Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3276

Título: Quantificação da cafeína e seleção precoce para produção em Coffea arabica L.
Título Alternativo: Quantification of caffeine and early selection for yield in Coffea arabica L.
Autor(es): Teixeira, Alexsandro Lara
Orientador: Gonçalves, Flávia Maria Avelar
Membro da banca: Oliveira, Antônio Carlos de
Rezende, Juliana Costa de
Mendes, Antônio Nazareno Guimarães
Padilha, Lilian
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Assunto: Café arábica
Melhoramento genético
Correlação
Análise de trilha
Arabica coffee
Genetic breeding
Correlation
Path analysis
Data de Defesa: 19-Jan-2011
Data de publicação: 26-Ago-2014
Referência: TEIXEIRA, A. L. Quantificação da cafeína e seleção precoce para produção em Coffea arabica L. 2011. 86 p. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: Este trabalho foi realizado com os objetivos de identificar acessos de Coffea arabica L. com baixos teores de cafeína, verificar a existência de correlação entre o teor de cafeína dos grãos e de folhas ainda no estádio de mudas e viabilizar a utilização da seleção precoce por meio das relações de causa e efeito entre caracteres morfológicos e a produção de grãos. Para isso, foram avaliados acessos de Coffea arabica L. (cultivares, híbridos e alguns genótipos selvagens) oriundos do banco de germoplasma de café, instalado na fazenda experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais, em Patrocínio, MG. Avaliaram-se os teores de cafeína presente nos grãos e no terceiro e quarto par de folhas verdadeiras. Os caracteres morfológicos foram avaliados em 2006, 12 meses após a implantação da cultura, com as plantas ainda na fase juvenil. Os dados de produção de grãos são referentes às safras 2008/2009 e 2009/2010. Seis acessos apresentaram teores de cafeína nos grãos menores que 0,88%. Detectou-se também correlação significativa entre os teores de cafeína do terceiro (0,69) e quarto (0,92) par de folhas e dos grãos. Altas correlações também foram observadas entre a produção de grãos e comprimento do primeiro ramo plagiotrópico (0,99), vigor vegetativo (0,98), largura do quarto par de folhas (0,78) e número de nós do primeiro ramo plagiotrópico (0,75). Identificaram-se acessos com teores reduzidos de cafeína e boa produtividade de grãos. É possível realizar a seleção precoce para teor de cafeína, em cafeeiros ainda no estádio de mudas, pela avaliação do quarto par de folhas. Por meio da análise de trilha, percebe-se que, o comprimento do primeiro ramo plagiotrópico aos 12 meses de idade é o principal responsável pela variação na produção de grãos, visto que apresenta o maior efeito direto no sentido favorável sobre a produção de grãos. A variável secundária vigor vegetativo é a que apresenta maior importância na explicação das variações encontradas na produção de grãos.
This study was conducted to identify Coffea arabica L. accessions with low caffeine content, check the correlation between grain and leaves at the seedling stage, and enable the use of early selection by the relationship cause and effect between morphological traits and the grain yield. For this, Coffea arabica L. acessions (cultivars, hybrids and several wild genotypes) were evaluated from the coffee germplasm bank, installed at the experimental farm of the Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais, Patrocínio, MG. The caffeine content in the grains and the third and fourth pair of true leaves were evaluated. Morphological traits were evaluated in 2006, 12 months after implanting the crop, when the plants were still at the juvenile phase. Data for grain yield are from the 2008/2009 and 2009/2010 crop seasons. Six accessions had caffeine content in grains less than 0.88%. A significant correlation was also detected between the caffeine content in the third (0.69) and fourth (0.92) pair of leaves and grains. High correlations were observed between grain yield and the length of the first plagiotrophycal spread (0.99), vegetative vigor (0.98), width of the fourth pair of leaves (0.78) and number of nodes in the first plagiotrophycal spread (0.75). Genotypes were identified with low caffeine content and high yield. Early selection can be made for caffeine content in coffee plants, still at the seedling stage, by evaluating the fourth pair of leaves. Path analysis showed that the length of the first plagiotrophycal spread, at 12 months of age, is mainly responsible for the variation in yield because it showed the greatest direct effect in a favorable direction on grain yield. The vegetative vigor is the secondary variable most important in explaining the variations found in grain yield.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3276
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Quantificação da cafeína e seleção precoce para produção em Coffea arabica L..pdf569,78 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback