Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3391

Título: Volumetria e teor de alfa bisabolol para a candeia Eremanthus erythropappus
Título Alternativo: Volumetry and alpha bisabolol percentage for the candeia Eremanthus erithropappus
Autor(es): Camolesi, José Fábio
Orientador: Scolforo, José Roberto Soares
Coorientador(es): Oliveira, Antonio Donizette de
Membro da banca: Mello, José Márcio de
Machado, Sebastião do Amaral
Área de concentração: Economia, planejamento e manejo de florestas
Assunto: Candeia
Identidade de modelos
Alfa bisabolol
Óleo essencial
Fator de empilhamento
Ajuste de modelos
Graybill test
Alpha bisabolol
Essential oils
Stack factor
Model fitting
Data de Defesa: 9-Mar-2007
Data de publicação: 1-Set-2014
Referência: CAMOLESI, J. F. Volumetria e teor Alfa Bisabolol para a candeia Eremanthus erythropappus. 2007. 90 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: O presente estudo teve como objetivo ajustar e selecionar modelos matemáticos para a estimativa do volume total, com e sem casca, número de moirões, peso seco e rendimento de óleo bruto para a espécie candeia Eremanthus erithropappus em três municípios de Minas Gerais. Definir fator de empilhamento por classe de diâmetro para a espécie, avaliar o comportamento da densidade básica da madeira e da casca e avaliar a qualidade do óleo obtido em cada região estudada. A base de dados foi composta de 174 árvores sendo estas distribuídas em seis classes de diâmetro, dentro das três regiões de estudo. A cubagem foi através do método do xilômetro, foram retirados discos nas alturas 0%, 25%, 50%, 75% e 100% da altura comercial para determinação da densidade básica da madeira e da casca, nestes foi mensurado a espessura de casca. Foi avaliada também a quantidade e a qualidade do óleo extraído através do método de arraste a vapor. Foram ajustados doze modelos para estimar as variáveis volume total com e sem casca, número de moirões, peso seco e rendimento de óleo. A acurácia dos modelos foi avaliada pelas seguintes estatísticas: coeficiente de determinação, desvio padrão da média e analise gráfica dos resíduos. Para testar a identidade de modelo foi usado o método desenvolvido por Graybill (1976). O modelo selecionado para todas as variáveis testadas foi o de Spurr logaritmizado, o fator de empilhamento para o município de Delfim Moreira foi 1,44, para Aiuruoca foi 1,50 e para Ouro Preto foi 1,93. A densidade básica da madeira e da casca para os municípios foi respectivamente: Delfim Moreira 0,63 e 0,44 g/cm3, Aiuruoca 0,64 e 0,41 g/cm3 e Ouro Preto 0,68e 0,49 g/cm3. O teste de identidade de modelos apresentou a possibilidade de agrupamento entre todas as regiões para as variáveis volume total com casca, para volume total sem casca, número de moirões e peso seco. Para a variável rendimento de óleo bruto o teste de identidade mostrou não haver possibilidade de agrupamento para nenhuma combinação entre as regiões de estudo. O rendimento de óleo em base seca e a qualidade do óleo (teor de α-bisabolol), em média foram respectivamente: Delfim Moreira 1,62% e 88,73%, Aiuruoca 1,12% e 88,92% e Ouro Preto 1,80% e 87,80%.
This study aimed at fitting and select mathematical models for estimation of the total volume, with and without bark, number of fence posts, dry weight and oil yield for candeia trees (Eremanthus erithropappus) in three counties of Minas Gerais state as well as to define the stack factor per diameter class, the wood and bark basic density behavior, and the oil quality of each studied region. Data base were obtained from a scaling of 174 trees grouped in six diameter classes within the three study regions. The scaling was carried out using the xylometer method (water displacement technique). In order to determine the wood basic density and percentage of bark discs from 0%, 25%, 50%, 75% and 100% of the commercial height were collected. In addition, the quantity and the quality of the oil extracted by means of the steam distillation method were evaluated. Twelve models were fitted for estimation of the total volume, with and without bark, number of fence posts, dry weight and oil yield. The accuracy of the models was evaluated using the following statistics: coefficient of determination, mean standard deviation, and graphical residual analysis. The method developed by Graybill (1976) was used to test whether the same model could be used in the three studied regions. The Spurr logarithm model was selected as the best one for all tested variables, the stack factors were 1.44 for Delfim Moreira county, 1.50 for Aiuroca county and 1.93 for Ouro Preto county. The wood basic density and bark density were respectively 0.63 and 0.44 g/cm3 for Delfim Moreira, 0.64 and 0.41 g/cm3 for Aiuroca, and 0.68 and 0.49 for Ouro Preto. Considering the variables total volume, with and without bark, number of fence posts, and dry weight the Graybill test showed the possibility of using the same model for all regions whereas for the oil yield variable the Graybill test showed that there is no possibility of grouping. The average values for oil yield and oil quality (percentage of α-bisabolol) were respectively 1.62% and 88.73% for Delfim Moreira, 1.12% and 88.92% for Aiuroca, and 1.80% and 87.80% for Ouro Preto.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3391
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)
LEMAF - Teses e Dissertações

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Volumetria e teor de alfa bisabolol para a candeia Eremanthus erythropappus.pdf651,38 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback