Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33510
metadata.teses.dc.title: Talhadia de Eremanthus erythropappus (DC.) MacLeish: fator crítico de sucesso para o manejo sustentável
metadata.teses.dc.title.alternative: Coppice of Eremanthus erythropappus (DC.) MacLeish: critical factor of success for sustainable management
metadata.teses.dc.creator: Pavan, Adriano José
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/3180669259592146
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Botelho, Soraya Alvarenga
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Melo, Lucas Amaral de
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Andrade, Ivonise Silva
metadata.teses.dc.subject: Candeia
Regeneração natural
Sistemas silviculturais
Natural regeneration
Silvicultural systems
metadata.teses.dc.date.issued: 10-Apr-2019
metadata.teses.dc.identifier.citation: PAVAN, A. J. Talhadia de Eremanthus erythropappus (DC.) MacLeish: fator crítico de sucesso para o manejo sustentável. 2019. 93 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Tecnologias e Inovações Ambientais)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: O objetivo desse estudo foi avaliar um povoamento da espécie florestal nativa Eremanthus erythropappus (DC.) MacLeish (candeia), em Sistema de Talhadia, utilizando a técnica de escarificação manual do solo com exposição de raízes no entorno das cepas. O talhão possui área de 0,3916 ha e está localizado no município de Baependi – MG, onde a altitude média é de 1.165 m e clima Cwb (tropical de altitude). O primeiro ciclo foi colhido em sistema de corte raso aos 7,8 anos, e conduzido em Sistema de Talhadia Simples. Os tratamentos aplicados variaram em função do tempo para a realização da escarificação do solo ao redor das cepas, em 5, 6, 7 e 8 semanas após a finalização do corte das árvores. As escarificações foram feitas com enxada, em forma circular com raio de 80 cm, a uma profundidade de aproximadamente 5 cm, exclusivamente ao redor das cepas das árvores colhidas. Nos primeiros meses já foram observadas brotações de gemas adventícias das raízes dentro e fora das coroas. A área manteve-se cercada e, até o terceiro ano, foi feita roçada manual com foice para eliminar a mato-competição. Não foi feito desbaste e também não foi aplicado nenhum tipo de adubo, corretivo de solo ou defensivo agrícola. Seis anos após a realização dos tratamentos, foram lançadas quatro parcelas por tratamento medindo 5,0 x 10 m com área de 50 m2. Foi realizado inventário florestal e mensurados DAP e altura das plantas regenerantes e CAS das cepas. Todos os elementos foram georreferenciados. Foram coletadas amostras de solo e analisadas. A escarificação do solo com exposição de raízes ao redor da cepa de candeia pode ser feita até oito semanas após o abate da árvore, durante o período de ocorrência de chuvas. A área de plantio de candeia colhida aos 7,8 anos de idade e conduzida em Sistema de Talhadia Simples, por meio de brotações adventícias das raízes de candeia, em seis anos apresentou densidade de plantas estabelecidas 216% superior à do plantio em alto fuste. O Sistema de Talhadia de candeia sem desbastes produziu, aos 6 anos de idade, apenas 2,68% do volume comercial obtido no plantio de mudas aos 7,8 anos de idade, quando utilizados os critérios legais de autorização de corte, o que indica a necessidade de manejo do povoamento. As correlações da densidade e área basal das plantas regenerantes com a área basal das cepas, mostrou que a densidade do plantio de candeia é um fator que pode influenciar na quantidade de regenerantes no Sistema de Talhadia. Não existe associação espacial entre cepas e regenerantes de candeia, havendo completa aleatoriedade espacial.
metadata.teses.dc.description.abstract: The objective in this study was to evaluate a populating the native tree species Eremanthus erythropappus (DC.) MacLeish (candeia), in a Coppice System, using the scarification manual technique of the soil with roots exposure on the strains surrounding.The area is 0.3916 ha and is located inBaependi – MG municipality, with the average altitude is 1.165m and Cwb climate (altitude tropical).The first cycle was harvested in a shallow cut system at 7.8 years old, and conducted in Simple Coppice System.The applied treatments varied according to the time for the soil scarification surrounding the strains, at 5, 6, 7 and 8 weeks after finishing the tree cutting.The scarifications were made with hoes in circular format with 80 cm of radius, at approximately a 5 cm depth, exclusively around the strains of the harvested trees.In the first months,the shoots of adventitious buds of roots inside and outside the crowns have been observed.The area remained surrounded and, until the third year, it was performed a manual harvest with sickle to eliminate the grass-competition.No thinning and also any type of fertilizer was applied, soil corrective of pesticide.Six years after we performed the treatments, four plots per treatment measuring 5 x 10 m with an area of 50 m² were launched.A forest inventory was taken and measured DBH (diameter at breast height), plants height and CAS (circumference at soil height) of the strains.All the elements were georeferenced. We also collected soil samples and send them to analyses.Soil scarification with root exposition surrounding the candeia strain can be done up to eight weeks after the tree is felled, during the rainy season.The planting area of candeia harvested at 7.8 years of age and carried out in the Simple Coppice System, by means of adventitious shoots of the candeiaroots, in six years showed a density of established plants 216% higher than that of high-forest.Candeia Simple Coppice System without thinning produced, at 6 years, only 2.68% of the commercial volume obtained inseedlings planting at 7.8 years of age, when using the legal criteria for cutting authorization, which indicates the need for settlement management.The density correlations and basal area of regenerating plants with the strains basal area showed the candeiadensity planting is a factor that can influence the regenerating amount in the Coppice System.There is no spatial association between strains and candeiasregenerating, thus there is complete spatial randomness.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33510
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:PPTIA - Tecnologias e Inovações Ambientais - Mestrado Profissional (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.