocos indicam que, conforme o aumento do teor de quartzito incorporado ao concreto quanto as suas propriedades físicas, houve aumento do índice de vazios e dos valores de absorção de água dos blocos; redução da densidade aparente; e a condutividade térmica teve seus valores reduzidos; enquanto para a propriedade mecânica de resistência à compressão houve aumento dos valores com a utilização de 25% do resíduo de quartzito. A adição da fibra de coco reduziu a condutividade térmica média do concreto produzido, o que proporciona reflexos importantes para o desempenho dos blocos quanto ao conforto térmico dos ambientes construídos. Consequentemente, a utilização de quartzito e fibra de coco em blocos de alvenaria é uma técnica viável que proporcionou a criação de um novo produto, com características adequadas e, ainda, uma opção para destinação apropriada a estes resíduos minerais e agroindustriais.
metadata.teses.dc.description.abstract: The search for new materials aimed at the use of waste is one of the themes of current research. Thus, the use of waste, minerals, or agroindustrial in the construction sector is an environmentally correct. The objective of this work was to evaluate the use of the quartzite residue as a substitute for sand and the addition of coconut fibers as a substitute for stone powder in the production of masonry blocks. It was evaluated the substitution of 0%, 25%, 50%, 75% and 100% of the sand by the quartzite residue, with or without the insertion of 2.5% of coconut fiber in relation to the volume of stone powder . The quartzites were evaluated for their granulometry, chemical composition and pozolanicity. The coconut fibers were evaluated according to their chemical properties and their inhibition of cement cure. The blocks were made in a vibratory machine and an initial dosage of 8.2% of CPV-ARI cement, 45.9% sand, 45.9% stone powder and 8.8% water. After production, the blocks were kept at room temperature for 28 days to perform the cure. Subsequently the blocks were submitted to characterization of the physical, mechanical and thermal properties. After analysis the quartzite residue was characterized as a rich material in silicon, and predisposed to be pozzolanic, which makes it favorable for use in cementitious matrices. Coconut fiber in relation to its chemical properties and inhibition of cement cure resulted in its low percentage of extractives and low inhibition index, will eventually affect cement solidification in a reduced manner. The final results of the blocks indicate that the increase of the quartzite content incorporated in the concrete, as well as its physical properties, there was an increase in the voids index and the water absorption values of the blocks, reduction of the apparent density, and the thermal conductivity their values reduced, while for the mechanical property of compressive stre ngth, values were increased with the use of 25% of the quartzite residue. The addition of coconut fiber reduced the average thermal conductivity of the concrete produced, which provides important reflexes for the performance of the blocks as to the therm al comfort of the built environments. Consequently, the use of quartzite and coconut fiber in masonry blocks is a viable technique that has led to the creation of a new product with adequate characteristics and an option for appropriate disposal of these mineral and agroindustrial residues.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32087
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DCF - Engenharia de Biomateriais – Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.