Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3209

Título: Avaliação temporal e espacial da comunidade de peixes no canal de fuga da usina hidrelétrica de Três Marias, Rio São Francisco MG
Autor(es): Fontes, Raquel Coelho Loures
Orientador: Pompeu, Paulo dos Santos
Membro da banca: Madureira, Lauro A. Saint-Pastous
Godinho, Alexandre Lima
Área de concentração: Ecologia e Conservação de Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas
Assunto: Ecossonda
Hidroacústica
Peixe
Jusante
Operação de usina
Echosounder
Hydroacoustic
Fishes
Downstream
Hydropower plant operation
Data de Defesa: 13-Jun-2011
Data de publicação: 25-Ago-2014
Referência: FONTES, R. C. L. Avaliação temporal e espacial da comunidade de peixes no canal de fuga da usina hidrelétrica de Três Marias, Rio Sâo Francisco, MG. 2011. 155 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: A implantação de hidrelétricas causa uma série de modificações no ambiente e a operação de usinas hidrétricas pode levar à morte de peixes presentes no canal de fuga, que podem ter acesso ao tubo de sucção ou chegar às turbinas. A verificação temporal da abundância de peixes no canal de fuga de hidrelétricas pode auxiliar na redução de impactos gerados pela sua operação. Desta forma, o presente trabalho teve como objetivo geral estudar as variações temporais e espaciais na comunidade de peixes no canal de fuga da Usina Hidrelétrica de Três Marias. A hidroacústica foi a técnica principal selecionada para alcançar os objetivos, e seus resultados foram corroborados pela captura de peixes com redes de emalhar. Além disso, foi estudada a relação entre reflexão acústica e tamanho corporal de espécies brasileiras de peixes de água doce. Os modelos desta relação aqui apresentados e validados podem ser úteis para futuros trabalhos que visam estimar densidade e abundância de peixes através do uso da hidroacústica em ambientes neotropicais. Os resultados encontrados mostraram que a abundância de peixes presente no canal de fuga na estação chuvosa (novembro a março) foi significativamente superior à estação seca. A composição de espécies também difere entre as duas estações, sendo os Siluriformes mais abundantes, apesar da maior riqueza de Characiformes. Isso pode explicar a maior quantidade de peixes detectados à noite pela ecossonda. A avaliação das informações obtidas neste trabalho pode subsidiar medidas de manejo como, por exemplo, programar manobras como drenagem de máquina em períodos de menor abundância de peixes no canal de fuga, ou seja, de abril a outubro e reduzir o número de partidas de novembro a março. Além disso, os mapas de densidade juntamente com a batimetria da área podem eventualmente fornecer informação sobre os melhores locais para a instalação de um mecanismo de transposição de peixes junto à barragem, caso sua instalação seja necessária no futuro. A hidroacústica pode ser uma técnica útil para amostrar os peixes à jusante de barragens desde que a interferência por bolhas e vazão não seja elevada a ponto de impedir a detecção dos ecos. Contudo, a utilização de técnicas alternativas para coleta de dados biológicos e identificação dos peixes pode corroborar as informações obtidas pela hidroacústicas, como observado para as redes de emalhar.
Hydroelectric power dams cause several environment changes and impacts on the fish communities. Fish, for example, when in the tailwater, can access the draft tube or reach the turbines and be killed. Knowledge of the fish community immediately downstream from dams may help reduce the impacts generated by its operation. This work aimed to study the temporal and spatial variations in the fish community in the Três Marias Hydropower Plant tailwater. The hydroacoustic technique was selected to achieve the main goals, and results were corroborated by the capture of fish with gillnets. Furthermore, we studied the relationship between body size and target strength of Brazilian freshwater fish species. The models of that relationship, presented and validated in this work, can be useful for future studies that aim to estimate fish density and abundance using hydroacoustic, in Neotropical rivers. The results indicated that fish abundance in tailwater was significantly higher in the rainy season (November to March). The species composition also differs between the two seasons. Despite Characiformes be the richest group, Siluriformes were the most abundant. This may explain the greater number of fish detected by the echosounder at night. The evaluation of the information obtained in this work can support management actions, like scheduling operation procedures such as drainage machine during periods of lower abundance in the tailwater (April to October), and reduce the number of turbine's departures from November to March. Furthermore, the density maps together with the area bathymetry may eventually provide information on the best locations for the installation of a fish passage near the dam, if needed in the future. Hydroacoustic can be a useful technique for sampling fish downstream of dams since the interference by bubbles and flow rate is not high enough to prevent detection of the echoes. However, the use of alternative techniques for collecting biological data and identification of fish can corroborate the information obtained by hydroacoustic.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3209
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Avaliação temporal e espacial da comunidade de peixes no canal de fuga da usina hidrelétrica de Três Marias, Rio São Francisco MG.pdf3,22 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback