Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32146
metadata.teses.dc.title: Incremento germinativo da semente do café (Coffea arabica L.): aplicação de um campo magnético uniforme com monitoramento pelo biospeckle laser
metadata.teses.dc.title.alternative: Coffee (Coffea arabica L.) seed germination increment: the use of a uniform magnetic field through biospeckle laser monitoring
metadata.teses.dc.creator: Azevedo, Roberto Luiz de
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Braga Júnior, Roberto Alves
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Guimarães, Renato Mendes
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co2: Toorop, Peter Edwin
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Guimarães, Renato Mendes
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Salgado, Caio Césio
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Paiva, Leandro Carlos
metadata.teses.dc.contributor.referee4: Contado, José Luiz
metadata.teses.dc.contributor.referee5: Contado, Ellen W. N.
metadata.teses.dc.subject: Mudas de café - Produção
Café - Germinação
Biospeckle laser
Magnetismo
Coffee seedlings - Production
Coffee - Germination
Magnetism
metadata.teses.dc.date.issued: 13-Dec-2018
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: AZEVEDO, R. L. de. Incremento germinativo da semente do café (Coffea arabica L.): aplicação de um campo magnético uniforme com monitoramento pelo biospeckle laser. 2018. 140 p. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
metadata.teses.dc.description.resumo: Um dos grandes empecilhos na formação e produção de mudas de café (Coffea arábica L), reside no fato de as sementes apresentarem uma germinação lenta e não uniforme, o que impacta diretamente na qualidade dessas mudas e no tempo hábil de seu plantio no campo. Pesquisas sobre tratamentos pré-germinativos das sementes de café (Coffea arabica L.), têm sido realizadas no sentido de minimizar o tempo de germinação ou melhorar a uniformidade das mudas e, consequentemente, repercutindo na eficiência das lavouras. Dessa forma, o objetivo desta pesquisa foi avaliar os efeitos sobre a germinação das sementes de café, pela aplicação de um campo magnético constante como um condicionamento pré-germinativo. As análises pós-tratamento magnético foram por meio do Biospeckle Laser (BSL) consorciadamente aos testes tradicionais de viabilidade de sementes. Foram utilizadas 3000 sementes submetidas a campos magnéticos de intensidade constante e valores de 10 mT e 28 mT por um mesmo intervalo de tempo de 6 dias, durante seu processo de germinação em germinadores. Iluminou-se com luz laser a região do embrião e as imagens obtidas pelo Biospeckle Laser (BSL) foram processadas e os resultados dos níveis de atividade dessa região foram, posteriormente, comparados com os dados obtidos pela análise fisiológica tradicional de sementes. Além dos resultados de atividade do BSL, foram obtidos outros resultados das análises de sementes, durante o processo de germinação, tais como: IVE, isoenzimático (SOD, CAT, EST, MDH e endobetamananase), integridade de membranas, germinação, IVG e protrusão. Concluiu-se que o pré-tratamento magnético com ambas as intensidades de campo, durante os primeiros 6 (seis) dias de germinação, propiciou uma melhora na permeabilidade das membranas celulares, uma ativação precose do sistema antirradicular, além de promover uma germinação mais rápida e uniforme das sementes.
metadata.teses.dc.description.abstract: One of the main obstacles in producing coffee (Coffea arabica L.) seedlings is the fact that coffee seeds present low germination rates as well as irregular germination, which directly affect seedling quality and planting time in the field. Research on coffee (Coffea arabica L.) seed pre-germination treatments has been conducted to decrease germination time and improve seedling uniformity in order to increase efficiency in the field. The objective of the present study was to evaluate the effect of stationary magnetic field pre-germinative conditioning on coffee seed germination. Three thousand seeds were placed in germinators, where they were subjected to magnetic fields at constant intensities of 10 mT and 28 mT for a time interval of 6 days during germination. The embryonic region of the seeds was illuminated by a laser and images were captured by a Biospeckle Laser (BSL). After processing the images, activity levels in the embryonic region were compared with the data obtained through traditional seed physiological analysis, including Emergence Speed Index, isozymes (SOD, CAT, EST, MDH, and endo-β-mannanase), membrane integrity, germination, Speed Germination Index (SGI), and protrusion. The magnetic field pretreatments of both intensities over the six-day period improved both cell membrane permeability and were associated with early activation of the antiradicle system, in addition to promoting faster and more uniform seed germination.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32146
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DEG - Engenharia Agrícola - Doutorado (Teses)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.