Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32481
metadata.teses.dc.title: Modelagem GAMLSS da pressão arterial sanguínea em um estudo de hipotensão pós-exercício
metadata.teses.dc.title.alternative: GAMLSS modeling of blood blood pressure in a post-exercise hypotension study
metadata.teses.dc.creator: Santos, Denize Palmito dos
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/4010197464204190
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Izabela Regina Cardoso de
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Cirillo, Marcelo Ângelo
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Lobos, Cristian Marcelo Villegas
metadata.teses.dc.subject: Dados longitudinais
Efeito aleatório
Modelos mistos
Modelos semiparamétricos
Longitudinal data
Random effects
Mixed model
Semiparametric model
metadata.teses.dc.date.issued: 10-Jan-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
metadata.teses.dc.identifier.citation: SANTOS, D. P. dos. Modelagem GAMLSS da pressão arterial sanguínea em um estudo de hipotensão pós-exercício. 2019. Dissertação (Mestrado em Estatística e Experimentação Agropecuária)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
metadata.teses.dc.description.resumo: Em Ciências da Saúde, os estudos controlados desempenham um papel importante no desenvolvimento de técnicas que ajudam na prevenção ou na cura de doenças. Frequentemente, nessa área, utilizam-se análises estatísticas de medidas repetidas no tempo, pois essas aplicadas a dados dessa natureza permitem, vantajosamente, observar as possíveis mudanças na variável resposta ao longo do tempo. A metodologia mais flexível, para a análise de dados longitudinais, envolve o uso de modelos mistos, em que o método da máxima verossimilhança (ML) ou máxima verossimilhança restrita (REML) podem ser usados na estimação dos parâmetros. A pressão arterial (PA) é aferida em termos da pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) e seus altos valores levam à hipertensão. Essa doença é um problema mundial que, se não tratada corretamente, pode levar o hipertenso a sofrer consequências graves. Atualmente, buscam-se métodos não farmacológicos, como a prática de atividades físicas, para o controle da PA. Um estudo longitudinal foi desenvolvido em Lavras, MG, para avaliar a PA de 26 indivíduos adultos normotensos submetidos a dois programas de treinamento (resistência e hipertrofia). Aos dados de PAS e PAD obtidos, ao longo de 18 sessões, foram ajustados modelos semiparamétricos com efeito aleatório. Para isso, utilizou-se a classe de modelos aditivos generalizados para locação, escala e forma (GAMLSS). Em todos os modelos (para PAS e PAD), a baseline foi incluída como parte do vetor de respostas, assumindo homogeneidade entre grupos antes do início dos treinamentos. De maneira geral, os resultados indicaram que ambos os programas de treinamento provocam adaptações da PA que são capazes de diminuir os níveis tensionais prétreinamento. Observou-se que o treinamento de resistência ocasiona maior variabilidade nos dados da PAS do que o treinamento de hipertrofia e esse último resultou em um efeito hipotensor crônico mais acentuado nos dados da PAD. Todas as análises foram realizadas no programa R.
metadata.teses.dc.description.abstract: In Health Sciences, controlled studies play an important role in the development of techniques that promote prevention or cure of diseases. Frequently, statistical analyzes of repeated measures in time are used, since they allow to investigate the possible changes in the response variable over time. The more flexible methodology for the analysis of longitudinal data involves the use of mixed models, where the maximum likelihood (ML) or restricted maximum likelihood (REML) methods can be used in parameters estimation. Blood pressure (BP) is measured in terms of systolic (SBP) and diastolic (DBP) pressure and their high values lead to hypertension. This disease is a worldwide problem that, if not treated correctly, can lead the patient to suffer serious consequences. Currently, non-pharmacological methods, as the practice of physical activities, are prescribed for the control of BP. A longitudinal study was carried out in Lavras, MG, to evaluate the BP of 26 normotensive adults submitted to two training programs (resistance and hypertrophy). Semiparametric models with random effect were fitted to data from SBP and DBP obtained over 18 sessions. For this, we use the class of generalized additive models for location, scale and shape (GAMLSS). In all models (for SBP and DBP) the baseline was included as part of the response vector, assuming homogeneity between groups before training. Overall, the results indicated that both training programs lead to BP adaptations that are able to decrease pre-training blood pressure levels. Resistance training has been found to cause greater variability in SBP data than hypertrophy training and the latter showed a higher hypotensive effect on DBP. All analyzes were performed in R.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido da autora, até janeiro 2020.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32481
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DEX - Estatística e Experimentação Agropecuária - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.