Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33650
metadata.teses.dc.title: Spatial strategies for Cerrado biome conservation: a multiscale approach
metadata.teses.dc.title.alternative: Estratégias espaciais para conservação do bioma cerrado: uma abordagem multi-escala
metadata.teses.dc.creator: Silva, Rafaela Guimarães
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/3252084317657692
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Van den Berg, Eduardo
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Martensen, Alexandre Camargo
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Zenni, Rafael Dudeque
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Vieira, Letícia Maria
metadata.teses.dc.contributor.referee4: Sarmiento, Christiany Mattioli
metadata.teses.dc.subject: Biologia da conservação
Ecologia da paisagem
Serviços ecossistêmicos
Cerrado - Conservação
Conservation biology
Landscape ecology
Ecosystem services
Cerrado - Conservation
metadata.teses.dc.date.issued: 22-Apr-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: SILVA, R. G. Spatial strategies for Cerrado biome conservation: a multiscale approach. 2019. 110 p. Tese (Doutorado em Ecologia Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: A tese de doutorado foi dividida em três capítulos, nos quais o objetivo geral foi desenvolver e avaliar estratégias para a conservação do bioma Cerrado em diferentes escalas. No primeiro capítulo, em nível de escala regional, estimaram-se padrões de fragmentação do bioma Cerrado analisando o arranjo espacial e a configuração estrutural da paisagem. Com base nisso, sugerimos que, para a região norte, a estratégia de conservação land-sparing deveria ser a melhor opção. Por outro lado, a estratégia de land-sharing parece ser a estratégia mais viável para a parte da região centro-oeste e toda a região sul. No segundo capítulo, ainda em nível de escala regional, avaliou-se o risco e o impacto potencial de invasão de espécies graminóides naturalizadas (EGN) e os resultados mostraram que as EGN apresentam risco e impacto potencial de invasão que variam de médio a alto para o bioma e que essas paisagens são vulneráveis pela proximidade de áreas protegidas, que funcionam como filtros contra essas espécies e aos agentes antrópicos (densidade populacional humana e de estradas), que por sua vez podem estar promovendo o aumento da riqueza e focos dessas plantas. Por fim, o terceiro capítulo, descobriu-se que a criação da APA de Pandeiros não contribuiu diretamente para o ganho de serviços ecossistêmicos, mostrando que a trajetória da conversão de áreas agrícolas para cerrado está relacionado ao histórico de abandono de áreas anteriormente cultivadas e exploradas (ex.: produção de carvão vegetal nas décadas de 70 e 80 e agricultura), e por isso, levando a crer que o papel da Unidade de Conservação de uso sustentável foi de mitigar danos potenciais maiores após sua criação, tendo em vista que atividades mais impactantes (produção de carvão vegetal) poderiam ter sido retomadas nesse período. Com esses trabalhos, pode-se compreender como o arranjo espacial e a configuração estrutural da paisagem podem ser usadas como medidas proativas e auxiliar no planejamento territorial, assim como o cenário atual de risco e impacto potencial de invasão pelas EGN mostra a necessidade de priorização de estratégias de manejo e controle em Unidades de Conservação de Proteção Integral e em sua circunvizinhança, afim de evitar dispersão e estabelecimento de espécies agressivas (gramineas africanas) para seus interiores, riscos de homogeneização e consequente perda da biodiversidade nativa. Além disso, baseado no estudo de caso da APA de Pandeiros foi possível observar que para a melhor gestão dos serviços ecossistêmicos em Unidade de Conservação de Uso Sustentável é importante entender o histórico de uso da terra e como a comunidade local pode ser beneficiada conjuntamente com a conservação dos ecossistemas nessas áreas protegidas fomentando atividades de extrativismo vegetal e ecoturismo, por exemplo. Mostrando que valores agregados a essas atividades são capazes de fortalecer e conservar os serviços ecossistêmicos em áreas naturais (áreas alagadas e de vegetação nativa) em longo prazo, promovendo a situação de “ganho-ganho”, com benefícios ecológicos, econômicos e sociais.
metadata.teses.dc.description.abstract: The thesis was divided into three chapters which the general objective was to develop and evaluate strategies for the conservation of the Cerrado biome at multiple scales. In the first chapter, at the regional scale level, we estimated fragmentation patterns of the Cerrado biome analyzing the spatial arrangement and structural configuration of the landscape. Based on this we suggested that for the northern region, the land-sparing conservation strategy should be the best option. On the other hand land-sharing strategy seems the most viable strategy for midwest part and southern regions. The potential risk and impact of invasion of naturalized graminoid species (NGS) were evaluated in the second chapter. The results showed that NGS presented a potential risk and impact of invasion varying from medium to high. The closer protected areas (strictly PAs) from NGS are, the more vulnerable landscapes to an invasion, even though PAs acting as filters against these invasive species and to the anthropic agents (population density and roads), which in turn may be promoting the increase of the richness and focus of these plants in these areas. Finally, the third chapter, the creation of the APA Pandeiros did not directly contribute to the gain of ecosystem services, because of the trajectory of the conversion of agricultural areas to cerrado was related to the abandonment historic of previously cultivated areas (ex.: charcoal production in the 1970s and 1980s and agriculture). Thus believing that the Sustainable Use Conservation Unit role was to mitigate potential damage after its creation, given as the fact that more impacting activities (production of charcoal) could have been resumed in that period. These works allowed us to understand how the spatial arrangement and the structural configuration of the landscape can be used as proactive measures and support in territorial planning. As well as the current scenario of potential risk and impact of invasion by NGS showed the need for management prioritization and control strategies in Integral Protection Conservation Units and in their surroundings, in order to avoid dispersion and establishment of aggressive species (African grasses) for their interiors, risks of homogenization and consequent native biodiversity loss. Furthermore, based on the Pandeiros APA case study, it was possible to observe that for better management of ecosystem services in a Sustainable Use Conservation Unit it is crucial to understand the land historical use and how the local communities can benefit the ecosystems conservation in these protected areas. For instance, they can foster activities of vegetable extractivism and ecotourism. Showing that values added to these activities are able to strengthen and conserve ecosystem services in natural areas (wetlands and native vegetation) in the long term, promoting the "gain-gain" situation with ecological, economic and social benefits.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33650
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: eng
Appears in Collections:DBI - Ecologia Aplicada - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_Spatial strategies for Cerrado biome conservation - a multiscale approach.pdf1,53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.