Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33446
metadata.teses.dc.title: Perfil e digestibilidade de farinhas de insetos avaliadas com galos cecectomizados
metadata.teses.dc.title.alternative: Profile and digestibility of insect meals evaluated with cecectomized roosters
metadata.teses.dc.creator: Oliveira, Maiara Rodrigues Duarte de
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/6052462016700650
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Bertechini, Antônio Gilberto
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Saad, Flávia Maria de Oliveira Borges
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Bertechini, Antônio Gilberto
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Saad, Flávia Maria de Oliveira Borges
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Godoy, Maria Regina Cattai de
metadata.teses.dc.subject: Animais de companhia
Fonte de proteína
Sustentabilidade
Companion animals
Protein source
Sustainability
Company animals
metadata.teses.dc.date.issued: 3-Apr-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: OLIVEIRA, M. R. D. de. Perfil e digestibilidade de farinhas de insetos avaliadas com galos cecectomizados. 2018. 68 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
metadata.teses.dc.description.resumo: Os insetos são uma potencial fonte de proteínas na substituição de ingredientes proteicos para nutrição animal e possuem potencial de mercado parecido com o da farinha de peixe, além de mais sustentável e com promissoras qualidades nutritivas. Outro aspecto favorável é que, por possuírem hábitos alimentares diferenciados, podem ser criados comsubprodutos e resíduos. Assim, objetivou-se neste estudo avaliar a composição e a digestibilidade de aminoácidos, digestibilidade da matéria seca, aminoácidos digestíveis e perfil de proteína ideal de três farinhas de insetos para sua utilização na alimentação de cães e gatos. O experimento foi realizado no departamento de Ciências Animais da Universidade de Illinois, localizada em Urbana-Champaign, nos Estados Unidos. Foram utilizados 16 galos brancos cecectomizados da raça Leghorn e todas as aves foram alimentadas utilizando-se o método de alimentação forçada, descrito por Sibbald (1979). Os galos foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado. Com o início do experimento, os galos passaram por um jejum de 24 horas antes de serem entubados para receberem o tratamento. Cada galo recebeu 30g do tratamento correspondente e, depois de entubados, os animais eram colocados em jejum novamente. A coleta da excreta foi feita utilizando-se bandejas de plástico embaixo das gaiolas de cada ave, por 48 horas. As excretas foram liofilizadas, pesadas e moídas em uma peneira de 0,25mm. As concentrações de aminoácidos foram mensuradas em cada amostra. A excreção endógena de aminoácidos foi medida utilizando-se 4 galos que ficaram em jejum por 48 horas. A digestibilidade padronizada do aminoácido foi calculada pelo método descrito por Sibbald (1979). As análises bromatológicas das três farinhas foram realizadas no Laboratório de Pesquisa Animal do DZO/UFLA. Com relação à estatística do estudo, os dados foram analisados por ANOVA (SAS Inst. Inc.) como um delineamento inteiramente casualizado. As diferenças de tratamento foram determinadas usando o procedimento LSD, calculado a partir do SEM de ANOVA. Uma probabilidade de P<0,05 foi utilizada para declarar significância estatística. A farinha de barata de Madagascar apresentou a maior quantidade total de aminoácidos. As maiores quantidades de aminoácidos essenciais foram as apresentadas pela farinha de Tenébrio gigante, além disso, foi a única que apresentou níveis de taurina. Para os aminoácidos não essenciais, a farinha de barata de Madagascar apresentou os maiores valores quando comparada a farinha de Tenébrio gigante. A metionina foi o único aminoácido que não teve diferenças (P>0,05) de digestibilidade entre as farinhas. Os maiores valores de coeficiente de digestibilidade foram encontrados para as aves alimentadas com a farinha de Tenébrio gigante. Com relação a digestibilidade da matéria seca (MS), as farinhas de Tenébrio gigante e barata cinérea não apresentaram diferenças entre si (P>0,05), sendo essas maiores do que a apresentada pela barata de Madagascar. A farinha de Tenébrio gigante também apresentou os maiores valores de aminoácidos digestíveis, exceto para metionina e arginina. Para a alimentação de cães, a farinha de barata de Madagascar apresentou limitação para o triptofano, a farinha de Tenébrio gigante para a treonina e a farinha de barata cinérea para triptofano e treonina. Já para gatos, todas as farinhas apresentaram limitação para leucina, treonina e arginina e triptofano para as farinhas de barata cinérea e barata de Madagascar. Assim, conclui-se que, apesar de a farinha de Tenébrio gigante ter apresentado os melhores índices, as três farinhas de insetos obtiveram bons resultados e são substitutas adequadas às fontes proteicas comumente utilizadas.
metadata.teses.dc.description.abstract: Insects are a potential source for replacing protein foods and have a market potential similar to the fishmeal market, but more sustainable and with promising nutritional qualities for the future need in animal nutrition and because they have different eating habits, they can be created with by-products and residues. The objective of this study was to evaluate the composition and digestibility of amino acids, dry matter digestibility, true digestible amino acids and the profile of ideal protein of three insect meal for use in dog and cat feeding. The experiment was conducted at the Department of Animal Science at the University of Illinois, located in Urbana-Champaign, United States. Sixteen Leghorn white roosters were used and all birds were fed using the forced feeding method described by Sibbald (1979). The roosters were distributed in a completely randomized design. At the beginning of the experiment, the cecectomized roosters were fasted for 24 hours before being intubated to receive the treatment. Each rooster received 30g of the corresponding treatment and after intubation the animals were fasted again. Excreta collection was done using plastic trays under the cages of each bird, for 48 hours. The excreta were lyophilized, weighed and ground in a 0.25mm sieve. Amino acid concentrations were measured in each sample. Endogenous amino acid excretion was measured using 4 roosters fasted for 48 hours. The standardized digestibility of the amino acid was calculated by the method described by Sibbald (1979). The bromatological analyzes of the three meals were carried out at the DZO / UFLA Animal Research Laboratory. Regarding the study statistics, the data were analyzed by ANOVA (SAS Inst. Inc.) as a completely randomized design. Differences in treatment were determined using the LSD procedure calculated from the ANOVA SEM. A probability of P <0.05 was used to declare statistical significance. The Madagascar hissing cockroach meal had the highest total amount of amino acids. The largest quantities of essential amino acids were those presented by the morioworms meal and was the only one that showed levels of taurine. For the non-essential amino acids, the Madagascar hissing cockroach meal presented the highest values when compared to the morio worms. Methionine was the only amino acid where no differences (P >0.05) in digestibility were observed between the meals. The highest values of the digestibility were found for the birds fed the morio worms meal. Regarding the digestibility of dry matter (DM), the morio worms and the lobster cockroach meals did not present differences between them (P >0.05), being these larger than the one presented by Madagascar hissing cockroach. The morioworms meal also had the highest digestible amino acid values except for methionine and arginine. For dog feeding, Madagascar hissing cockroach meal presented limitation for tryptophan, the morioworms meal for threonine and the lobster cockroach meal for tryptophan and threonine. As for cats, all the meals presented limitations for leucine, threonine and arginine and tryptophan for Madagascar hissing cockroach and lobster cocoroach meals. It is concluded that among the treatments the three insect meals obtained good results, but the morio worm meal was the one that showed the best. Nevertheless, the results of this study show that the three insect meals are adequate substitutes for the commonly used protein sources.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33446
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.