Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3285

Título: Sistemas de armazenamento e aplicabilidade do teste de condutividade elétrica em sementes de girassol
Título Alternativo: Storage systems and applicability of electrical conductivity test in sunflower seeds
Autor(es): Abreu, Luciana Aparecida de Souza
Orientador: Carvalho, Maria Laene Moreira de
Coorientador(es): Von Pinho, Édila Vilela de Resende
Membro da banca: Guimarães, Renato Mendes
Castro Neto, Pedro
Vieira, Antônio Rodrigues
Fraga, Antônio Carlos
Área de concentração: Sementes
Assunto: Sementes oleaginosas
Conservação
Qualidade
Helianthus annuus L.
Quality
Conservation
Oleaginous seeds
Data de Defesa: 24-Mai-2010
Data de publicação: 27-Ago-2014
Referência: ABREU, L. A. de S. Sistemas de armazenamento e aplicabilidade do teste de condutividade elétrica em sementes de girassol. 2010. 122 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: Para investigar o efeito de diferentes tipos de embalagens e ambientes de armazenamento na qualidade de sementes de girassol e verificar a possibilidade de utilização do teste de condutividade elétrica para avaliação da qualidade dessas sementes armazenadas sob diferentes temperaturas foram utilizados dois híbridos de girassol, Helio 250 e Helio 251. No primeiro experimento, as sementes foram acondicionadas em três tipos de embalagens: papel Kraft multifoliado e embalagens plásticas com e sem acondicionamento a vácuo e armazenadas sob condição de câmara fria e armazém convencional, por 12 meses. A resposta ao armazenamento de sementes de girassol em câmara fria ou armazém convencional varia em função da embalagem utilizada. O armazenamento em câmara fria é mais eficiente na conservação da qualidade fisiológica das sementes de girassol, e nesse ambiente, o armazenamento em embalagem de papel é o mais adequado. A conservação de sementes de girassol em armazém convencional e embalagem a vácuo propiciam a manutenção da qualidade fisiológica. O teor de óleo nas sementes decresce, ao longo do tempo, independente da condição de armazenamento. No segundo experimento, as sementes foram embaladas em papel Kraft multifoliado e armazenadas nas temperaturas: 10°C (constante); 25°C (constante) e 25°C, por 6 meses e depois transferidas para 10ºC até o final do período de 12 meses de armazenamento. Verificou-se que a qualidade fisiológica das sementes de ambos os híbridos de girassol se manteve até os 6 meses de armazenamento e após esse período a qualidade foi afetada negativamente. Pelo teste de condutividade elétrica não foi possível detectar a deterioração de sementes armazenadas nas diferentes temperaturas, para o híbrido Helio 250, mas foi possível detectar a evolução da deterioração ao longo do armazenamento para ambos os híbridos. O grau de deterioração e o genótipo interferem nos resultados da avaliação da condutividade elétrica em sementes de girassol.
To investigate the effect of different types of package and storage environments on sunflower seed quality and to verify the possibility of using the electrical conductivity test for evaluation of seed quality stored at different temperatures two sunflower hybrids were used, Helio 250 and Helio 251. In the first experiment, seeds were placed in three different types of packages: Kraft paper and plastic package with and without vacuum condition, stored in cold room or in conventional warehouse for 12 months. The storage response of sunflower seeds in cold room or in conventional warehouse ranged with package used. The cold room storage is more effective in preserving the physiological quality of sunflower seeds, and in this environment, the storage in paper packages is more adequate. The sunflower seeds conservation in conventional warehouse in packages with vacuum condition favored the preservation of physiological quality. Changes in physiological quality of sunflower seeds were detect at the enzymatic systems ADH and SOD. Regardless of storage conditions, the incidence of the fungi Aspergillus sp. and Alternaria sp. was favored. The oil content in seed decreases over time regardless of storage conditions. In the second experiment, the seeds were packaging in layered Kraft paper and stored at following temperatures: 10°C; 25°C and 25/10°C.The physiological quality of seeds for both sunflower hybrids remained until six months of storage and after this period, the quality was affected negatively. The electrical conductivity test wasn´t efficient to detect differences in the deterioration of seeds stored at different temperatures, only for the hybrid Helio 250, but it was possible to detect the evolution of deterioration during storage for both hybrids. The deterioration level or the genotype influences the results of the evaluation of electrical conductivity test in sunflower seeds.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3285
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Sistemas de armazenamento e aplicabilidade do teste de condutividade elétrica em sementes de girassol.pdf689,5 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback