Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33684
metadata.artigo.dc.title: Fatores que influenciam a rentabilidade das instituições financeiras bancárias brasileiras: conclusões com base na modelagem de equações estruturais
metadata.artigo.dc.title.alternative: Factors that influence the profitability of brazilian banking institutions: conclusions based on the modeling of structural equations
metadata.artigo.dc.creator: Mendonça, Douglas José
Souza, Júlia Alves e
Carvalho, Eduardo Gomes
Carvalho, Francisval de Melo
metadata.artigo.dc.subject: Instituições financeiras
Rentabilidade
Modelagem de equações estruturais
Financial institutions
Profitability
Structural equation modeling
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Campina Grande
metadata.artigo.dc.date.issued: Jan-2018
metadata.artigo.dc.identifier.citation: MENDONÇA, D. J. et al. Fatores que influenciam a rentabilidade das instituições financeiras bancárias brasileiras: conclusões com base na modelagem de equações estruturais. Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade, Campina Grande, v. 8, n. 1, p. 107-123, jan./abr. 2018.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Este estudo objetivou identificar fatores que influenciam a rentabilidade das instituições financeiras bancárias no Brasil. A pesquisa propôs a utilização da Modelagem de Equações Estruturais (SEM) para investigar tais fatores. A amostra foi composta por 150 instituições financeiras bancárias brasileiras, no período de 2012 a 2016. Para a análise dos dados, foi utilizada a SEM com o modelo de medição reflexivo. As variáveis empregadas para representar a rentabilidade foram o Retorno sobre Ativos (ROA) e o Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE). Foram testadas 5 hipóteses, referentes às variáveis macroeconômicas, ao tamanho das instituições, à captação, à diversificação e às despesas operacionais. No modelo de mediação reflexiva ajustado no estudo, todos os critérios de avaliação foram atendidos, fornecendo suporte para a confiabilidade e validade das medidas reflexivas. Como resultados, observou-se que as variáveis latentes testadas explicam, de forma moderada, 20,5% da variância da rentabilidade. Das 5 hipóteses de pesquisa, 3 foram confirmadas. Concluiu-se que quanto maior a captação (capacidade da instituição de receber depósitos à vista), maior é a rentabilidade da instituição. A diversificação das fontes de receita também está positivamente relacionada à rentabilidade. Por outro lado, ficou evidente que quanto maiores são os gastos operacionais relativamente ao porte do banco, menos rentável é a instituição. Destaca-se que a captação se revelou, no modelo analisado, como o fator mais importante para explicar a rentabilidade das instituições financeiras bancárias brasileiras.
metadata.artigo.dc.description.abstract: This study aimed to identify factors that influence the profitability of banking financial institutions in Brazil. The research proposed the use of Structural Equation Modeling (SEM) to investigate such factors. The sample consisted of 150 Brazilian banking financial institutions, from 2012 to 2016. For the analysis of the data, the SEM was used with the reflective measurement model. The variables used to represent the profitability were Return on Assets (ROA) and Return on Equity (ROE). Five hypotheses were tested, regarding the macroeconomic variables, the size of institutions, funding, diversification and operational expenses. In the reflexive mediation model adjusted in the study, all evaluation criteria were met, providing support for the reliability and validity of reflexive measures. As results, it was observed that the latent variables tested explain, moderately, 20.5% of the profitability variance. Of the 5 research hypotheses, 3 were confirmed. It was concluded that the higher the funding (the institution's ability to receive demand deposits), the greater the institution's profitability. The diversification of revenue sources is also positively related to profitability. On the other hand, it became clear that the greater the operational expenses relative to the size of the bank, the less profitable the institution. It should be noted that, in the analyzed model, funding was the most important factor in explaining the profitability of Brazilian banking institutions.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33684
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons