Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32971
metadata.artigo.dc.title: Viabilidade polínica e quantificação de grãos de pólen em espécies de fisális
metadata.artigo.dc.title.alternative: Pollen viability and quantification of pollen grains in species of Physalis
metadata.artigo.dc.creator: Silva, Daniel Fernandes da
Pio, Rafael
Nogueira, Paulyene Vieira
Silva, Pedro Augusto de Oliveira
Figueiredo, Alana Lauar
metadata.artigo.dc.subject: Fisális - Meio de cultura
Novos cultivos
Viabilidade de pólen
Physalis sp - Culture medium
New crops
Feasibility of pollen
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal do Ceará
metadata.artigo.dc.date.issued: Apr-2017
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SILVA, D. F. da et al. Viabilidade polínica e quantificação de grãos de pólen em espécies de fisális. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 48, n. 2, p. 365-373, abr./jun., 2017.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O objetivo do trabalho foi elaborar um meio de cultura para avaliação da viabilidade polínica e determinar o número de grãos de pólen por antera e por flor de espécies de fisális. O trabalho foi desenvolvido de forma sequencial, onde grãos de pólen de Physalis (P. angulata,P. ixocarpa,P. minima,P. peruviana e P. pubescens) foram submetidos à germinação em meio de cultura desenvolvido em quatro fases: verificação da concentração de ágar e pH, concentração de sacarose, nitrato de cálcio e ácido bórico. Para a contagem de grãos de pólen, cinco anteras foram coletadas entre cinco espécimes representativos de cada espécie, deixadas em repouso para ocorrência da deiscência e posteriormente adicionado ácido lático, para melhoria da visualização do grão de pólen. Após 48 horas o número de grãos de pólen foi quantificado com auxílio de câmara de Neubauer e o número de grãos de pólen por antera determinado por fórmula pré-estabelecida. Observou-se que todas as espécies possuem comportamento semelhante quanto às suas exigências para germinação do grão de pólen, sendo o pH do meio em torno de 5,4 e a concentração de ágar de 8 g L-1; todas as espécies mostram dependência de cálcio e boro para uma melhor viabilidade polínica, destacando-se P. minima em que a adição de boro não propiciou elevação acentuada na porcentagem de germinação. Quanto ao número de grãos de pólen as espécies podem ser divididas em dois grupos, com P. angulata,P. peruviana e P. pubescens com maior número de grãos de pólen por antera e por flor em relação a P. ixocarpa e P. minima.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The aim of this study was to develop a culture medium for the evaluation of pollen viability and to determine the number of pollen grains per anther and per flower in species of Physalis. The study was developed sequentially, where pollen grains of Physalis (P. angulata,P. ixocarpa,P. minima,P. peruviana and P. pubescens) underwent germination in a culture medium developed over four phases: checking the concentration of agar and the pH, and the concentrations of sucrose, calcium nitrate and boric acid. For the pollen count, five anthers were collected from five representative specimens of each species, allowed to settle for dehiscence to take place, with lactic acid then being added to improve visualisation of the pollen grains. After 48 hours, the number of pollen grains was quantified with the help of a Neubauer chamber, and the number of pollen grains per anther determined by pre-established formula. All species were seen to have similar behaviour in their requirements for pollen grain germination, the pH of the medium being around 5.4 and the agar concentration 8 g L-1. All species display a dependence on calcium and boron for better pollen viability, especially P. minima, where the addition of boron did not provide any sharp increase in the germination percentage. As for the number of pollen grains, the species can be divided into two groups, with P. angulata,P. peruviana and P. pubescens having the highest number of pollen grains per anther and per flower compared to P. ixocarpa and P. minima.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32971
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAG - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons