Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3392

Title: Análise do potencial de regeneração natural no entorno de nascentes em processo de recuperação
Other Titles: Analysis of the natural regeneration potential of the surrounding of springs in recovery process
???metadata.dc.creator???: Souza, Luciana Maria de
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Botelho, Soraya Alvarenga
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Fontes, Marco Aurelio Leite
Faria, José Márcio Rocha
???metadata.dc.contributor.referee1???: Castro, Gislene Carvalho de
???metadata.dc.description.concentration???: Ciências Florestais
Keywords: Vegetação ciliar
Banco de semente
Chuva de sementes
Riparian vegetation
Seed bank
Seed rain
???metadata.dc.date.submitted???: 26-Feb-2010
Issue Date: 1-Sep-2014
Citation: SOUZA, L. M. de. Análise do potencial de regeneração natural no entorno de nascentes em processo de recuperação. 2010. 164 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: This work was intended to evaluate the utilization potential of natural regeneration as a method of restoration the surrounding of two springs and the relationship of the regeneration with environmental variables. For such a purpose, two experiments were conducted in two springs. The areas are named springs A and B, both are situated in the town of Nazareno-MG. The spring A was classified as degraded and spring B as disturbed. The springs were divided into restoration area which compares the part of the area fenced in its surrounding which was utilized as pastures and where the planting of seedlings of native species at the beginning of the restoration process and area under the canopy of the forest fragment existing in the interior of the fenced area. The objectives were characterizing the area of the surrounding of the springs as for the physicochemical characteristics of soil and plant cover (Chapter 2); investigating the floristic and phytosociological composition of the arboreal stratum and of natural regeneration under the canopy of the patch and in the restoration area, in addition to investigating part of the seed dispersal process through the seed rain and soil seed bank (Chapter 3). For the analysis of soil data were collected both disturbed and undisturbed samples and the analyses were done in the Soil Physics laboratory DCS/ UFLA. The plant cover was investigated through the methodology proposed by Braun-Blaquet and of the biomass collection. The arboreal and regenerating vegetation was evaluated in spring A in 2005, 2007 and 2009 and in spring B in 2005 and 2009. In each spring were demarked four 50x10m plots in the direction of the rays from the main site of the spring, where all the arboreal individuals with DBH (diameter breast height) above 5cm were measured and identified. For the natural regeneration analysis were demarked 20 plots of 2x10m, where all the individuals with DBH <5 cm and taller than 10cm heigt were measured and identified. Shannon´s index (H´) and Pielou´s equability (J) were utilized to know the floristic diversity of the areas. To compare the floristic similarity between the natural regeneration and arboreal stratum of the different environments in the different evaluations was utilized Sorensen´s index. Also, the DCA (Detrended Correspondence Analysis) was conducted. It was found that the study areas presented poor fertility, but without compaction problems which harm the establishing of regenerating vegetation, the restoration areas of both the springs are wholly covered by invading exotic grasses, mainly Brachiaria decumbens and Melinis minutiflora. In the arboreal stratum of the areas were sampled 38 species, 34 genera and 24 families. In the natural regeneration of spring A, in the set of the evaluations were sampled 62 species, 44 genera and 26 families. In spring B were sampled 41 species, 38 genera and 28 families. The greatest Shannon´s index was found in spring A in the first evaluation in The environment under the canopy of forest fragment (3.397) and the greatest Equability (0.98) was found in the restoration area of spring A.
Este trabalho teve como objetivo avaliar o potencial de utilização da regeneração natural como método de recuperação do entorno de duas nascentes e a influência das variáveis ambientais sobre a regeneração natural. Para tal, foram conduzidos experimentos em duas nascentes. As áreas denominam-se nascentes A e B, ambas localizam-se no Município de Nazareno-MG. A nascente A foi classificada como degradada e a B como perturbada. As nascentes foram divididas em área em recuperação que corresponde à porção da área cercada no seu entorno que era utilizada como pastagens e onde foi realizado o plantio de mudas de espécies nativas no início do processo de recuperação e área sob o dossel do fragmento existente no interior da área cercada. Os objetivos foram caracterizar a área do entorno das nascentes quanto a características físico-químicas do solo e cobertura vegetal (Capítulo 2); analisar a composição florística e a fitossociologia do estrato arbóreo e da regeneração natural sob o dossel do fragmento e na área em recuperação, além de analisar parte do processo de dispersão de sementes através da chuva de sementes e do banco de sementes do solo (Capítulo 3). Para a análise dos dados de solos foram coletadas amostras deformadas e indeformadas e as análises foram feitas no laboratório de Física do Solo DCS/ UFLA. A cobertura vegetal foi analisada através da metodologia proposta por Braun-Blaquet e da coleta de biomassa. A vegetação arbórea e regenerante foi avaliada na nascente A em 2005, 2007 e 2009 e na nascente B em 2005 e 2009. Em cada nascente foram demarcadas quatro parcelas de 50x10m, no sentido dos raios, a partir ponto principal da nascente, onde todos os indivíduos arbóreos com DAP acima de 5cm foram medidos e identificados. Para a análise da regeneração natural foram demarcadas 20 parcelas de 2x10m, todos os indivíduos com DAP<5 cm e altura >10cm foram medidos e identificados. Utilizou-se o índice de Shannon (H´) e a Equabilidade de Pielou (J) para conhecer a diversidade florística das áreas. Para comparar a similaridade florística entre a regeneração natural e o estrato arbóreo dos diferentes ambientes nas diferentes avaliações foi utilizado o índice Sorensen. Também foi realizada a análise de correspondência retificada (DCA). Observou-se que as áreas de estudo apresentam baixa fertilidade pórem sem problemas de compactação que prejudiquem o estabelecimento da vegetação regenerante. As áreas em recuperação de ambas as nascentes encontram-se totalmente ocupadas por gramíneas exóticas invasoras, principalmente braquiária e capim-gordura (Brachiaria decumbens e Melinis minutiflora). No estrato arbóreo das áreas foram amostradas 38 espécies, 34 gêneros e 24 famílias. Na regeneração natural da nascente A, no conjunto das avaliações, foram amostrados 62 espécies, 44 gêneros e 26 famílias. Na nascente B foram amostrados no estrato arbóreo 28 espécies, 21 gêneros e 18 famílias e na regeneração natural 41 espécies, 38 gêneros e 28 famílias. O maior índice de Shannon foi observado na nascente A na primeira avaliação no ambiente sob o dossel do fragmento 3,397 e a maior Equabilidade (0,98) foi observada na área em recuperação da nascente A.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3392
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Análise do potencial de regeneração natural no entorno de nascentes em processo de recuperação.pdf1.33 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback