Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32225
metadata.artigo.dc.title: Economia moral e certificação florestal: analise sistemática da percepção do consumidor final
metadata.artigo.dc.title.alternative: Moral economy and forest certification: systematic review of the final consumer perception
metadata.artigo.dc.creator: Simão, Gustavo Leonardo
Silva, Fabiano Luiz da
Azevedo, Ana Cláudia
Antonialli, Luiz Marcelo
metadata.artigo.dc.subject: Análise sistemática
Certificação florestal
Marketing verde
Mercado consumidor
Consumer market
Green marketing
Forest certification
Systematic analysis
metadata.artigo.dc.date.issued: 2016
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SIMÃO, G. L. et al. Economia moral e certificação florestal: analise sistemática da percepção do consumidor final. Revista Metropolitana de Sustentabilidade, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 38-56, maio/ago. 2016.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O artigo buscou analisar a percepção do consumidor final em relação à certificação florestal. A pesquisa foi realizada através de uma análise sistemática do tipo integrativa contextualista, onde foram identificadas informações acerca do reconhecimento do consumidor final em relação ao processo de certificação florestal em sete distintos países. Os resultados evidenciaram que apenas uma pequena parcela do mercado consumidor tem ciência do processo de certificação no setor florestal, inclusive em regiões economicamente desenvolvidas. Concluí-se que um dos possíveis motivos pelo incremento do número da produção florestal certificada nos últimos anos seja menos por uma exigência do mercado consumidor final, e mais por uma garantia de boa procedência do produto junto aos atores intermediários da cadeia de valor florestal. Há também a possibilidade da exigência de certificação, por parte dos agentes intermediários da cadeia produtiva florestal, figurar como barreira não tarifária. Ademais, infere-se que o foco das ações de marketing para uma melhor eficácia, além de focar suas ações no consumidor final, no âmbito da certificação florestal, devam também voltar-se aos agentes intermediários.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The paper aims to analyze the perception of the final consumer in relation to forest certification. The research was performed through a systematic analysis by integrative contextualization approach, where were identified information on the recognition of the final consumer in relation to forest certification process in seven different countries. The results showed that only a small fraction in the consumer market is aware of the certification process in the forestry sector even in the economically developed regions. The findings show that one of the possible reasons for the increase of production of forest certified products in the last years is less by a requirement of final consumer and more for to a source of the product warranty along to intermediate actors in the forest value chain. There is also the possibility of requirements of forest certification made by intermediaries’ agents, in forest supply chain, figure as non-tariff barrier. Moreover, the focus of marketing activities for better efficiency should focus its activities not only in the final consumer, should also focus attention on to intermediaries’ agents.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://www.revistaseletronicas.fmu.br/index.php/rms/article/view/741
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32225
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.