Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32111
metadata.artigo.dc.title: Direito à cidade: um grito e uma demanda para as políticas micro e macroterritorial
metadata.artigo.dc.title.alternative: Right to the city: a cry and a demand for micro and macro territorial policies
metadata.artigo.dc.creator: Andrade, Luis Fernando Silva
Paiva, André Luiz
Mafra, Flávia Luciana Naves
Oliveira, Maria de Lourdes Souza
Garcia, André Spuri
metadata.artigo.dc.subject: Direito à cidade
Sociedade civil organizada
Movimentos sociais urbanos
Participação
Controle social
Right to the city
Organized civil society
Urban social movements
Participation
Social control
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Faculdade de Direito
metadata.artigo.dc.date.issued: 2017
metadata.artigo.dc.identifier.citation: ANDRADE, L. F. S. et al. Direito à cidade: um grito e uma demanda para as políticas micro e macroterritorial. Revista de Direito da Cidade, v. 9, n. 3, p. 1002-1021, 2017.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Propomos discutir o direito à cidade como uma reflexão teórica sintonizada aos movimentos sociais urbanos e organizações da sociedade civil, tanto em sua atuação direta nas causas e locais em que se empenham, quanto nos espaços de participação institucionalizada. Neste ensaio de natureza teórica, buscamos refletir sobre aspectos da política macro e microterritorial, assim como o direito à cidade, para então problematizar o projeto utópico iniciado por Henri Lefebvre (2001) e reforçado por David Harvey (2013, 2014) como possibilidade de saída para os diversos insucessos relatados nos espaços de participação institucionalizada em seu aspecto de controle social e de efetiva busca por uma cidade mais justa e inclusiva. Pensamos a política microterritorial em conexão à política macroterritorial, cujo fim é o direito a um futuro diferente para que se controle de forma efetiva os espaços voltados para o controle social de políticas públicas. Como contribuição central, evidenciamos que tal conceito pode ser utilizado para tratar simultaneamente da política micro e macroterritorial, em uma abordagem que considere a totalidade da cidade, tendo em mente que os atores da sociedade civil por vezes atuam em diferentes causas e priorizam diferentes demandas, mas que em sua essência concorrem a um mesmo direito, o direito à cidade
metadata.artigo.dc.description.abstract: We propose to discuss the right to the city as a theoretical reflection tuned to urban social movements and civil society organizations, both in its direct action on the causes and locations that they are committed to, as well as in the spaces of institutionalized participation. In this theoretical essay, we seek to reflect on aspects of macro and microterritorial policies and the right to the city, and then discuss the utopian project initiated by Henri Lefebvre (2001) and reinforced by David Harvey (2013, 2014) as a route out of the various failures reported in the spaces of institutionalized participation in its aspect of social control and effective search for a more just and inclusive city. We think the microterritorial policy in connection withmacroterritorial policy, both pursuing the right to a different future and effective control of the spaces already dedicated to social control of public policies. As a central contribution, we noted that this concept can be used to treat both the micro and macroterritorial policy, an approach that considers the entire city, bearing in mind that civil society actors sometimes act in different causes and prioritize different demands, but in essence they compete for the same right, the right to the city.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32111
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_Direito à cidade....pdf254,32 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons