Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33254
metadata.teses.dc.title: Compartilhando a planta hospedeira com um ácaro fitófago: efeitos bottom-up e top-down beneficiam a cochonilhabranca Planococcus minor
metadata.teses.dc.title.alternative: Sharing a host plant with a phytophagous mite: bottom-up and top-down effects benefit the passionvine mealybug Planococcus minor
metadata.teses.dc.creator: Sales, Lara
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/9794286763377053
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Peñaflor, Maria Fernanda Gomes Villalba
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Santa-Cecília, Lenira Viana Costa
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Peñaflor, Maria Fernanda Gomes Villalba
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Cordero, Ernesto Prado
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Fatobene, Bárbhara Joana dos Reis
metadata.teses.dc.subject: Cryptolaemus montrouzieri
Olfatometria
Interações tritróficas
Defesas induzidas
Herbivoria múltipla
Olfatometry
Tritrophic interactions
Induced defenses
Multiple herbivory
metadata.teses.dc.date.issued: 22-Mar-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
metadata.teses.dc.identifier.citation: SALES, L. Compartilhando a planta hospedeira com um ácaro fitófago: efeitos bottom-up e top-down beneficiam a cochonilhabranca Planococcus minor. 2019. 52 p. Dissertação (Mestrado em Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: As plantas se defendem do ataque dos herbívoros de várias maneiras, sendo uma delas através de substâncias químicas, que afetam diretamente os artrópodes herbívoros, ou indiretamente, por meio do recrutamento de inimigos naturais. A herbivoria múltipla, apesar de pouco estudada, merece grande importância, visto que a resposta induzida da planta geralmente difere da herbivoria simples, resultando em mudanças na interação tritrófica. Além do contexto ecológico, é relevante estudar a herbivoria múltipla sob o contexto aplicado devido às implicações para a atração de inimigos naturais e a perspectiva de desenvolver estratégias de manejo integrado de pragas. O cafeeiro Coffea arabica L. (Rubiaceae) é uma das culturas mais importantes para a economia do país, cuja produção é limitada pelo ataque de diversas pragas, dentre elas as cochonilhas-farinhentas e o ácaro-vermelho-do-cafeeiro. Devido à carência de informações sobre a herbivoria múltipla no sistema cafeeiro, o objetivo deste estudo foi avaliar se a infestação prévia pelo ácaro-vermelho-do-cafeeiro Oligonychus ilicis (McGregor) (Acari: Tetranychidae) em plantas de café influencia a colonização e estabelecimento da cochonilha-branca Planococcus minor (Maskell) (Hemiptera: Pseudococcidae); e se a herbivoria múltipla pelas duas espécies influenciam na resposta comportamental da joaninha predadora de cochonilhas, Cryptolaemus montrouzieri Mulsant (Coleoptera: Coccinellidae), pelos voláteis induzidos pela herbivoria. Foram conduzidos testes com chance de escolha, em uma arena, com ninfas de 3º ínstar da cochonilha para avaliar a preferência hospedeira entre planta infestada pelo ácaro e não infestada, após 24, 48 e 72 h. Para o desempenho de P. minor, foram colocadas 50 ninfas de 1º ínstar em planta de cafeeiro infestada pelo ácaro e planta não infestada e, após 15 dias, os números de ninfas e adultos foram contabilizados. A preferência olfativa das joaninhas sob estímulo de voláteis de plantas de cafeeiro não infestada e infestadas por uma ou duas das espécies de herbívoro foi avaliada usando olfatômetro em Y. As cochonilhas preferiram e tiveram maior desenvolvimento em planta infestada pelo ácaro como hospedeira frente à planta não infestada, indicando ser um hospedeiro de melhor qualidade. Os ensaios de olfatometria mostraram que a joaninha teve preferência pelos voláteis da planta infestada com a sua presa, P. minor, mas não foi atraída pelos voláteis da planta infestada pelo ácaro, que não constitui uma presa. Já a planta infestada por cochonilha + ácaro emitiu uma mistura de voláteis repelentes para as joaninhas, que preferiram o ar limpo frente às plantas sob infestação múltipla. Dessa forma, a infestação prévia pelo ácaro torna a planta um hospedeiro de melhor qualidade para a cochonilha do que plantas não infestadas, propiciando a herbivoria múltipla. Além disso, a escolha por plantas de cafeeiro já colonizadas pelo ácaro O. ilicis deve favorecer a cochonilha-branca devido à emissão de voláteis que repelem a joaninha, constituindo em uma estratégia para escape da predação. Futuros estudos devem focar nos mecanismos manipulativos das defesas da planta de café pela herbivoria do ácaro por meio da mensuração de fitohormônios, expressão gênica e caracterização química do perfil de voláteis das plantas sob herbivoria simples e múltipla.
metadata.teses.dc.description.abstract: Plants are able to defend themselves from herbivore attack in several ways, one of which is through chemical substances that can affect herbivore arthropods directly, or indirectly by recruiting natural enemies. Although it has been poorly studied, herbivory by multiple herbivore species deserves more attention, as induced response of plants upon multiple herbivory generally differs from those upon simple herbivory, in ways that can impact tritrophic interaction. In addition to the ecological context, stud ying multiple herbivory at the applied perspective is necessary because of the implications for the attraction of natural enemies and the perspective of developing integrated pest management strategies. The coffee Coffea arabica L. (Rubiaceae) is one of the most important crops for the country's economy, whose production is limited by the attack of several pests, among them the passionvine mealybug and the southern red mite. Considering the lack of information on multiple herbivory in the coffee system, the aim of this study was to evaluate whether previous infestation with Oligonychus ilicis (McGregor) (Acari: Tetranychidae) in coffee plants influences colonization and establishment of Planococcus minor (Maskell) (Hemiptera: Pseudococcidae); and, whether multiple herbivory by the two pests influences the behavioral response of the predatory ladybug, Cryptolaemus montrouzieri Mulsant (Coleoptera: Coccinellidae) to the herbivore-induced plant volatiles. In order to evaluate host preference between mite-infested plant and uninfested plant, choice tests were conducted in an arena using 3 rd -instar mealybug nymphs at 24, 48 and 72 h. In order to evaluate P. minor performance, 50 1 st -instar nymphs were transferred to a plant (mite-infested or uninfested) and, after 15 days, numbers of nymphs and adults were counted. Ladybug olfactory preference to volatiles emitted from uninfested and infested coffee plants with one or two of the herbivores were evaluated using a Y-tube olfactometer. Data showed that the mealybugs preferred mite-infested plants as a host over uninfested plant. Population growth of P. minor was higher in mite-infested plant than uninfested plant, indicating to be a better host. Olfactometer assays showed that the ladybug preferred volatiles emitted by plants infested with its prey, P. minor, but it was not attracted to volatiles mite-infested plants. Plants infested with both mealybug and mite emitted repellent volatiles to the ladybug that preferred clean air over the mealybug + mite-infested plants. Thus, previous infestation with mites induce changes in coffee plants that comprise in better hosts to passionvine mealybug than uninfested plants, favoring multiple herbivory. In addition, the mealybug choice for miteinfested plants should also favor the mealybug because of the emission of volatiles that repel the ladybird, being a strategy to escape predation. Future studies should focus on the manipulative mechanisms of coffee plant defenses by mite herbivory, phytohormone quantification, gene expression and chemical characterization of volatile profiles emitted by coffee plants upon simple and multiple herbivory.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido da autora, até março 2020.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33254
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.