Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3388

Title: Análises genéticas de Annona crassiflora (Annonaceae) : implicações para conservação da espécie
Other Titles: Genetics Analisys of Annona crassiflora (Annonaceae): implications for specie´s conservation
???metadata.dc.creator???: Ferreira, Maria Fernanda Maia
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Carvalho, Dulcinéia de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Pimenta, Márcio Antônio Silva
Vieira, Fábio de Almeida
???metadata.dc.description.concentration???: Ciências Florestais
Keywords: Annona crassiflora
Estrutura genética
Estrutura genética espacial
Correlograma de Mantel
Unidades operacionais
Genetic structure
Spatial genetic structure
Mantel correlogram
Operating units
???metadata.dc.date.submitted???: 25-Feb-2011
Issue Date: 1-Sep-2014
Citation: FERREIRA, M. F. M. Análises genéticas de Annona crassiflora (Annonaceae): implicações para a conservação da espécie. 2011. 127 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
???metadata.dc.description.resumo???: Com o intenso processo de fragmentação no qual o Cerrado se encontra, a variabilidade genética das espécies deste bioma tem se tornado cada vez mais comprometida. Por isso é necessário a existência de programas mais efetivos de conservação para esse bioma. Dentre estas espécies, a Annona crassiflora possui grande importância ecológica e econômica, sendo amplamente explorada economicamente e utilizada na alimentação regional. Assim, este trabalho objetivou caracterizar a diversidade e estrutura genética e compreender a estrutura genética espacial de populações de A. crassiflora no Estado de Minas Gerais, além de indicar possíveis unidades operacionais para conservação do araticum. Foram utilizados dez primers ISSR em 192 indivíduos de oito populações do estado de Minas Gerais. Obteve-se 61 fragmentos amplificados, sendo que 57 foram polimórficos (93,4%). A diversidade genética ( ) para o total das populações foi de 0,35 e a AMOVA mostrou que 85,61% da variação genética ocorre dentro das populações. A partir do dendrograma, construído pelo método UPGMA, pode-se distinguir dois grupos, um formado por C1, C2, C3, MG e CC, e outro por MC, GM e JAN. Por meio do teste de Mantel pode-se constatar a presença de uma correlação significativa entre as distâncias genética e geográfica (r = 0,46; P = 0,03). Nas populações C2, GM e JAN os genótipos encontraram-se distribuídos de forma aleatória. Já os indivíduos das demais populações apresentaram EGE positiva, com valores de Sp de 0,00 para as populações C1, MG e MC, 0,003 para C3 e 0,007 para CC. Pela abordagem bayesiana pode-se revelar uma alta diversidade genética entre as populações (B = 0,16), além de se observar que as oito populações, previamente determinadas, constituem cinco populações distintas (K=5). Seis possíveis unidades operacionais (UOs) foram definidas para a conservação de A. crassiflora no estado de Minas Gerais pelas análises do correlograma de Mantel e dos limites genéticos e descontinuidade genética entre as populações. Os dados obtidos para A. crassiflora mostram que a espécie e os ambientes de sua ocorrência devem ser priorizados em programas de conservação genética.
Because intense fragmentation process in the Cerrado the genetic variability of the species of this biome has become increasingly compromised. Therefore it is necessary to have more effective programs for the conservation of this biome. Among these species, Annona crassiflora has great ecological and economic importance, being economically exploited and widely used in regional food. This study aimed to characterize the diversity and structure genetic and understand the spatial genetic structure of populations of A. crassiflora in Minas Gerais, and indicated possible operational units for conservation of araticum. Ten ISSR primers were used in 192 individuals from eight populations of the state of Minas Gerais. We obtained 61 fragments, of which 57 were polymorphic (93.4%). Genetic diversity ( ) for the total population was 0.35 and AMOVA showed that 85.61% of genetic variation occurs within populations. From the dendrogram constructed by UPGMA method, was distinguished two groups, one formed by C1, C2, C3, MG and CC, and another by MC, GM and JAN. The Mantel test could confirm the presence of a significant correlation between genetic and geographic distances (r = 0.46, P = 0.03). In populations C2, GM and JAN genotypes were found randomly distributed. The individuals from other populations showed EGE positive, with values for Sp of 0.00 for populations C1, MG and MC, 0.003 for C3 and 0.007 for CC. The Bayesian approach revealed high genetic diversity among populations (B = 0.16), and that the eight populations previously determined, are five distinct populations (K = 5). Six possible operating units (OUs) were defined for the conservation of A.crassiflora the state of Minas Gerais by analysis of the Mantel correlogram, limits genetic and genetic discontinuity between populations. The data obtained for A.crassiflora show that the species and the environments of their occurrence should be prioritized in genetic conservation programs.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3388
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Análises genéticas de Annona crassiflora_Annonaceae_implicações para conservação da espécie.pdf2.25 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback