Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3277

Title: Duplicação cromossômica e identificação do nível de ploidia utilizando citometria de fluxo em Brachiaria spp.
Other Titles: Chromosome duplication and ploidy identification using flow cytometry in Brachiaria spp.
???metadata.dc.creator???: Timbó, Ana Luíza de Oliveira
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Davide, Lisete Chamma
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Souza Sobrinho, Fausto de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Techio, Vânia Helena
Campos, José Marcello Salabert de
Torres, Giovana Augusta
???metadata.dc.description.concentration???: Genética e Melhoramento de Plantas
Keywords: Brachiaria ruziziensis
Indução de poliploidia
Conteúdo de DNA
Citogenética
Genética e melhoramento
Induction of polyploidy
DNA content
Cytogenetics
Genetics and breeding
???metadata.dc.date.submitted???: 23-Nov-2010
Issue Date: 26-Aug-2014
Citation: TIMBÓ, A. L. de O. Duplicação cromossômica e identificação do nível de ploidia utilizando citometria de fluxo em Brachiaria spp. 2010. 100 p. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: No Brasil, as espécies de Brachiaria mais cultivadas são B. decumbens, B. brizantha, B. humidicola e B. ruziziensis. A Brachiaria ruziziensis é diploide e sexual e as cultivares comerciais de B. brizantha e B.decumbens, que são as espécies mais difundidas no Brasil, são tetraploides e apomíticas. Uma das alternativas do melhoramento de Brachiaria é a realização de hibridações interespecíficas, sendo necessária a tetraploidização artificial da B. ruziziensis, bem como o conhecimento do nível de ploidia dos genótipos de interesse. Assim, neste trabalho objetivou-se a obtenção de genótipos duplicados de B. ruziziensis, a caracterização do nível de ploidia, por meio da citometria de fluxo e do número cromossômico somático, e a indicação de um protocolo de citrometria de fluxo adequado para análise de genótipos de Brachiaria do programa de melhoramento da Embrapa Gado de Leite. No experimento de duplicação a taxa de sobrevivência das plântulas foi de 8% sendo obtidos 11 genótipos tetraploides e 16 mixoploides. Na America, este é o primeiro relato de duplicação cromossômica em Brachiaria ruziziensis. Na análise de 15 genótipos o conteúdo de DNA variou de acordo com o nível de ploidia (2x, 3x e 4x) e espécie e/ou taxon. A quantidade média de DNA de B. ruziziensis foi de 1,74 pg (2x), já para B. decumbens observou-se 3,74 pg (4x); na B. brizantha 3,52 pg (4x). Para o genótipo 86 obteve-se 2,52 pg de DNA, indicando tratar-se de um acesso triploide, com 2n=3x=27, provavelmente um híbrido natural. São apresentados a quantidade de DNA pelos Valores C e Cx de todos os genótipos. A variação nas estimativas da quantidade de DNA total permitiu distinguir a Brachiaria ruziziensis das espécies tetraploides Brachiaria decumbens e Brachiaria brizantha e do provável híbrido triploide natural entre estas espécies. Para a contagem do número cromossômico somático, foram observados 18, 27 e 36 cromossomos para os diploides, triploide e tetraploides, respectivamente. Há concordância entre os resultados obtidos por citometria de fluxo e por contagem de cromossomos somático. Na avaliação de diferentes protocolos (3 tampões x 3 padrões) de preparo de amostra para análise em citômetro de quatro genótipos de Brachiaria, foram analisadas três variáveis: coeficiente de variação do pico G1 da amostra no histograma, nota do histograma e estimativa do conteúdo de DNA. O protocolo mais adequado para o preparo da amostra foi o tampão MgSO4, tendo o rabanete (Raphanus sativus) como padrão de referência para os genótipos B. ruziziensis (2x e 4x), B. brizantha e o híbrido triploide apesar da sobreposição do pico G1 deste último com o pico G2 do padrão rabanete. A nota do histograma foi eficiente na avaliação dos protocolos de preparo de amostra para a estimativa do conteúdo de DNA dos diferentes genótipos de Brachiaria, sendo apropriada a utilização da metodologia com nota igual ou superior a 4.
In Brazil, the most cultivated species of Brachiaria are B. decumbens, B. brizantha, B. humidicola and B. ruziziensis. Brachiaria ruziziensis is diploid and sexual and the commercial cultivars of B. brizantha and B.decumbens, which are the most widespread species in Brazil, are tetraploid and apomictic. One of the alternatives for breeding Brachiaria is interspecies hybridizations, by artificial tetraploidization of B. ruziziensis as well as the knowledge of the ploidy level of genotypes of interest. In this work, we aimrd the production of duplicated genotypes of B. ruziziensis, the characterization of ploidy level by means of flow cytometry and somatic chromosome counting and the indication of a protocol of flow cytometry adequate for the analysis of Brachiaria genotypes from the breeding program of Embrapa Gado de Leite. In the experiment of duplication, the survival rate of seedlings was 8%, 11 tetraploid and 16 mixoploid genotypes were obtained. In America, this is the first report of chromosome duplication in Brachiaria ruziziensis. In the investigation of 15 genotypes, DNA content ranged according to the ploidy level (2x, 3x and 4x) and species and/or taxon. The average amount of DNA of B. ruziziensis was of 1.74 pg (2x), however for B. decumbens, 3.74 pg (4x) was found; in B. brizantha 3.52 pg (4x). For genotype 86, 2.52 pg of DNA was obtained, showing to be a triploid accession with 2n=3x=27, probably a natural hybrid. The DNA content by the values C and Cx of all the genotypes is presented. The variation in the estimate of the amount of total DNA enabled to distinguish Brachiaria ruziziensis from the tetraploid species Brachiaria decumbens and Brachiaria brizantha and from the likely triploid hybrid among these species. For number of somatic chromosome number, 18, 27 and 36 chromosomes were found for the diploids, triploid and tetraploids, respectively. There is an agreement among the results obtained by flow cytometry and by counting somatic chromosome. In the evaluation of different protocols (3 buffers x 3 standards) of sample preparation for the analysis in flow cytometry, the three variables were analyzed, namely, coefficient of variation of the G1 peak of sample in the histogram, score of the histogram and estimate of DNA content. The protocol most adequate for sample preparation was the buffer MgSO4, having the radish (Raphanus sativus) as the reference standard for the genotypes B. ruziziensis (2x and 4x), B. brizantha and the triploid hybrid, in spite of the overlap of the G1 peak of this latter with the G2 peak of the radish standard. The histogram score was efficient for the evaluation of protocols of sample preparation to estimate DNA content of the different genotypes of Brachiaria. To use this methodology the score should be equal or superior to 4.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3277
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Duplicação cromossômica e identificação do nível de ploidia utilizando citometria de fluxo em Brachiaria spp..pdf858.87 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback