Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3282

Título: Seleção de famílias clonais de batata em gerações precoces para tolerância ao calor
Título Alternativo: Selection of potato clonal families in the early generations for heat tolerance
Autor(es): Ticona Benavente, César Augusto
Orientador: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Membro da banca: Santos, João Bosco dos
Abreu, Ângela de Fátima Barbosa
Pádua, Joaquim Gonçalves de
Menezes, Cícero Beserra de
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Assunto: Solanum tuberosum
Simulação computacional
Repetibilidade de médias
Melhoramento de batata
Seleção sequencial
Computational simulation
Mean repeatability
Potato breeding
Sequential selection
Data de Defesa: 30-Jul-2010
Data de publicação: 26-Ago-2014
Referência: TICON BENAVENTE, C. Augusto. Seleção de famílias clonais de batata em gerações precoces para tolerância ao calor. 2010. 94 p. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: A bataticultura no Brasil sofre vários fatores limitantes, sendo o calor um dos mais importantes entre todos em razão de seu efeito negativo sobre a produção e qualidade de tubérculos na safra da seca e águas. Para a realização do melhoramento genético da batata, tem sido proposta a seleção de famílias clonais em gerações precoces. Nesta estratégia, famílias inteiras são avaliadas e selecionadas para que os clones possam, então serem selecionados dentro destas famílias. Há evidências da utilidade desta metodologia no melhoramento de batata. Porém, seu grau de sucesso não tem sido verificado em gerações precoces ou mesmo na geração seedling (GS) quanto à tolerância ao calor. Foram realizados cruzamentos entre clones tolerantes ao calor, sendo obtidas 30 famílias. Após a geração seedling, foram conduzidas quatro gerações clonais. As avaliações dessas famílias foram feitas na casa de vegetação ( na GS) e em campo nas safras de seca, inverno e das águas. Ao mesmo tempo, outros experimentos foram realizados em clones individuais na segunda e terceira geração clonal, sendo avaliados 750 e 570 clones respectivamente. Estes clones foram provenientes das famílias avaliadas na GS e primeira geração clonal (PGC). Foram estimadas as médias ajustadas para produtividade e peso específico de tubérculos. Depois, verificou-se a correlação de famílias nas várias gerações e foram simuladas varias intensidades de seleção de famílias, sendo verificada a repetibilidade das famílias selecionadas nas diferentes gerações. Também foram realizadas simulações de seleção de famílias na GS e PGC em várias intensidades de seleção e seu efeito sobre a seleção de clones individuais nas gerações posteriores tanto no calor, como em temperaturas amenas (segunda e terceira geração clonal respectivamente). Os resultados indicam que a seleção de famílias é eficiente. As correlações das famílias foram mais elevadas entre as safras de seca e águas; e menores quando correlacionadas com a safra de inverno. As simulações para verificar repetibilidade de famílias em diferentes gerações indicam estabilidade das informações de famílias para peso específico e produtividade. O efeito positivo da seleção das famílias na GS e PGC sobre a seleção de clones individuais nas gerações seguintes para peso específico e da seleção de famílias na PGC para produtividade também foi verificado.
The potato crop in Brazil has many limiting factors especially heat. This factor is important because it has many negative impacts over tuber yield and quality in the rainy and dry seasons. Family selection in the early generations has been proposed to achieve potato breeding. Under this strategy whole families are evaluated and selected and then individual clones are selected from the best families. Usefulness of this strategy has been demonstrated but there is no evidence of selection for heat tolerance. Crosses were made between heat tolerant clones and thirty families were obtained and conducted up to the fourth generation. Families evaluations were done under green house (seedling generation - SG) and field in the dry, rainy and winter growing seasons. At the same time other experiments were carried out to evaluate individual clones in the second (750 clones) and third generations (570 clones). Adjusted means for tuber yield and specific gravity were estimated and used for selection. Pearson´s correlations were estimated between families in the various generations and under several selection intensities and estimated the repeatability of families selected in different generations. Also, simulations of family selections were performed in the SG and first clonal generation (FCG) and their effects on individual clonal selection in the subsequent generations for warm and cool temperatures [second (SCG) and third clonal generations (TCG) respectively]. Results show that family selection is efficient. Correlations were higher between dry and rainy seasons, which have similar temperatures, and lower when estimated between cool seasons. Simulations to verify family repeatabilities over generations show stability of information for tuber specific gravity and tuber yield. Also it was observed positive effect of family selection in the SG and FCG on the selection of individual clones in the further generations for tuber specific gravity and for selection for tuber yield in the FCG.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3282
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Seleção de famílias clonais de batata em gerações precoces para tolerância ao calor.pdf931,48 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback