Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33948
metadata.teses.dc.title: Dinâmica florestal e relação com atributos funcionais em uma floresta aluvial
metadata.teses.dc.title.alternative: Forest dynamics and relation with functional traits in an alluvial forest
metadata.teses.dc.creator: Pereira, Kelly Marianne Guimarães
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/0442399942131128
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: van den Berg, Eduardo
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Ana Carolina da
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Santos, Rubens Manoel dos
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Santos, Flávio Nunes
metadata.teses.dc.subject: Floresta aluvial
Florestas inundáveis
Florestas – Conservação
Forest conservation
Alluvial forest
metadata.teses.dc.date.issued: 30-Apr-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: PEREIRA, K. M. G. Dinâmica florestal e relação com atributos funcionais em uma floresta aluvial. 2019. 62 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: As florestas aluviais são “áreas úmidas” relevantes para a conservação dos ecossistemas, pois têm papel fundamental na estabilização de sedimentos, filtragem de poluentes de áreas vizinhas, fornecimento de matéria orgânica para os sistemas aquáticos. Essas áreas também possuem uma composição florística única. As florestas aluviais são severamente ameaçadas por atividades antrópicas. Apesar da importância e das ameaças a essas florestas, estudos de longo prazo, como a dinâmica florestal associada aos atributos funcionais são escassos, porém, necessários para o entendimento do funcionamento da vegetação. Nesse contexto, o presente estudo teve como objetivos quantificar as alterações estruturais da vegetação em floresta aluvial para dois períodos de tempos (2005-2011; 2011-2017), descrever os atributos funcionais que são direcionadores da dinâmica florestal e verificar a influência dos impactos antrópicos em relação às taxas de dinâmica. Para isso foram realizados inventários nos anos de 2005, 2011 e 2017 visando a análise da dinâmica, e mensurados os seguintes atributos funcionais: área foliar, área foliar específica, espessura da folha, comprimento do pecíolo, densidade da madeira, profundidade de copa, primeira bifurcação, presença de lenticelas e perfilhamento do tronco. Foram calculados índices de diversidade e, com a utilização da Matriz de Leopold foram atribuídas notas para os impactos antrópicos na área. Os impactos antrópicos e a seca registrada no segundo período de dinâmica (2011-2017) tiveram influência direta nas taxas calculadas para as florestas aluviais estudadas, promovendo uma mortalidade muito mais alta que o recrutamento, com a consequente redução da densidade de árvores. Além disso, com este estudo foi possível verificar a relação da redução da diversidade com a mortalidade e perda em área basal, assim como a relação mais direta das características funcionais com o recrutamento e ganho em área basal.
metadata.teses.dc.description.abstract: Alluvial forests are "wetlands" relevant to the conservation of ecosystems, since they play a key role in stabilizing sediments, filtering pollutants from neighboring areas, supplying organic matter to aquatic systems. These forests have a unique floristic composition. However, they are systems that are severely threatened by anthropic activities. Despite the importance of these forests, long-term studies, such as the forest dynamics associated with the functional traits, are scarce, however they are necessary for understanding the functioning of the vegetation. In this context, the present study had as objectives to quantify the structural changes of vegetation in an alluvial forest for two periods of time (2005-2011, 2011-2017), to describe the functional traits that are driving the forest dynamics and to verify the influence of the anthropic impacts in relation to the dynamics rates. For this purpose, it was proceeded forest inventories in the years of 2005, 2011 and 2017 looking for the analysis of the dynamic. In addition, the following functional traits were evaluated: leaf area, specific leaf area, leaf thickness, petiole length, wood density, crown depth, first bifurcation, presence of lenticels and ramification. It was calculated the diversity index, and using Leopold Matrix, the pre-established anthropic impacts in the area were ranked. The anthropic impacts and the drought recorded in the second period of dynamics (2011-2017) had a direct influence at the calculated rates to the alluvial areas analyzed in which provided a mortality higher than recruitment, and consequently occasioning in a decreasing at tree density. In addition, the study allowed to verify the relation of reduction in diversity with the mortality and decreasing in basal area, as well as a more direct relation from functional characteristics with recruitment and increase in basal area.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do(a) autor(a), até abril de 2020.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/33948
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.