Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33794
metadata.teses.dc.title: Administração da empresa rural e a sua produtividade
metadata.teses.dc.creator: Santos, Almir Martins dos
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Andrade, José Geraldo de
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Reis, Antônio João dos
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Vieira, Garacy
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Reis, Ricardo Pereira
metadata.teses.dc.contributor.referee4: Morais, Vander Azevedo
metadata.teses.dc.subject: Administração rural
Propriedade rural
Produtividade administrativa
metadata.teses.dc.date.issued: 10-Apr-2019
metadata.teses.dc.identifier.citation: SANTOS, A. M. dos. Administração da empresa rural e a sua produtividade. 1982. 76 p. Dissertação (Mestrado em Administração Rural)-Escola Superior de Agricultura de Lavras, Lavras, 1982.
metadata.teses.dc.description.resumo: A administração da empresa rural e sua produtividade Um dos problemas fundamentais da empresa rural está relacionado a realização adequada das atividades essenciais para administrá-la. Esta pesquisa reconhece os registros agrícolas como uma atividade administrativa valiosa e defende que eles são necessários: porém, isoladamente, não são suficientes para administrar a empresa rural. O objetivo deste trabalho foi identificar as atividades administrativas essenciais para se administrar a empresa rural relacionando-as à produtividade. A pesquisa foi realizada na região cacaueira da Bahia, Brasil, utilizando-se uma amostra de setenta e seis produtores. Os dados foram obtidos através de um questionário especialmente elaborado para esse fim. Tomou-se como referencial teórico trabalhos das teorias neoclássica e sistêmica, as quais admitem que toda empresa possui quatro áreas funcionais (produção, finanças, "marketing" e pessoal) e defendem que cada uma contribui com algo singular para a excelência do todo e também pode conter barreiras que impedem que a saúde da em- presa se situe num elevado nível global. É também pressuposto teórico que cada área funcional é composta de algumas atividades e que se estas atividades não estiverem sendo empregadas, é inevitável que se segue a resultados medíocres e por demais precários . Utilizou-se como variáveis independentes as atividades relacionadas a produção, finanças, "marketing" e pessoal e, como variável dependente, a produtividade. Fundamentou-se na hipótese de que existe uma associação direta entre a produtividade e a administração das quatro áreas funcionais da empresa rural. discutiu-se os resultados com auxílio da analise tabular de correlação simples. Concluiu-se que: A maioria dos produtores rurais (67 por cento) utilizam as atividades administrativas estudadas nesta pesquisa, embora, marcantemente, com um padrão de desempenho inaceitável. As quatro áreas funcionais da empresa agrícola estão entrelaçadas entre si de tal forma que uma decisão incorreta em uma delas repercutira negativamente nas demais. Existe uma associação direta da produtividade agrícola e a administração das quatro áreas funcionais da empresa rural.
metadata.teses.dc.description.abstract: Management of the farm enterprise and its productivity One of the main problems of the farm enterprise is related to the adequate accomp1ishment of the essential activities to manage them. This research aknowledges the farm records as a valuable administrative activity and supports that they are necessary; but, separately, they are not sufficient to manage the farm enterprise. The aim of this research was to identify the essential administrative activities to manage the farm enterprise relating them to the productivity. The research was carried out in the cocoa region of Bahia, Brazil, using one sample from 76 producers. The data were obtained from a questionary specially prepared for that purpose. Neoclassical and sistems work's therory were taken as the theoretic reference which admit that every enterprise has four functional areas (output, finance, marketing, and labour) and show that each one of them contributes in a particular way, to benefit the whole business or, the contrary, acts as a barrier to healthy enterprise. It is also a theoretical supposition that each functional area is composed of some activities which once not put in practice, it will lead to bad results. The explanatory variables were taken as the activities related to output, finance, marketing and labour and the productivity „as taken as the dependent variable. The results were discussed on the grounds of tabular analysis and simplecorrelation. The main conclusions were: The majority of the farm producers (67 percent) use the administrative activities studied in this remarkably, wity an unceptable standard -of performance. The four functional areas of the agricultural enterprise are interlaced among themselves in such a way that an incorrect decision in one of them will reflect negativity to the other ones . There is a direct association of the agricultural productivity with the four functional areas of the farm enterprise.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33794
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_Administração da empresa rural e a sua produtividade.pdf3,44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.