Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3393

Título: Ecologia da vegetação arbórea na Serra de São Domingos, Poços de Caldas (MG)
Título Alternativo: Tree community ecology of the Serra de São Domingos, Poços de Caldas, MG
Autor(es): Costa, Malcon do Prado
Orientador: Pereira, José Aldo Alves
Coorientador(es): Fontes, Marco Aurelio Leite
Membro da banca: Castro, Gislene Carvalho de
Área de concentração: Ciências Florestais
Assunto: Ecologia florestal
Altitude
Fitossociologia
Arquitetura de plantas
Alometria de plantas
Forest ecology
Fitosociology
Plant architecture
Allometry
Data de Defesa: 24-Fev-2010
Data de publicação: 1-Set-2014
Referência: COSTA, M. do P. Ecologia da vegetação arbórea na Serra de São Domingos, Poços de Caldas (MG). 2010. 129 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: Este trabalho foi realizado no Parque Municipal da Serra de São Domingos, no município de Poços de Caldas, na Região Sul do Estado de Minas Gerais, Brasil, tendo como objetivo principal avaliar a correlação da distribuição das espécies com fatores edáficos e topográficos, o estrato arbóreo. No primeiro capítulo, foi realizada uma introdução geral sobre o tema, apresentando a situação das Florestas em Montanhas no Estado de Minas Gerais, nos aspectos histórico de ocupação humana, formação e conservação. Nessa parte, abordaram-se os conceitos de florestas de montanhas, com distribuição geográfica e as suas classificações quanto à altitude em Minas Gerais. Também foi realizada uma revisão dos diferentes estudos fitossociológicos realizados em ambiente florestal no Brasil, e suas tendências atuais e futuras quanto a estudos de análises de dados e aspectos ecológicos. O segundo capítulo do trabalho abordou o estudo do estrato arbóreo, caracterizando os indivíduos com CAP (circunferência na altura do peito - 1,30 cm) > 15,7 cm e seus aspectos fitossociológicos de distribuição horizontal e vertical, sobre um gradiente topográfico. Objetivou-se neste estudo, além da caracterização sociológica das espécies, a realização da correlação da distribuição delas, com fatores edáficos e topográficos. Para isso, utilizaram-se alocados 22 parcelas de 5 x 100 m no fragmento para amostragem dos indivíduos arbóreos com diâmetro à altura do peito (DAP) = ou > 5cm, e coleta de dados topográficos e amostras de solo superficial (0-20cm) para análises químicas e texturais. Foram registradas 53 famílias botânicas, 104 gêneros, 178 espécies e 1963 indivíduos, assim como três subgrupos de solos: Neossolos Litólicos, Cambissolos e Argissolos (Distróficos e Eutróficos), distribuídos ao longo da variação altitudinal do fragmento. Uma análise de correspondência canônica revelou um gradiente de distribuição das espécies arbóreas, principalmente correlacionadas com as variações altitudinal, o teor de magnésio (Mg++) e saturação por alumínio (m). No terceiro capítulo, foram amostradas plantas de espécies que ocupam diferentes posições sociológicas da floresta de altitude. Nessas populações de 6 espécies, foram coletados dados referentes a características biométricas (diâmetro e altura), arquiteturais (tipo de ramificação) e de morfometria das copas. Com o objetivo de testar se os padrões alométricos das espécies em diferentes posições do dossel para verificar se denotam diferentes estratégias de investimentos em recursos, e avaliar o comportamento populacional das espécies mais importantes na comunidade florestal, foram analisadas as relações entre o diâmetro do tronco, a altura total, a profundidade e o diâmetro da copa. Os padrões de ramificação foram relacionados com o número de competidores circunvizinhos ao indivíduo. Encontraram-se três padrões distintos: um padrão de crescimento com maior investimento em altura e diâmetro de copa, objetivando a garantia de espaço no dossel, outro mais ligado ao crescimento em profundidade copa, para aproveitamento de luz em várias posições do dossel e outro na ocupação do espaço horizontal, nos estratos inferiores do dossel. Os indivíduos competidores influenciaram os processos de ramificação de algumas espécies. Espécies de locais mais elevados, expostas a mais intempéries, apresentaram menor grau de esbeltez e copas assimétricas.
The study was carried out in the Municipal Park of the Serra de São Domingos, the city of Poços de Caldas, the southern region of Minas Gerais, Brazil, aiming to assess the correlation of the distribution of the species with edaphic and topographic arboreal stratum. In the first chapter it was made a general introduction on the subject by presenting the situation of forests in the mountains of Minas Gerais, in the historical aspects of human occupation, education and conservation. This part dealt with the concepts of forest ranges, geographic distribution and their classifications as altitude in Minas Gerais. It was also carried out a review of different phytosociological studies in forest environment in Brazil, and its current and future trends and studies of data analysis and ecological aspects. The second chapter of the work approached the study of tree layer, characterizing individuals with PBH (perimeter at breast height - 1.30 cm) > 15,7 cm and phytosociological aspects of horizontal and vertical distribution on a topographic gradient. The aim of this study, in addition to the sociological characterization of the species, was to study the correlation of their distribution with edaphic and topographic conditions. The physiognomic (density, basal area and distribution of size of the trees) and community structure (composition, distribution and diversity of species) were analyzed through 22 plots of 5 X 100 m where tree individuals with diameter at breast height ≥ 5 cm were sampled, topographic variables were measured and surface soil samples were collected to obtain their chemical and texture attributes. The survey resulted in 53 botanic families, 104 genera, 178 species and 1963 individuals, as well as four soil classes: distrofic and eutrofic Argisoil, Cambisoil and Litolic Neosoil, distributed sequentially from the hilltop to the base of the fragment. The canonic correspondence analyses showed a gradient of tree species distribution mainly correlated with variations of quotas, magnesium content (Mg++) and aluminium saturation (m). In the third chapter, it was sampled plant species that occupy different sociological positions in a montane forest. In these populations of 6 species data on biometric characteristics (diameter and height), architectural (type of branch) and morphometry of hearts were collected. In order to test whether the allometric patterns of species in different canopy positions to verify if it indicates different investment strategies in resources, and to evaluate the behavior of the most important species in the forest community. It was analyzed the relationship between trunk diameter, total height, depth and diameter of the crown. The branching patterns were related to the number of competitors surrounding the individual. It was found three distinct patterns: a pattern of growth through increased investment in height and canopy diameter, aiming to guarantee space in the canopy, another pattern of growth in deep crown for the use of light in various locations of the canopy and the other in occupation of horizontal space, in the lower canopy. Individual competitors influenced the branching processes of some species. Species of higher ground, exposed to worse weather, presented lower degree of slenderness and asymmetric canopies.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3393
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Ecologia da vegetação arbórea na Serra de São Domingos, Poços de Caldas (MG).pdf807,65 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback